Durante todo o mês de outubro a Inspetoria Salesiana de São Paulo (ISSP) publicará artigos de autoria do padre Luiz Alves de Lima, sdb, sobre a XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos. Padre Lima, que participa como assessor da Assembleia, enviará notícias, diretamente do Vaticano,  para o conhecimento de toda a comunidade salesiana.

Aqui, no Boletim Salesiano, você terá acesso à reprodução desses artigos e poderá acompanhar as notícias e relatos do padre Lima sobre os principais fatos da Assembleia. Leia abaixo alguns trechos extraídos dos artigos do padre Lima, referente à primeira semana do Sínodo.

 

Relato dia 10 de outubro

Reuniões em grupos menores e presença de bispo anglicano

 

"Hoje, 10 de Outubro, o dia foi um pouco diferente dos dias anteriores. De fato, logo de manhã em vez de nos dirigirmos para a grande sala do Plenário do Sínodo, que aqui é chamada de Aula Sinodale, fomos para salas menores, no mesmo ambiente do enorme edifício Paulo VI. Conforme programado, todos os quase 400 participantes foram divididos em grandes grupos, chamados Circuli Minori, usando como critério de divisão, as cinco línguas oficiais. Assim, eu fui designado para assessorar o Circulus Hispanicus A (havia um B e um C); portanto três grandes grupos de língua espanhola. Preferi esse grupo, ao dos italianos, por estar mais perto da América Latina. Nele somos cerca de 30, bastante 'espremidos' em uma sala um tanto acanhada pra tanta gente. Nesse grupo está também o espanhol Francisco (Kiko) Argüello, fundador do Neocatecumenato!... "

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Relato dia 09 de outubro

Comentários a respeito do documento Instrumento de Trabalho

 

"...Conforme a programação do Sínodo, este terceiro e parte do quarto dia são destinados aos comentários a respeito do documento Instrumento de Trabalho. De fato, a finalidade deste texto, é recolher toda a discussão feita anteriormente, por meio de consulta às Conferências Episcopais, e levantar alguns problemas relacionados ao tema central. Foi o que aconteceu hoje quando, cerca de 50 oradores (cardeais, arcebispos e bispos) se inscreveram para comentar algum aspecto do Instrumento de Trabalho. Cada um tinha cinco minutos para falar, usando uma das 5 línguas oficiais, e todos, na Assembleia, acompanhavam com o texto do pronunciamento em mãos e tradução simultânea, para quem desejasse. Cada orador tinha apenas 5 minutos para falar, após os quais o microfone era desligado..."

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Relato dia 08 de outubro

Primeira e segunda sessões

 

"...Hoje, 08 de outubro, pela manhã, realizaram-se as duas primeiras sessões. Teve início com a récita da Hora Média (Tercia), cujo hino foi substituído pelo Veni Creator Spiritus, cantado em gregoriano pela Assembleia, acompanhado por coral a quatro vozes. Pode parecer estranho, mas é o único momento de oração em comum durante o Sínodo, pois a Missa e demais orações (laudes e vésperas) são rezadas nas casas onde cada um se hospeda. A Santa Eucaristia foi concelebrada por todos participantes do Sínodo somente ontem na Abertura; uma outra será no dia 11, comemorando os 50 anos do Concílio Vaticano II e os 20 anos do Catecismo da Igreja Católica, e uma última no encerramento. Também as refeições, exceto o cafezinho (abundantíssimo...) da manhã e da tarde, são feitas também nas residências de cada um..."

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Relato dia 07 de outubro

A solene liturgia de abertura do Sínodo

 

"...Estou em Roma, no Vaticano, participando da XIII Assembleia dos Bispos como assessor; faço parte do corpo de secretários que auxiliam a Secretaria Geral na redação e confecção dos textos. Alguns irmãos e amigos sugeriram que mantivesse comunicação constate. Para isso vou procurar transmitir, por esse meio, as impressões e algum conteúdo que eu possa transmitir, pois há bastante restrição por parte dos Regulamentos do Sínodo."

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

 

Com a presença dos representantes das Comissões Episcopais Pastorais para a Família dos países Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e República Dominicana, iniciou no Rio de Janeiro, RJ, no último dia 8 de outubro, dia do Nascituro, o Encontro Regional da Pastoral Familiar do Cone Sul.

