Perante milhares de jovens, durante a Vigília da Jornada Mundial da Juventude no Panamá (JMJ Panamá 2019), o Santo Padre falou – com linguagem muito simples, profunda, mas acessível – de temas de atualidade juvenil. Disse-lhes que “a vida com que Jesus nos brinda é uma história de amor, uma história de vida: vida que deseja ser incorporada à nossa e enraizada na terra de cada um”, como o fizeram os santos.

 

Referindo-se a estes, apresentou-lhes a figura de um dos santos patronos da JMJ Panamá 2019. “Penso, por exemplo, em Dom Bosco. Ele não foi à cata de jovens em nenhum lugar... (Vamos ver, agora, com um aplauso, se há alguém aqui que queira bem a Dom Bosco...!) Dom Bosco, dizia, não foi à cata de jovens em nenhum lugar distante ou especial. Aprendera simplesmente a ver tudo o que se passava na cidade, com os olhos de Deus. E, assim, seu coração ficou aflito à vista de centenas de meninos, adolescentes e jovens abandonados, sem escola, sem trabalho, sem a mão amiga de uma comunidade. Eram muitos os que, vivendo na mesma cidade, criticavam tais jovens... E por quê? Porque não sabiam vê-los com os olhos de Deus. Aos jovens é preciso olhar com os olhos de Deus!”.

 

Francisco apresentou-lhes a figura do “Santo dos Jovens”, que deu passos firmes em favor dos jovens abandonados: “Animou-se Dom Bosco e deu o primeiro passo, o passo de assumir a vida como se apresenta. A partir daí, não teve medo de dar o outro passo: o de criar, com eles, uma comunidade, uma família, na qual, com trabalho e estudo, se sentissem amados. (Era preciso) enraizá-los, para que, sendo alguém na sociedade, pudessem se relançar pelo rumo dos Céus. Era preciso enraizá-los para que os ventos borrascosos que estavam por se aproximar não os abatessem... Isso fez Dom Bosco! Isso fazem os santos! E isso fazem as comunidades que sabem olhar os jovens com os mesmos olhos de Deus!”.

Fonte: ANS

Terça, 15 Janeiro 2019 19:59

Encontro do Movimento Juvenil Salesiano

Escrito por

Como em todas as JMJs, o Movimento Juvenil Salesiano (MJS, que no Brasil recebe o nome de Articulação da Juventude Salesiana - AJS) terá o seu encontro, promovendo a confraternização de todos os que compartilham o carisma salesiano. Centenas de jovens participarão do evento em 23 de janeiro, no Instituto Técnico Dom Bosco, juntamente com o Reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime, e a Madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, irmã Yvonne Reungoat.

 

“A ideia é que os jovens do MJS de todo o mundo tenham um momento de encontro profundo, no qual seja oferecida uma experiência familiar que possa reforçar o protagonismo da juventude e lhes dê a oportunidade de aprender sobre a riqueza carismática dos salesianos do mundo”, explicam os organizadores. A atmosfera do encontro do MJS é sempre de festa, alegria e partilha. Para acompanhar as notícias do encontro e da participação salesiana na JMJ 2019, acesse o site do MJS: www.salesianoscentroamerica.org.

Entre os santos patronos da Jornada Mundial da Juventude 2019 estão dois salesianos: São João Bosco, fundador da Família Salesiana, e a Bem-aventurada Maria Romero Meneses, Filha de Maria Auxiliadora (FMA).

 

A 34ª Jornada Mundial da Juventude acontece de 22 a 27 de janeiro no Panamá, com o tema: “Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38).

 

 

Nos dias 16 a 18 de novembro, cerca de mil jovens, provenientes de todo o Nordeste, participaram do 23º Festival da Juventude Salesiana, realizado no Colégio Salesiano Sagrado Coração, no Recife, PE. Foram três dias de apresentações culturais, celebrações, partilha e vivência da espiritualidade juvenil salesiana.

 

Ao término da XV Assembleia do Sínodo dos Bispos dedicada aos jovens, na manhã deste domingo (28/10) o secretário geral do Sínodo, cardeal Lorenzo Baldisseri, leu a carta dos Padres Sinodais aos jovens, a qual publicamos a seguir na íntegra. A carta também foi divulgada em vídeo pela Vatican News. Assista AQUI ao vídeo e compartilhe!

 

Pagina 2 de 29