Atividade debaterá a redução da maioridade penal   A Semana da Cidadania (SdC) ocorre todos os anos, desde 1996 durante os dias 14 a 21 de abril e enfatiza a dimensão sociopolítica como parte do processo de formação integral promovido pelas Pastorais da Juventude do Brasil (PJ, PJE, PJMP e PJR), juntamente com os Centros e Institutos de Juventude, sendo uma de suas três Atividades Permanentes e atividade oficial da Igreja no Brasil.   É uma ação do discipulado missionário de milhares de grupos de jovens e militantes organizados como Igreja nas comunidades, nas escolas, nos meios populares e nas comunidades rurais. É o exercício do anúncio evangélico de vida plena; anúncio engajado na realidade concreta dos sujeitos jovens, comprometido com a reparação das injustiças e com a construção da igualdade social, como sinais do Reino de Deus.   A Semana da Cidadania constitui parte de nosso compromisso apostólico de anunciar e construir vida plena. É um espaço para a convocação de novos grupos de jovens e para despertar para a vida comunitária e é nossa oportunidade, como jovens, de compor a história da construção dos nossos direitos.   Com a proposta de lutar pela vida da juventude e enfatizar a necessidade deste diálogo, é que neste ano de 2013 a Semana da Cidadania abordará a temática “Juventude: vidas pela vida” inspirada pelo lema “Pastorais da Juventude contra a redução da maioridade penal”.   A defesa da vida da juventude sempre foi pauta dos trabalhos e ações desenvolvidas pelas Pastorais da Juventude, por isso, neste ano em que a Campanha da Fraternidade trabalhou como tema: Fraternidade e Juventude, queremos evidenciar ainda mais a defesa da vida, dizendo não à redução da maioridade penal, por entendermos que esta mudança na lei permitirá que mais vidas sejam comprometidas em sua formação integral.   A sociedade, por causa do aumento da participação de adolescentes e jovens em delitos e crimes noticiados diariamente, acaba por acreditar que esta proposta responderá a este problema social. Porém, entendemos que somente com a efetivação das políticas públicas, melhorias no acesso à educação, à saúde, ao emprego, ao lazer, etc, permitirão a mudança tão sonhada nos índices de criminalidade que envolvem a juventude. Seguindo ao Cristo Jovem, que não temeu os doutores da Lei, também nós, jovens das Pastorais da Juventude, não tememos dizer que somos contra a redução da maioridade penal.   Acesse o portal dos Jovens Conectados para ler a notícia na íntegra e para fazer download dos materiais da Semana da Cidadania.
O Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), unidade Lorena, recebe até o próximo dia 15 de abril a exposição itinerante “Grandes Escritores do Vale do Paraíba”. A mostra, aberta à visitação pública, traz 21 banners contando um pouco da vida e da obra de 20 grandes nomes da literatura brasileira nascidos no Vale do Paraíba. Os banners estão expostos no salão do Bloco I, junto ao curso de História.   A mostra é iniciativa da comissão organizadora do XXVII Simpósio de História do Instituto de Estudos Valeparaibanos  (IEV) e tem percorrido bibliotecas, shoppings, feiras e outros locais movimentados da região.   Os escritores homenageados são: José Luiz Pasin, Almeida Nogueira, Péricles Eugênio, Francisco de Assis Barbosa, Juó Bananére, Malba Tahan, Valdomiro Silveira, Oracy Nogueira, José Geraldo Nogueira Moutinho, Vicente Félix de Castro, Monteiro Lobato, Eugenia Sereno, Miguel Reale, João Baptista de Mello e Souza, Barão Homem de Melo, Cassiano Ricardo, Plínio Salgado, Carlos Rizzini, Maria de Lourdes Borges Ribeiro e José Brito Broca.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Tuesday, 09 April 2013 11:08

Karateca da RSE conquista medalha em Las Vegas

Written by
