A noite de quinta-feira, 14 de setembro de 2017, foi uma data marcante para os católicos de Corumbá, em especial aos Salesianos. Após mais de 100 dias em obras, o Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora, inaugurado no dia 24 de Maio de 1950, foi entregue totalmente revitalizado. A igreja ficou lotada para a grande e esperada reinauguração.

 

No dia 7 de setembro, a Congregação das Causas dos Santos comunicou a dom Protógenes José Luft, S.d.C., bispo de Barra do Garças, o “nulla osta” (nada obsta) da Santa Sé para a causa de martírio dos Servos de Deus, Rodolfo Lunkenbein, sacerdote salesiano, e Simão Bororo, leigo, mortos em ódio à fé no dia 15 de julho de 1976 na missão salesiana de Meruri (Mato Grosso): dois homens que deram a vida pelo povo, pelo direito à terra; que foram profetas do Reino e defensores dos pobres.

 

Segunda, 18 Setembro 2017 18:22

Entrevista com o Padre Tom Uzhunnalil

Escrito por

Padre Tom Uzhunnalil respondeu a algumas perguntas em entrevista exclusiva para a Agência Salesiana de Notícias (ANS). Leia a seguir:

 

Lugar de referência da fé católica em Corumbá, o Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora é devolvido hoje (14 de setembro) à comunidade, depois de passar por obras de revitalização. Desde sua fundação, em 1950, a construção não recebia manutenção de grande vulto. Motivada pela instalação de aparelhos de ar-condicionado, a reforma do sistema elétrico acabou por estimular outras melhorias, dentre elas, a troca de quatro grandes lustres localizados na nave central da igreja.

 

Realizado nos dias 7 a 10 de setembro, o Congresso Nacional de Maria Auxiliadora reuniu 250 membros da ADMA e da Família Salesiana de todo o Brasil sob o tema “Com Maria, somos família!”.

 

Pagina 5 de 42