Segunda, 19 Junho 2017 16:00

Santuário São José celebra Crisma de 75 jovens e adultos

Escrito por  Vivian Marler PASCOM / Santuário Arquidiocesano São José Operário
Classifique este artigo
(1 Voto)

Na noite de 18 de junho, o Santuário Arquidiocesano São José Operário, no bairro da Praça 14, em Manaus, AM, celebrou o Crisma de 75 jovens e adultos, que receberam o sacramento pela imposição das mãos e a unção de dom Sergio Castriani, arcebispo metropolitano de Manaus que presidiu a Missa da Confirmação, concelebrada pelo pároco padre João Benedito da Cunha, SDB, e pelo assessor da catequese, padre Jefferson Luis Silva, SDB.

Após a leitura do Evangelho, padre João Benedito solicitou que os crismandos ficassem de pé e os apresentou a dom Sergio, que durante a homilia falou da importância de receber este sacramento e o seu significado: “Crisma significa amor. É ser seguidor de Jesus, servi-lo e ama-lo, é viver com dignidade nosso Batismo, é perguntar a si mesmo o que é preciso para ser feliz” disse, convidando os presentes a cantarem a música de padre Zezinho ‘Amar como Jesus Amou’.

 

Após a homilia, os crismandos acenderam suas velas para juntos fazerem a renovação das promessas do Batismo. Seguindo a celebração da confirmação, cada crismando se aproximou de dom Sergio acompanhado de seu padrinho/madrinha, para ser consagrado recebendo na testa o sinal da cruz com o óleo do Crisma.

 

Entre os 75 crismandos estava Nicineida Macedo da Silva, de 65 anos, que realizou o sonho de se crismar: “Preparei minhas filhas para a primeira comunhão e crisma, e hoje é a minha vez. Eu realizo esse sonho, que é muito importante para mim, e junto com esta preparação eu aprendi aqui no Santuário a ler, o que me dá a possibilidade de poder ler a Bíblia e os ensinamentos de Jesus”, disse emocionada.

 

Antes da benção final, o pároco agradeceu aos catequistas pela dedicação e solicitou que ficassem de pé para que dom Sergio pudesse conhecê-los. Ao final da cerimônia, foi realizada a foto oficial, muito concorrida pelos familiares e presentes que queriam registrar os crismados ao lado do arcebispo. Após foi servido um coquetel aos presentes.

 

Lido 531 vezes

Deixe um comentário