Thainan Schopchaki, aluna do 3º ano do ensino médio do Colégio Salesiano Itajaí, em Santa Catarina, conquistou a medalha de prata no “Open Las Vegas de Karatê” no dia 29 de março, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A aluna conseguiu o vice-campeonato na categoria kata individual (demonstração de movimentos), feminino, 17. A atleta Thawanna Schopchaki, irmã da medalhista e aluna do 1º ano do ensino médio na mesma escola, também participou da competição. Segundo o técnico da Seleção Catarinense, Eurico Shopchaki, “o evento ofereceu alto nível técnico e proporcionou um proveitoso intercâmbio com atletas de vários países”. Mesmo tendo apenas 17 anos, Thainan já construiu uma bela carreira. Foi 65 vezes campeã catarinense e detém 14 títulos nacionais. Atualmente ela lidera o ranking catarinense de sua categoria.   RSE Informa
Motivada pelo Dia Mundial da Saúde, celebrado neste domingo  07 de abril, a Procuradoria Missionária Salesiana de Madri lançou a campanha: “Você não está fazendo nada?”, uma ação que visa despertar sobre a falta de acesso a cuidados sanitários de qualidade em todo o mundo. Clique aqui para conhecer a campanha e poder contribuir.   “Queremos transmitir a necessidade de se assumir a responsabilidade por aquilo que acontece nas regiões mais pobres do mundo, onde o acesso aos cuidados sanitários é um direito à disposição de poucos. Na Procuradoria Salesiana de Madri pensamos que o acesso à saúde deva ser realmente universal”, afirma Pablo Souto, responsável pelas Comunicações da Procuradoria Missionária Salesiana de Madri.   Milhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a cuidados sanitários de qualidade. Mais de dois milhões de pessoas não podem dispor de remédios. Mais de meio milhão de mulheres morrem todos os anos durante a gravidez ou por falta de assistência adequada. Em cada três segundos, uma criança morre; mas de doenças preveníveis.   “Nas missões salesianas não é normal manter ambientes sanitários. Mas, às vezes, as necessidades obrigam a criá-las”, conta o missionário salesiano, padre Lucas Camino, que viveu pessoalmente o serviço que os salesianos desenvolvem no seu dispensário médico, em Lomê, Togo. É um edifício que serve a mais de 400 pessoas que sofrem de diabetes e hipertensão; a centenas de mães e a mais de 100 crianças órfãs, que precisam ser alimentadas.   Como em Lomê, os salesianos dirigem dispensários também no México, Mali, República Centro-Africana, Equador, entre outros. São mais de 200 as obras salesianas empenhadas em melhorar a saúde das comunidades em que os missionários trabalham, dando especial atenção à prevenção e à promoção da saúde entre os grupos de risco.   Veja abaixo outros números citados pela Procuradoria Missionária de Madri que explicam a necessidade e a urgência de agir imediatamente:   11 milhões de crianças abaixo de 5 anos morrem por doenças facilmente curáveis; 14 milhões de pessoas morrem todos os anos por causa de doenças infecciosas; sete milhões de pessoas sofrem de Hanseníase; mais de 33 milhões de pessoas estão com HIV/AIDS; 4 000 pessoas sofrem de diarreia porque não dispõem de água limpa todos os dias em casa.   InfoANS
  Dia 21 de abril: é nesta data que os Símbolos da Jornada Mundial da Juventude finalmente chegarão ao estado do Rio de Janeiro, depois de ter passado por todos os outros estados brasileiros e por mais dois países. Começará aí a peregrinação pelas dioceses fluminenses, que culminará com a chegada à capital no dia 6 de julho, onde permanecerão até o final da Jornada Mundial da Juventude. A última grande celebração Bote Fé ocorrerá em Niterói, entre 19 de maio e 2 de junho.   Veja no portal dos Jovens Conectados o roteiro da Cruz dos Jovens e do ícone de Nossa Senhora no estado do Rio de Janeiro:    
