Quinta, 11 Outubro 2018 14:59

No domingo, 14 de outubro, Giovanni Battista Montini, que em 21 de junho de 1963 se tornou Papa Paulo VI, será canonizado (declarado santo). Para o cardeal Ottaviani, que deu o anúncio da eleição, foi só pronunciar o nome de batismo: "Joannem Baptistam ..." que todos começaram a aplaudir.

 

Sexta, 09 Março 2018 14:49

Paulo VI e Dom Romero serão santos: o Papa Francisco autorizou a Congregação das Causas dos Santos a promulgar os Decretos que reconhecem os milagres atribuídos à intercessão dos Beatos Paulo VI e Oscar Arnolfo Romero Galdámez.

 

Terça, 23 Setembro 2014 17:11

A obra social Paulo VI, formada pela Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, a Escola Estadual Rui Barbosa, o oratório e a casa de formação, completou no sábado, 20 de setembro, o seu cinquentenário de fundação. A história e os frutos do trabalho desenvolvido nos últimos 50 anos foram celebrados pela Família Salesiana em missa solene, presidida pelo bispo Auxiliar da Arquidiocese de Campo Grande, o salesiano dom Eduardo Pinheiro da Silva, e concelebrada pelo presidente da Missão Salesiana de Mato Grosso, padre Gildásio Mendes dos Santos, e pelo diretor da obra social, padre Josef Winkler.

Segunda, 12 Maio 2014 14:49

O Papa Francisco promulgou no dia 9 de maio o decreto sobre o milagre atribuído à intercessão do venerável Servo de Deus Paulo VI (Giovanni Battista Montini) Sumo Pontífice, nascido a 26 de Setembro de 1897 em Concesio (Itália) tendo falecido em Castelgandolfo (Itália) em agosto de 1978. 

Quarta, 19 Fevereiro 2014 14:10

 

Decorre desde terça-feira, 18, e segue até quinta-feira, dia 20, na Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma, um Simpósio evocativo dos 50 anos da primeira Constituição do Concílio Vaticano II - Sacrosanctum Concilium, promovido pela Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, conjuntamente com aquela Universidade Pontifícia. Foi este primeiro texto conciliar, promulgado por Paulo VI a 4 de dezembro de 1963 que deu início à reforma da liturgia.
 

“Gratidão e empenho por um grande movimento eclesial” é o tema do Simpósio. Segundo declarou o prefeito da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, cardeal Antonio Canizares Llover, trata-se de uma oportunidade para continuar a aprofundar a renovação litúrgica desejada pelo Concílio Vaticano II. Segundo o secretário do mesmo dicastério, dom Arthur Roche, não se pode pensar a Liturgia sem pensar na Igreja inteira. “Os 50 anos da Sacrosanctum Concilium – observou o arcebispo britânico - convidam a fazer um exame de consciência. Com este Simpósio deseja-se, através da escuta, diálogo e oração comum, propor uma experiência de comunhão repleta de memória grata e de empenho profético”.
 

Participam do Simpósio representantes das Conferências Episcopais, responsáveis pelas comissões litúrgicas, centros de estudo teológico e pastoral, responsáveis e animadores da Liturgia, dos diversos continentes, e representantes de diferentes tradições litúrgicas.

 

Rádio Vaticana