Terça, 07 Agosto 2018 17:49

Padre Ladislau recebe a Medalha de São Paulo

Escrito por  Arquidiocese de São Paulo
Classifique este artigo
(0 votos)

A Arquidiocese de São Paulo anunciou nesta terça-feira, 7 de agosto, o nome das pessoas e instituições contempladas com a Medalha São Paulo Apóstolo. Um dos contemplados deste ano, pelo Serviço Sacerdotal, é o padre Ladislau Klinicki, salesiano mais idoso da Congregação no Brasil. A entrega da Medalha será em 29 de agosto.

 

A Medalha São Paulo Apóstolo foi instituída em 2015 dentro das comemorações dos 270 anos de criação da Diocese de São Paulo. A Medalha traz, numa face, a efígie de São Paulo Apóstolo, Patrono da Arquidiocese; na outra face, a vista frontal da Catedral Metropolitana de São Paulo.

 

No decreto de instituição da medalha, o arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Scherer, ressalta que “todos os batizados foram constituídos como povo de Deus e são participantes do múnus sacerdotal, profético e régio do próprio Cristo” e acrescentou que a homenagem também é um “incentivo para que floresça mais abundantemente a vida eclesial e pastoral nesta Cidade imensa”.

 

PADRE LADISLAU KLINICKI, SDB

Nascido na Polônia, em 1º de junho de 1914, em 1939 já era seminarista e partiu para Roma para estudar teologia. Devido à 2ª Guerra Mundial, foi preso em Roma pelo exército alemão em 4 de março de 1942, com toda a comunidade salesiana, e, depois de um duro interrogatório, as acusações demonstraram-se falsas. Ordenado sacerdote em Varsóvia em 1943, escapou várias vezes da morte nos campos de concentração nazistas. Transferindo-se ao Brasil em 1985, depois de alguns anos no Equador, reside atualmente na comunidade “Santa Teresinha”, de São Paulo.

Lido 446 vezes

Deixe um comentário