A Comissão Nacional de Formação (CNF) esteve reunida, entre os dias 02 e 05 de abril, no bairro da Lapa, em São Paulo, para discutir sobre os desafios que norteiam a formação inicial no Brasil. O momento contou com a presença dos delegados de formação das Inspetorias do país e promoveu o primeiro encontro entre os encarregados do Pré-noviciado e dos mestres de Noviciado.   Os quatro dias de encontro foram marcados por momentos de partilha, fraternidade e discussão sobre a atual situação da formação inicial no Brasil. Na ocasião, também foram estudados os últimos documentos da Congregação Salesiana: o Itinerário de formação à Afetividade; o Itinerário Intelectual na Formação Inicial; o Projeto do Quinquênio para o Brasil e o Redimensionamento do Curso para a Profissão Perpétua.   “Foi muito rico e bonito ver a empolgação dos irmãos que animam a Formação Inicial no Brasil, vamos rezar a Dom Bosco para que ele nos ajude a superar os desafios e renovar, sempre mais, este tão delicado serviço que prestamos”, disse o padre Sinval Marques, delegado Inspetorial para a Formação.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Graças aos gestos concretos de solidariedade e doação, um momento histórico foi vivido durante o dia 7 de abril - Domingo da Misericórdia: o início das obras de edificação da Catedral Cristo Rei. A solenidade começou com Missa campal, presidida pelo núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello, e concelebrada pelo arcebispo Dom Walmor Oliveira de Azevedo, bispos-auxiliares, além de sacerdotes da arquidiocese de Belo Horizonte. O evento estendeu-se até a tarde de domingo, com momentos de oração e atividades voltadas para as famílias, como brincadeiras para as crianças, exames de pressão arterial e salão de beleza.   Durante a Missa, Dom Giovanni D’Aniello, que pela primeira vez visitou a arquidiocese de Belo Horizonte, falou com alegria dessa experiência e agradeceu a Dom Walmor pela oportunidade. “Durante as visitas, testemunhei como esta Igreja oferece aos carentes a esperança de Cristo Ressuscitado”, sublinhou. O núncio disse que vai apresentar ao Papa Francisco a força das comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte. “Contarei que aqui tem uma comunidade forte, viva, que vai sustentar com orações o seu ministério petrino”.   Ao recordar das importantes iniciativas de inclusão social e ajuda aos mais necessitados que conheceu na Arquidiocese, Dom Giovanni D’Aniello ressaltou que a Catedral Cristo Rei reunirá as diversas pastorais, os meios de comunicação e o Memorial Arquidiocesano. Lembrou que uma semana antes do Domingo da Misericórdia, os fiéis testemunham o nascimento da Igreja, por meio da Páscoa, para dizer, referindo-se à Catedral, que no dia 7 de abril de 2013 todos testemunharam o início de uma igreja, fonte de comunhão.   Inspirado pela Liturgia do Dia, o núncio Apostólico explicou que a comunhão e a solidariedade são leis universais e ensinou que Cristo é o ponto de referência. “Em Cristo, se constrói a comunhão, sacramento que coloca o homem em comunhão com Deus e, consequentemente, com outros homens”. Dom Giovanni concluiu sua homilia manifestando o desejo que de que a Catedral Cristo Rei, brevemente, torne-se lugar para a vivência da comunhão fraterna. “Que Nossa Senhora da Piedade nos ampare”, suplicou.   Ao se despedir dos fiéis, Dom Giovanni D’Aniello citou a seguinte frase de Santo Agostinho: “tarde te conheci, tarde te amei”. Em seguida, a adaptou para homenagear a capital mineira: “Belo Horizonte, tarde te conheci, tarde te amei”. Foi bastante aplaudido pelos cerca de 5 mil fiéis que acompanharam a celebração Eucarística.   Após a celebração, o arcebispo Dom Walmor Oliveira de Azevedo abençoou os operários que trabalharão nas obras da Catedral Cristo Rei e seus equipamentos. Dom Walmor afirmou que a Catedral Cristo Rei “será a casa de homens e mulheres de Deus”. Lembrou-se daqueles que ajudaram e ajudam a Arquidiocese de Belo Horizonte nesta caminhada rumo à Catedral. “São muitos nomes que estão no coração de Deus, da nossa Arquidiocese e no nosso”.   