Entre os dias 7 e 9 de maio, o Centro Juvenil São Pedro, de Campos dos Goytacazes, RJ, e o Projeto de Extensão Universitária Antropoarte, da UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense), receberam o artista francês Olivier 2SHY para a realização de oficinas de grafite, performances e intervenções artísticas com as crianças e adolescentes da comunidade da margem da linha, conjunto Morar Feliz, no bairro Ururaí.

 

O artista, que visita o Brasil pela primeira vez, se mostrou bem à vontade ao lado das crianças e elogiou a espontaneidade dos jovens. Juntos, eles construíram e pintaram uma casinha de madeira. O adolescente Francisco Rodrigo, que participou das oficinas de grafite, destacou a importância da ação na comunidade. “As palavras grafitadas na parede têm muito significado para a comunidade, pois elas precisam liberar boas energias para as pessoas. E as crianças da comunidade ficaram muito interessadas e envolvidas no grafite.  Eles conheceram o grafite, pois antes só conheciam a pichação.”

 

Confira as obras do artista Olivier 2SHY: http://www.2shywashere.com/

 

Veja a matéria publicada no G1 sobre as oficinas: Artista francês percorre comunidades carentes de Campos, RJ, e leva a mágica do grafite

Terça, 21 Maio 2019 14:02

Sextou AJS 2019

Escrito por

Com o objetivo de promover a integração entre os grupos da Articulação da Adolescência Salesiana (AAS) e Articulação da Juventude Salesiana (AJS), no dia 17 de maio, aconteceu no Instituto Maria Auxiliadora de Rio do Sul, SC, o Sextou AJS 2019.

 

Nós, humanos, não somos o centro do universo e nem os mais importantes. Somos parte dele e, para vivermos bem, devemos aprender a nos relacionar entre nós, com os animais, plantas, pedras, rios e tudo o que faz parte da criação de Deus. Pois quando chegamos neste chão, o planeta Terra já existia e ele dará um jeito de continuar sem nós, se formos extintos por causa do consumismo, da ganância e da ambição.

 

Pensamentos desconcertantes como esses marcaram o encontro das CEBs da Arquidiocese de Cuiabá sobre “Juventude e Bem Viver: Conhecer e Construir”. O evento ocorreu entre os dias 17 (sexta-feira) e 19 (domingo) na paróquia universitária São José Operário, no bairro Dom Aquino, na capital mato-grossense (Regional Oeste 2). O lema foi “Cerrado: Lugar do Bem Viver. Somos Jovens deste Chão”. E a iluminação bíblica, o versículo 3 do capítulo 1 do livro de Gênesis (“Deus contemplou toda a sua obra e viu que tudo era bom”). Confira galeria de fotos ao final.

 

Uma noite de muita emoção e honra marcou mais uma vez a história do UniSALESIANO. Na noite de sexta-feira, dia 17, a Instituição concedeu o título Doutor Honoris Causa a quatro personalidades de grande relevância nacional e internacional.

 

O Bispo emérito dos armênios católicos da América Latina, Dom Vartan Waldir Boghossian; o teólogo, historiador e pesquisador, Pe. José Oscar Beozzo; o pioneiro da música religiosa no país, Pe. José Fernandes de Oliveira (Pe. Zezinho); e a fundadora da Pastoral da Criança, Drª. Zilda Arns Neumann (In memoriam), representada na presença do filho, Nelson Arns Neumann, coordenador Internacional da Pastoral da Criança.

 

Fundada em 1948, a Escola Dom Bosco de Artes e Ofícios, em Bongi (Recife, PE) é uma das Unidades de Assistência Social da Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil e integra a Rede Salesiana Brasil na Ação Social. Procura promover a formação humana, cristã e profissional dos jovens. São mais de 1.200 adolescentes e jovens beneficiados pelos programas e projetos.

 

No dia 9 de Maio, a escola completou 71 anos de conquistas, vitórias, construções, avaliações, persistência, questionamentos, mas, acima de tudo, de luta para que a Instituição tenha seu espaço e cumpra sua missão de “ Formar bons cristãos e honestos cidadãos” para a vida. Dar asas para que os jovens aprendam a voar e partam sempre em busca de novos portos para a construção de uma vida feliz.

 

Este dia foi marcado pela Celebração Eucarística, presidida no turno da manhã pelo Pe. João Carlos e no turno da tarde pelo Pe. Marcos, responsável pela Pastoral Salesiana na Escola. Juntos, aprendizes e funcionários, em ação de graças por poder fazer parte dessa história que marcou a vida de muitos, e hoje também as nossas.

 

Agradecemos a Deus e a Nossa Mãe Auxiliadora, pois como Dom Bosco, neste mês Mariano, também reconhecemos que “Foi ela quem tudo fez!”.

 

Fonte: Nordeste Hoje

Pagina 1 de 711