Classifique este artigo
(1 Voto)

Pequenas ações podem fazer uma grande diferença. Foi com essa proposta que as amigas e alunas do Colégio Salesiano Dom Bosco, de Americana, SP, Maria Eduarda Riccetto e Isabela Maruci tiveram a ideia de fazer pulseirinhas e vendê-las para ajudar pessoas necessitadas. 

 

Classifique este artigo
(0 votos)

A Inspetoria São João Bosco foi eleita pelo segundo ano consecutivo uma das 100 melhores ONGs do Brasil. A premiação foi realizada no dia 01 de novembro, em São Paulo, SP. A ISJB foi representada na solenidade pelos salesianos irmão Romildo Pinas e Géster Cabral.

 

Classifique este artigo
(0 votos)

No dia 26 de outubro foi realizada a XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Lorena, SP. A Obra Social Salesiana, o CEDESP (Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo) – Oratório São Luiz acolheu esse momento significativo da história do município, contando com a participação de 76 educandos de idades entre 7 e 17 anos e suas famílias, 24 educadores, 11 salesianos, representantes da Rede Socioassistêncial, Subsecretaria de Juventudes, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Assistência Social e outros representantes do poder público.

 

Segunda, 10 Setembro 2018 14:49

O serviço no "XteStudio" de “Dom Bosco Cinecittà”

Escrito por
Classifique este artigo
(0 votos)

Caterina Pezzi, 26 anos, cresceu nas vizinhanças de Cinecittà, em Roma, Itália e sempre frequentou o oratório de Dom Bosco daquele bairro. Por dez anos, ela foi animadora do verão e catequista. Frequentou também o curso de educador profissional comunitário, na Roma Tre e, em seguida, especializou-se em pedagogia social na UPS. Relatamos aqui a sua experiência de serviço no projeto "XteStudio".

 

Quarta, 15 Agosto 2018 17:07

Rede Salesiana Brasil (RSB) lança seu 1º e-book

Escrito por
Classifique este artigo
(2 votos)

A Rede Salesiana Brasil (RSB), mantendo-se como protagonista nas inovações em ações comunicacionais, lança seu 1º e-book: “Violência e deficiência educativa: o papel da família e das instituições de educação”. O livro escrito pelo diretor executivo da RSB-Social, padre Agnaldo Soares Lima, e pelo doutorando em Educação, Júlio Cesar Francisco, trata sobre o papel da família e das instituições de educação nos casos de violência associada à deficiência educativa.

 

Pagina 1 de 27