O arcebispo sublinhou que a Catedral Cristo Rei acolherá especialmente os pobres e sofredores, “para que a Igreja continue a importante tarefa de fazer, de todos, discípulos e discípulas de Deus”. Depois, pediu a proteção de Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Minas Gerais, e a condução de São José, patrono das obras da Catedral, para os trabalhos de edificação.   Diversas autoridades participaram da solenidade. O governador de Minas, Antonio Anastasia, disse que a Catedral Cristo Rei será lugar de fé e esperança. Dirigindo-se ao núncio Apostólico, pediu que leve uma saudação especial ao Papa Francisco e o convide para que visite Minas Gerais. Já o prefeito da capital, Márcio Lacerda, ressaltou a importância da Catedral Cristo Rei “para que a fé, a solidariedade e a fraternidade sejam vividas de modo ainda mais intenso”.   CNBB
A presença salesiana em Lorena, no estado de São Paulo, vem ampliando as suas atividades de serviço à juventude com a reativação do Oratório Dom Bosco da Vila Brito e com o início das atividades na Paróquia Nossa Senhora das Graças, na Vila Nunes, ambos ocorridos no dia 31 de março, domingo de Páscoa.   O Oratório Dom Bosco passa a funcionar aos sábados e domingos das 14h às 17h, com atividades lúdicas e esportivas para crianças e adolescentes, que serão acompanhadas pela irmã Ana Maria, Filha de Maria Auxiliadora (FMA), e pelos pós-noviços Antônio Rocha e Fabiano Oliveira. A reinauguração do Oratório foi realizada com uma missa de Páscoa às 9h, celebrada pelo pároco, padre Jefferson Silva.   Após a missa no Oratório Dom Bosco, padre Jefferson celebrou a Páscoa na Igreja Nossa Senhora das Graças, onde os pós-noviços realizaram um campeonato de ping-pong, dando início às atividades recreativas que serão oferecidas para crianças e adolescentes aos domingos, das 8h às 10h, antes da missa da catequese. O objetivo das atividades, além de criar um novo espaço de cultura e lazer, é formar um grupo da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) na paróquia, composto por adolescentes e jovens.   O Oratório Dom Bosco fica localizado na Rua Cap. Alcyr Fillizzola, 346, na Vila Brito,  e a Paróquia Nossa Senhora das Graças fica na Avenida Targino Villela Nunes, 105, na Vila Nunes, telefone: (12) 3153-5042.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Faleceu em Manaus, AM, no dia 05 de abril, o padre salesiano, Argentino Cescon. O corpo do sacerdote foi sepultado no cemitério São João Batista, em Manaus.   Padre Argentino nasceu no dia 19 de setembro de 1921. Fez a primeira profissão religiosa em agosto de 1945 e a profissão perpétua em junho de 1951, sendo ordenado sacerdote em junho de 1954. Padre Argentino chegou ao Brasil em 1955 e era o salesiano mais ancião da Inspetoria Salesiana do Amazonas.   Padre Argentino costumava repetir para quem perguntava como ele estava: “Hoje, melhor do que ontem!”. Nos últimos anos, quando se despedia de alguém sempre dizia com o sorriso nos lábios: “Se não nos encontrarmos mais, nos veremos no paraíso.   Inspetoria Salesiana do Amazonas  
Foi realizado entre os dias 3 e 5 de abril, na casa de exercícios espirituais de Sanlucar, na Espanha, uma série de encontros relacionados com a cooperação salesiana. Dentre esses encontros, o principal foi a VI Assembleia Geral da Federação das ONGs Salesianas para o Desenvolvimento “Don Bosco Network” (DBN), na qual foi eleita como nova presidente da DBN para o período de 2013 a 2015  - Joanna Stozek, vice-presidente e coordenadora dos projetos da ONG polonesa “Młodzi Swiatu”.   “Sinto-me honrada que tenham confiado a mim o encargo de guia da DBN. Creio que juntos poderemos realmente mudar o mundo. Não só o mundo das missões salesianas, mas, sobretudo, o mundo dos jovens pobres e abandonados, de quem elas cuidam”, disse Joanna.   