Sexta, 02 Março 2018 18:26

Entre o real e o digital: estudantes realizam projeto sobre os Jogos Olímpicos de Inverno

Escrito por  Luiz Fernando Miguel
Classifique este artigo
(0 votos)

Viajar diretamente para a Olimpíada de Inverno 2018, realizada em Pyeongchang, na Coreia do Sul, sem sair da escola foi um dos objetivos do grande projeto sobre os “Jogos Olímpicos de Inverno” realizado pelo professor Gabriel Barros (Educação Física), com os alunos do Ensino Fundamental II do Colégio do Carmo, unidade da RSB-Escolas em Guaratinguetá, SP.

 

Durante o projeto foram várias as ações e uma delas foi a interação por meio de vídeo com o atleta olímpico do Bobsled e porta bandeira brasileiro Edson Luques Bindilatti. “Deixo aqui o meu abraço a todos os queridos alunos do Colégio do Carmo, de Guaratinguetá. Torçam por nós que estamos representando o Brasil aqui na Coreia do Sul”, disse Bindilatti aos estudantes.

 

Para vivenciar as modalidades o projeto proporcionou dois eixos: o virtual e o real. No primeiro os participantes jogaram entre si nos videogames (Xbox), formando uma verdadeira “Arena Olímpica” nos momentos dos jogos digitais, competindo com os colegas, e principalmente, aprendendo a importância de participar.

 

O segundo momento, o real, consistiu na simulação das modalidades em diversas oportunidades: nas aulas de Educação Física foram simuladas as modalidades Biatlo, Luge, Patinação de velocidade e Hóquei no gelo. Nos jogos virtuais foi simulada a modalidade Esqui Alpino. No intervalo cultural, a aluna Lívia do 7º Ano simulou a Patinação Artística.

 

O professor Gabriel avaliou o projeto como muito positivo e enriquecedor. “O mais importante acredito que foi o fato dos alunos pesquisarem o histórico dos jogos e as modalidades olímpicas de inverno, assim como, adaptarem algumas modalidades para praticar nas aulas de Educação Física escolar”, comentou.

 

A ação está inserida no contexto do projeto “Crescer em Rede”, que nos auxilia na utilização de metodologias diferenciadas, bem como elementos tecnológicos que ajudem na prática pedagógico-pastoral.

Lido 759 vezes

Deixe um comentário