Este artigo, por sua relevância e abrangência, foi dividido em duas partes, a primeira que se segue, traz um apanhado histórico do contexto onde Dom Bosco construiu a Sociedade Salesiana. A segunda e última parte aborda o mesmo tema no contexto presente. Ambas proporcionam momentos de reflexão e evidenciam o arrojo e genialidade do santo dos jovens em sua atemporalidade, do valor de um trabalho calcado em valores que atravessam o tempo.

Para Dom Bosco e todos os que seguem os seus preceitos, educação e evangelização caminham sempre juntas; são inseparáveis na ação dos educadores salesianos junto aos jovens.

Sábado, 04 Julho 2015 20:21

Pensando em Jerusalém...

Escrito por

O conselheiro geral para a Formação dos Salesianos, padre Ivo Coelho, oferece uma tocante reflexão sobre a Terra Santa, onde reside.

Terça, 05 Maio 2015 01:00

Encontrar Deus nos jovens

Escrito por

O tema da mística salesiana, um dos núcleos temáticos do Capítulo Geral 27, é retomado, aprofundando os aspectos do diálogo com a juventude e do pátio como local de encontro e partilha.

Terça, 17 Março 2015 01:49

Místicos no Espírito

Escrito por

Convidado a escrever para e com os irmãos, sobre este tema da mística salesiana, encontrei a expressão estimulante: “místicos no Espírito” (n. 32), um dos núcleos temáticos do Capítulo Geral 27.

Segunda, 05 Janeiro 2015 20:59

Não deixemos que nos roubem o Evangelho

Escrito por

Como a missão da Igreja é evangelizar, não podemos deixar por menos nosso compromisso missionário dentro do Projeto Pessoal de Vida. Nesse sentido, Francisco nos aponta elementos desafiadores.

Terça, 09 Dezembro 2014 00:19

Não deixemos que nos roubem a comunidade!

Escrito por

Continuando a reflexão sobre a exortação apostólica Evangelli Gaudium, padre João Mendonça trata da importância da comunidade, do “encontrar o outro”, para chegar a Jesus Cristo.

Terça, 04 Novembro 2014 23:24

Animação vocacional a um click!

Escrito por

O que é mesmo Animação Vocacional como arte de educar para ouvir e responder com generosidade a Deus? Quem é o animador? Quem é o animado? Em que ambiente existencial ele anima – animador – e onde o animado escuta? Não usarei neste artigo o termo vocacionado porque todos os cristãos são seres vocacionados. A Igreja é assembleia dos chamados – convocados – portanto, usar o termo vocacionado para se referir àqueles que estão em um processo de discernimento vocacional é equivocado. Escolhi, então, o termo animado, não é o melhor, mas provisório. Animado porque algo o inquieta e no encontro com o agente animador acontece um processo de escuta, leitura, oração e discernimento.

A exortação apostólica Alegria do Evangelho “também enfatiza a idolatria do dinheiro com o crescimento do lucro de poucos enquanto uma massa sobra. É o novo bezerro de ouro que o jogo econômico produz e toma posse do coração de todos, sobretudo dos jovens às vezes impedindo o empenho missionário”.

Acredito que seja importante pensar a perspectiva missionária da vida como vocação a partir das provocações deixadas pelo papa Francisco na exortação Alegria do Evangelhoporque elas traçam um projeto pessoal de vida ousado.

Pagina 3 de 5