Terça, 11 Junho 2019 16:05

Uma ponte de solidariedade entre Itália e Senegal

Escrito por  Agência iNfo Salesiana - ANS
Classifique este artigo
(0 votos)

A iniciativa partiu de um jovem salesiano e envolveu um grupo de 40 crianças (de 4 a 7 anos) com suas catequistas e animadoras: construir uma ponte de solidariedade entre a Sicília, região do sul da Itália, e o Senegal, país africano no qual os salesianos mantém diversas ações sociais. Assim nasceu o projeto “Infância Missionária”, que permitiu explicar na prática às crianças pequenas o valor do acolhimento e da ajuda ao próximo.

 

Graças à colaboração com a ‘Associação Dom Bosco 2000’ (que atua no Senegal, África), o padre Alfredo Calderoni, um jovem salesiano atuante no oratório de Gela (Sicília), lançou uma verdadeira programação para os meses de fevereiro a maio, envolvendo animadores, catequistas e crianças com suas famílias:

 

“Todo mês escolhíamos um tema que nascia da caridade. Depois bolávamos, concretamente, pequenos objetos, reciclando material trazido de casa. Os encontros começavam sempre com uma pequena formação; a seguir passávamos à atividade concreta... A cada mês, também eram coletadas as moedas das economias e enviávamos seu valor ao Senegal para a compra de ‘kits’ escolares”, conta padre Calderoni.

 

O projeto encerrou-se no dia 24 de maio, Solenidade de Maria Auxiliadora, com um lindo espetáculo e a Festa das Nações. “Envolvemos os adultos, fazendo-lhes ver o que as economias recolhidas aqui realizavam, concretamente, lá no Senegal. Assim ficou mais fácil adquirir e confirmar sua confiança”, refere ainda o salesiano.

 

Desse projeto nasceu também um “mini‘grest’” (em italiano, acrônimo de ‘GRuppo ESTate’, que é um grupo estivo, ou de verão), uma minicolônia de férias, dedicada às crianças pequenas. Nasceu, sobretudo, a “ponte”. Construída no oratório, deu frutos até ‘contagiosos’: “Uma escola perto de nós, depois de ver as fotos, os vídeos e os desenhos que, para agradecer, nos mandaram do Senegal, também desejou fazer, durante o encontro de fim de ano, uma coleta de fundos e mandá-los ao Senegal através da fundação DomBosco”, prossegue o Salesiano.

 

“Lançamos as bases para construir uma ponte e para iniciar um projeto que certamente irá continuar”, concluiu o padre Calderoni.

Fonte: Agência iNfo Salesiana - ANS

Lido 48 vezes Modificado em Quarta, 12 Junho 2019 22:40

Deixe um comentário