Participaram da assembleia, leigos e salesianos representantes de oito ONGs: DBN: “Via Dom Bosco” (Bélgica); “Jóvenes y Desarrollo” (Espanha); “Dom Bosco Mundo” (Alemanha); “Salesian Missions”  (USA); “Noi per Loro” (Itália);”Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento” (Itália); “Solidaridad Don Bosco” (Espanha) e “Młodzi Swiatu” (Polônia). O encontro também contou com a presença do conselheiro geral para as Missões, padre Václav Klement.   Na assembleia foram estudados os relatórios anuais sobre as atividades da DBN e discutidos temas de interesse geral como os possíveis caminhos para fortalecer a rede DBN e os seus membros. No encontro cada ONG apresentou um projeto a fim de partilhar a própria experiência e pedir uma possível contribuição aos demais membros.   A DBN nasceu na Europa em 2003; em 2010 expandiu-se mundialmente como federação das ONGs salesianas para o desenvolvimento. As oito ONGs salesianas contam com o empenho profissional de 110 funcionários leigos em tempo integral, de uma centena de voluntários empenhados em quatro continentes. A DBI está presente em mais de 90 nações e contribui com a missão salesiana, especialmente na área da educação dos jovens.   Clique aqui para ler a notícia na íntegra   InfoANS
Page 673 of 733
  Atividade debaterá a redução da maioridade penal   A Semana da Cidadania (SdC) ocorre todos os anos, desde 1996 durante os dias 14 a 21 de abril e enfatiza a dimensão sociopolítica como parte do processo de formação integral promovido pelas Pastorais da Juventude do Brasil (PJ, PJE, PJMP e PJR), juntamente com os Centros e Institutos de Juventude, sendo uma de suas três Atividades Permanentes e atividade oficial da Igreja no Brasil.   É uma ação do discipulado missionário de milhares de grupos de jovens e militantes organizados como Igreja nas comunidades, nas escolas, nos meios populares e nas comunidades rurais. É o exercício do anúncio evangélico de vida plena; anúncio engajado na realidade concreta dos sujeitos jovens, comprometido com a reparação das injustiças e com a construção da igualdade social, como sinais do Reino de Deus.   A Semana da Cidadania constitui parte de nosso compromisso apostólico de anunciar e construir vida plena. É um espaço para a convocação de novos grupos de jovens e para despertar para a vida comunitária e é nossa oportunidade, como jovens, de compor a história da construção dos nossos direitos.   Com a proposta de lutar pela vida da juventude e enfatizar a necessidade deste diálogo, é que neste ano de 2013 a Semana da Cidadania abordará a temática “Juventude: vidas pela vida” inspirada pelo lema “Pastorais da Juventude contra a redução da maioridade penal”.   A defesa da vida da juventude sempre foi pauta dos trabalhos e ações desenvolvidas pelas Pastorais da Juventude, por isso, neste ano em que a Campanha da Fraternidade trabalhou como tema: Fraternidade e Juventude, queremos evidenciar ainda mais a defesa da vida, dizendo não à redução da maioridade penal, por entendermos que esta mudança na lei permitirá que mais vidas sejam comprometidas em sua formação integral.   A sociedade, por causa do aumento da participação de adolescentes e jovens em delitos e crimes noticiados diariamente, acaba por acreditar que esta proposta responderá a este problema social. Porém, entendemos que somente com a efetivação das políticas públicas, melhorias no acesso à educação, à saúde, ao emprego, ao lazer, etc, permitirão a mudança tão sonhada nos índices de criminalidade que envolvem a juventude. Seguindo ao Cristo Jovem, que não temeu os doutores da Lei, também nós, jovens das Pastorais da Juventude, não tememos dizer que somos contra a redução da maioridade penal.   Acesse o portal dos Jovens Conectados para ler a notícia na íntegra e para fazer download dos materiais da Semana da Cidadania.
O Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), unidade Lorena, recebe até o próximo dia 15 de abril a exposição itinerante “Grandes Escritores do Vale do Paraíba”. A mostra, aberta à visitação pública, traz 21 banners contando um pouco da vida e da obra de 20 grandes nomes da literatura brasileira nascidos no Vale do Paraíba. Os banners estão expostos no salão do Bloco I, junto ao curso de História.   A mostra é iniciativa da comissão organizadora do XXVII Simpósio de História do Instituto de Estudos Valeparaibanos  (IEV) e tem percorrido bibliotecas, shoppings, feiras e outros locais movimentados da região.   Os escritores homenageados são: José Luiz Pasin, Almeida Nogueira, Péricles Eugênio, Francisco de Assis Barbosa, Juó Bananére, Malba Tahan, Valdomiro Silveira, Oracy Nogueira, José Geraldo Nogueira Moutinho, Vicente Félix de Castro, Monteiro Lobato, Eugenia Sereno, Miguel Reale, João Baptista de Mello e Souza, Barão Homem de Melo, Cassiano Ricardo, Plínio Salgado, Carlos Rizzini, Maria de Lourdes Borges Ribeiro e José Brito Broca.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Tuesday, 09 April 2013 11:08

Karateca da RSE conquista medalha em Las Vegas

Written by
Thainan Schopchaki, aluna do 3º ano do ensino médio do Colégio Salesiano Itajaí, em Santa Catarina, conquistou a medalha de prata no “Open Las Vegas de Karatê” no dia 29 de março, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A aluna conseguiu o vice-campeonato na categoria kata individual (demonstração de movimentos), feminino, 17. A atleta Thawanna Schopchaki, irmã da medalhista e aluna do 1º ano do ensino médio na mesma escola, também participou da competição. Segundo o técnico da Seleção Catarinense, Eurico Shopchaki, “o evento ofereceu alto nível técnico e proporcionou um proveitoso intercâmbio com atletas de vários países”. Mesmo tendo apenas 17 anos, Thainan já construiu uma bela carreira. Foi 65 vezes campeã catarinense e detém 14 títulos nacionais. Atualmente ela lidera o ranking catarinense de sua categoria.   RSE Informa
Motivada pelo Dia Mundial da Saúde, celebrado neste domingo  07 de abril, a Procuradoria Missionária Salesiana de Madri lançou a campanha: “Você não está fazendo nada?”, uma ação que visa despertar sobre a falta de acesso a cuidados sanitários de qualidade em todo o mundo. Clique aqui para conhecer a campanha e poder contribuir.   “Queremos transmitir a necessidade de se assumir a responsabilidade por aquilo que acontece nas regiões mais pobres do mundo, onde o acesso aos cuidados sanitários é um direito à disposição de poucos. Na Procuradoria Salesiana de Madri pensamos que o acesso à saúde deva ser realmente universal”, afirma Pablo Souto, responsável pelas Comunicações da Procuradoria Missionária Salesiana de Madri.   Milhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a cuidados sanitários de qualidade. Mais de dois milhões de pessoas não podem dispor de remédios. Mais de meio milhão de mulheres morrem todos os anos durante a gravidez ou por falta de assistência adequada. Em cada três segundos, uma criança morre; mas de doenças preveníveis.   “Nas missões salesianas não é normal manter ambientes sanitários. Mas, às vezes, as necessidades obrigam a criá-las”, conta o missionário salesiano, padre Lucas Camino, que viveu pessoalmente o serviço que os salesianos desenvolvem no seu dispensário médico, em Lomê, Togo. É um edifício que serve a mais de 400 pessoas que sofrem de diabetes e hipertensão; a centenas de mães e a mais de 100 crianças órfãs, que precisam ser alimentadas.   Como em Lomê, os salesianos dirigem dispensários também no México, Mali, República Centro-Africana, Equador, entre outros. São mais de 200 as obras salesianas empenhadas em melhorar a saúde das comunidades em que os missionários trabalham, dando especial atenção à prevenção e à promoção da saúde entre os grupos de risco.   Veja abaixo outros números citados pela Procuradoria Missionária de Madri que explicam a necessidade e a urgência de agir imediatamente:   11 milhões de crianças abaixo de 5 anos morrem por doenças facilmente curáveis; 14 milhões de pessoas morrem todos os anos por causa de doenças infecciosas; sete milhões de pessoas sofrem de Hanseníase; mais de 33 milhões de pessoas estão com HIV/AIDS; 4 000 pessoas sofrem de diarreia porque não dispõem de água limpa todos os dias em casa.   InfoANS
