Quarta, 07 Agosto 2013 16:49

Irmã Nádia Caetano fala sobre a JMJ e MJS

Escrito por  Filhas de Maria Auxiliadora
Classifique este artigo
(0 votos)
Irmã Nádia Caetano fala sobre a JMJ e MJS Douglas Mansur

Após a Jornada Mundial da Juventude, a irmã FMA Nádia Caetano dos Santos, uma das organizadoras do Encontro do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) e membro do Grupo de Trabalho (GT) de Comunicação do MJS, conta um pouco da sua experiência na JMJ e no Grupo de Trabalho do MJS:

O que significou a Jornada Mundial da Juventude no Brasil para as FMA?

"Eu acredito que a realização da JMJ no Brasil fortaleceu as FMA que atuam no país, com dinamismo e ousadia, acreditando na liderança dos jovens e no sentimento de ser Igreja e o desejo de serem apóstolos e com os jovens."

Qual é a mensagem mais forte que ficou em seu coração, ao ouvir as palavras do Papa Francisco e ver suas ações?

"As palavras e os gestos do Papa Francisco têm a força de chamada. Sem dúvida, a mensagem mais comovente e um poder de transformação é a simplicidade. A maneira como você se aproxima das pessoas e como aponta o caminho para um encontro autêntico com Deus, para mim, foi um forte apelo para sair de uma vida confortável e um convite ao compromisso de revigorar o dom da vocação salesiana, um dom de Deus. Na verdade, quem quer seguir a Cristo, não é indiferente ao testemunho que o Papa tem para oferecer".

Qual é a mensagem que a senhora acredita que tenha ficado para os jovens ?

"Os jovens mostraram que são capazes de ser e fazer, quando a jornada da vida conhecer pessoas de referência, dispostos a investir nelas. Neste sentido, não parece estranho que o testemunho do Papa Francisco tenha atraído mais de três milhões de pessoas, a maioria  jovem. Chamou-me a atenção, a forma como os jovens construíram  a unidade na diversidade. Apesar de virem de diferentes lugares, eles construíram um espaço sem fronteiras, em que a língua da amizade, solidariedade e do interesse no bem comum eram código familiar e uma linguagem universal. Cabe a nós cultivar as sementes do Reino já lançado no solo do coração."

Como foi participar do GT de Comunicação do Movimento Juvenil Salesiano?

"O trabalho de mais de um ano no Grupo de Comunicação do Movimento Juvenil Salesiano, mostrou que é possível envolver e evangelizar via os meios de Comunicação Social. Sim, porque o grupo tornou-se um laboratório de trabalho em equipe, enriquecido pela presença de jovens comunicadores, ativos e empenhados. Foi gratificante ver que a nossa missão foi cumprida com os recursos e mecanismos de comunicação disponíveis, já que muitas das nossas reuniões em preparação do Encontro do MJS ocorrerão virtualmente, por meio das salas de bate-papo.

 

Filhas de Maria Auxiliadora

Lido 10529 vezes Modificado em Quarta, 07 Agosto 2013 21:23
Logar para postar comentários