Quinta, 14 Dezembro 2017 14:40

Reitor-mor faz apelo missionário Destaque

Escrito por  Info ANS
Classifique este artigo
(0 votos)

Em 1880, Dom Bosco teve uma grande satisfação: o ingresso oficial dos Salesianos na Patagônia argentina. Realizava-se assim um sonho longamente cultivado e desejado por ele, que foi “a obra mais bela da nossa congregação”, como ele mesmo escreveu ao padre José Fagnano (carta 3337). Hoje, o Reitor-mor, padre Ángel Fernández Artime, com o mesmo zelo pastoral de São João Bosco, escreveu uma carta com um “forte convite” a escutar a voz de Deus que convida os Salesianos a serem missionários. Padre Artime enviou uma carta em 8 de dezembro, “um dia muito significativo para fazer um apelo missionário ‘ad gentes’, a todas as Inspetorias do mundo e a todos os irmãos que se sentem chamados pelo Senhor a viver a nossa vocação missionária de modo especial”.

 

O motivo do apelo missionário é sem dúvida o mesmo que levou Dom Bosco, o sacerdote zeloso que se sentia chamado por Deus para ajudar a salvar os jovens e realizar esta missão universal procurando ler os sinais dos tempos. E, agora, o sinal concreto que os salesianos são chamados a ler é de tantos “adolescentes e jovens, e entre eles os mais pobres, abandonados e em situação de risco”, que os esperam em muitas partes do mundo.

 

O Reitor-mor indica especialmente três necessidades: aumentar o número de missionários enviados ao mundo em cada mês de setembro com a Expedição Missionária Salesiana; aumentar a fraternidade solidária entres as diversas inspetorias e visitadorias; dar atenção a áreas específicas que têm necessidades particulares (missões da Amazônia, campos de refugiados em Uganda, Leste Europeu, novas presenças na Malásia e Gâmbia...).

 

“Exorto-os intensamente à generosidade”, conclui o Reitor-mor, confiando ao mesmo tempo tal generosidade à bênção da Auxiliadora. O texto completo da carta está disponível no site: www.sdb.org ou clicando no link AQUI

 

Lido 685 vezes

Deixe um comentário