  Dia 21 de abril: é nesta data que os Símbolos da Jornada Mundial da Juventude finalmente chegarão ao estado do Rio de Janeiro, depois de ter passado por todos os outros estados brasileiros e por mais dois países. Começará aí a peregrinação pelas dioceses fluminenses, que culminará com a chegada à capital no dia 6 de julho, onde permanecerão até o final da Jornada Mundial da Juventude. A última grande celebração Bote Fé ocorrerá em Niterói, entre 19 de maio e 2 de junho.   Veja no portal dos Jovens Conectados o roteiro da Cruz dos Jovens e do ícone de Nossa Senhora no estado do Rio de Janeiro:    
A Comissão Nacional de Formação (CNF) esteve reunida, entre os dias 02 e 05 de abril, no bairro da Lapa, em São Paulo, para discutir sobre os desafios que norteiam a formação inicial no Brasil. O momento contou com a presença dos delegados de formação das Inspetorias do país e promoveu o primeiro encontro entre os encarregados do Pré-noviciado e dos mestres de Noviciado.   Os quatro dias de encontro foram marcados por momentos de partilha, fraternidade e discussão sobre a atual situação da formação inicial no Brasil. Na ocasião, também foram estudados os últimos documentos da Congregação Salesiana: o Itinerário de formação à Afetividade; o Itinerário Intelectual na Formação Inicial; o Projeto do Quinquênio para o Brasil e o Redimensionamento do Curso para a Profissão Perpétua.   “Foi muito rico e bonito ver a empolgação dos irmãos que animam a Formação Inicial no Brasil, vamos rezar a Dom Bosco para que ele nos ajude a superar os desafios e renovar, sempre mais, este tão delicado serviço que prestamos”, disse o padre Sinval Marques, delegado Inspetorial para a Formação.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Graças aos gestos concretos de solidariedade e doação, um momento histórico foi vivido durante o dia 7 de abril - Domingo da Misericórdia: o início das obras de edificação da Catedral Cristo Rei. A solenidade começou com Missa campal, presidida pelo núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello, e concelebrada pelo arcebispo Dom Walmor Oliveira de Azevedo, bispos-auxiliares, além de sacerdotes da arquidiocese de Belo Horizonte. O evento estendeu-se até a tarde de domingo, com momentos de oração e atividades voltadas para as famílias, como brincadeiras para as crianças, exames de pressão arterial e salão de beleza.   Durante a Missa, Dom Giovanni D’Aniello, que pela primeira vez visitou a arquidiocese de Belo Horizonte, falou com alegria dessa experiência e agradeceu a Dom Walmor pela oportunidade. “Durante as visitas, testemunhei como esta Igreja oferece aos carentes a esperança de Cristo Ressuscitado”, sublinhou. O núncio disse que vai apresentar ao Papa Francisco a força das comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte. “Contarei que aqui tem uma comunidade forte, viva, que vai sustentar com orações o seu ministério petrino”.   Ao recordar das importantes iniciativas de inclusão social e ajuda aos mais necessitados que conheceu na Arquidiocese, Dom Giovanni D’Aniello ressaltou que a Catedral Cristo Rei reunirá as diversas pastorais, os meios de comunicação e o Memorial Arquidiocesano. Lembrou que uma semana antes do Domingo da Misericórdia, os fiéis testemunham o nascimento da Igreja, por meio da Páscoa, para dizer, referindo-se à Catedral, que no dia 7 de abril de 2013 todos testemunharam o início de uma igreja, fonte de comunhão.   