A política pode se tornar uma forma eminente de caridade e servir a paz se respeitar e promover os direitos humanos, construir cidadania, encorajar os jovens. É o que afirma o Papa Francisco na Mensagem para o 52º Dia Mundial da Paz a ser celebrado em 1º de janeiro de 2019.

 

Celebrando a missa na capela da Casa Santa Marta, o Papa recordou que o Advento é um tempo para pedir a paz na própria alma, na família e no mundo. Para sermos "artesãos da paz".

 

Terça, 27 Novembro 2018 11:10

O que esperar do Sínodo Pan-Amazônico?

Escrito por

A Igreja é lenta e prudente quando o assunto é mudanças. Digamos até resistente. O corpo eclesial é muito grande e pesado. Isso às vezes dificulta a assimilação dos sinais dos tempos e a resposta. Entretanto, com Papa Francisco estamos vivendo algumas surpresas. Alguns temas guardados nas gavetas da história desde o Concílio Vaticano II estão sendo revistos e as questões ainda não enfrentadas parecem que começam a ser novamente pensadas. Vivemos tempos na Igreja de provocações e de retrocessos. Contudo, o tempo é excelente.

 

O bispo de Caçador, SC e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, dom Severino Clasen, em entrevista ao  portal da CNBB, fez um balanço da vivência e dos legados do Ano Nacional do Laicato na Igreja do Brasil, cujo início se deu dia 26 de novembro de 2017, na Festa de Cristo Rei.

 

Após o importante serviço prestado como Secretário Especial do Sínodo dos Bispos sobre os jovens, o padre Rossano Sala, SDB, nos ajuda a entender melhor o documento final produzido pelo Sínodo. Em entrevista à Agência Info Salesiana (ANS), ele fala sobre os principais pontos do documento e comenta a participação e a contribuição da Família Salesiana.

 

Pagina 1 de 22