 

O evento é organizando pelo Conselho Episcopal Latino Americano (CELAM), representado pelo secretário executivo, padre Augusto Ríos Rocha, e coordenado por Dom Antônio Augusto Dias Duarte, bispo auxiliar do Rio de Janeiro e assessorado pelo padre Wladimir Porreca, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

 

O encontro tem como objetivo aprofundar e operacionalizar as conclusões do 7º Encontro Mundial da Família, por meio  do diálogo e reflexão dos delegados da Pastoral Familiar presentes ao encontro para revalorizar o significado das dimensões do trabalho e da festa nas famílias, presentes nas diversas regiões representadas neste encontro dos países do Cone Sul.

 

Como proposta de trabalho, o encontro procurará também vislumbrar horizonte, discernir desafios e traçar linhas de ação.

 

Leia mais em CNBB

Nos dias 27 e 28 de setembro, alunos do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora (INSA Oratório) surpreenderam a comunidade de Cruzeiro,SP, durante a Marcha da Juventude Salesiana. Eles prepararam e apresentaram um flash mob (*), contagiando as pessoas com coreografias sincronizadas e divertidas.  A apresentação nas ruas fez parte da Jornada da Juventude, evento preparatório da Jornada Mundial da Juventude realizado há 13 anos na cidade.

 

Na tarde da sexta-feira, 28 de junho, os alunos tomaram conta das ruas do centro de Cruzeiro. Divididos em duas equipes, Paz e Vida, eles levavam uma réplica da cruz da JMJ. No meio do trajeto, os jovens se uniram e, sob o som de uma música eletrônica, apresentaram o flash mob. Os passos da dança foram inventados pela dançarina Isabela de Paiva Gomes, aluna do 2º ano do ensino médio, que ensaiou com os alunos durante as atividades da pastoral escolar.

 

Flash mob

 (*)É uma produção espontânea em que um grupo de pessoas se reúne de repente em um lugar e realiza um ato incomum e aparentemente sem sentido por um breve período de tempo, e depois se dispersa, muitas vezes para fins de entretenimento, sátira ou expressão artística.

 

Clique aqui e assista o flash mob do INSA

 

RSE Informa

 

As gêmeas Alessandra e Isabelle Macedo, alunas do 9º ano do Ateneu Salesiano Dom Bosco de Goiânia, GO, e atletas do karatê patrocinadas pela Rede Salesiana de Escolas (RSE), destacaram-se em mais um torneio, o Campeonato Goiano de Karatê, realizado em Goiânia, no último dia 6 de outubro. Alessandra foi campeã individual em kumitê (luta) e Isabelle ficou com o 2º lugar na mesma categoria. As gêmeas também conquistaram o vice-campeonato na categoria kumitê em equipe.

 

Participaram do evento cerca de 300 atletas, oito na categoria das alunas salesianas. Os próximos desafios de Alessandra e Isabelle serão o Campeonato Brasileiro, em São Paulo, SP, entre os dias 1º e 5 de novembro, e o aguardado Mundial de Karatê, em Sydney, na Austrália, previsto para os dias 19 e 24 de novembro.

 

RSE Informa

Durante a festa de São Rafael Arcanjo, celebrada no dia 29 de setembro, a inspetoria das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) do Paraguai festejou 50 anos de presença no país, dando graças a Deus pelo ardor missionário de Dom Bosco e de Maria Mazzarello e das FMA pioneiras, que fizeram florescer a presença educativa entre as crianças e os jovens paraguaios.

 

No dia 2 de fevereiro de 1964 foi criada, no Paraguai, a nova inspetoria “São Rafael Arcanjo” das Filhas de Maria Auxiliadora, nascida da separação da inspetoria do Uruguai, divisão que se tornou necessária, seja pela excessiva distância da inspetoria uruguaiana, seja para incrementar a ação missionária no Chaco, a parte ocidental da nação. Hoje, a inspetoria paraguaia conta com 15 casas, quatro das quais nas missões do vicariato apostólico do Chaco.

 

Madre Angela Vespa, quarta sucessora de Madre Mazzarello, na circular N.451 de 24 de janeiro de 1962 escreveu: “O conselho geral decidiu separar o Paraguai da inspetoria “Imaculada Conceição” do Uruguai e torná-lo inspetoria autônoma e independente, com o nome de inspetoria Paraguaia, sob o patrocínio de São Rafael Arcanjo, com sede em Assunção”.

 

Filhas de Maria Auxiliadora

Pagina 620 de 636