Inspirado pela Liturgia do Dia, o núncio Apostólico explicou que a comunhão e a solidariedade são leis universais e ensinou que Cristo é o ponto de referência. “Em Cristo, se constrói a comunhão, sacramento que coloca o homem em comunhão com Deus e, consequentemente, com outros homens”. Dom Giovanni concluiu sua homilia manifestando o desejo que de que a Catedral Cristo Rei, brevemente, torne-se lugar para a vivência da comunhão fraterna. “Que Nossa Senhora da Piedade nos ampare”, suplicou.   Ao se despedir dos fiéis, Dom Giovanni D’Aniello citou a seguinte frase de Santo Agostinho: “tarde te conheci, tarde te amei”. Em seguida, a adaptou para homenagear a capital mineira: “Belo Horizonte, tarde te conheci, tarde te amei”. Foi bastante aplaudido pelos cerca de 5 mil fiéis que acompanharam a celebração Eucarística.   Após a celebração, o arcebispo Dom Walmor Oliveira de Azevedo abençoou os operários que trabalharão nas obras da Catedral Cristo Rei e seus equipamentos. Dom Walmor afirmou que a Catedral Cristo Rei “será a casa de homens e mulheres de Deus”. Lembrou-se daqueles que ajudaram e ajudam a Arquidiocese de Belo Horizonte nesta caminhada rumo à Catedral. “São muitos nomes que estão no coração de Deus, da nossa Arquidiocese e no nosso”.   O arcebispo sublinhou que a Catedral Cristo Rei acolherá especialmente os pobres e sofredores, “para que a Igreja continue a importante tarefa de fazer, de todos, discípulos e discípulas de Deus”. Depois, pediu a proteção de Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Minas Gerais, e a condução de São José, patrono das obras da Catedral, para os trabalhos de edificação.   Diversas autoridades participaram da solenidade. O governador de Minas, Antonio Anastasia, disse que a Catedral Cristo Rei será lugar de fé e esperança. Dirigindo-se ao núncio Apostólico, pediu que leve uma saudação especial ao Papa Francisco e o convide para que visite Minas Gerais. Já o prefeito da capital, Márcio Lacerda, ressaltou a importância da Catedral Cristo Rei “para que a fé, a solidariedade e a fraternidade sejam vividas de modo ainda mais intenso”.   CNBB
A presença salesiana em Lorena, no estado de São Paulo, vem ampliando as suas atividades de serviço à juventude com a reativação do Oratório Dom Bosco da Vila Brito e com o início das atividades na Paróquia Nossa Senhora das Graças, na Vila Nunes, ambos ocorridos no dia 31 de março, domingo de Páscoa.   O Oratório Dom Bosco passa a funcionar aos sábados e domingos das 14h às 17h, com atividades lúdicas e esportivas para crianças e adolescentes, que serão acompanhadas pela irmã Ana Maria, Filha de Maria Auxiliadora (FMA), e pelos pós-noviços Antônio Rocha e Fabiano Oliveira. A reinauguração do Oratório foi realizada com uma missa de Páscoa às 9h, celebrada pelo pároco, padre Jefferson Silva.   Após a missa no Oratório Dom Bosco, padre Jefferson celebrou a Páscoa na Igreja Nossa Senhora das Graças, onde os pós-noviços realizaram um campeonato de ping-pong, dando início às atividades recreativas que serão oferecidas para crianças e adolescentes aos domingos, das 8h às 10h, antes da missa da catequese. O objetivo das atividades, além de criar um novo espaço de cultura e lazer, é formar um grupo da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) na paróquia, composto por adolescentes e jovens.   O Oratório Dom Bosco fica localizado na Rua Cap. Alcyr Fillizzola, 346, na Vila Brito,  e a Paróquia Nossa Senhora das Graças fica na Avenida Targino Villela Nunes, 105, na Vila Nunes, telefone: (12) 3153-5042.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Faleceu em Manaus, AM, no dia 05 de abril, o padre salesiano, Argentino Cescon. O corpo do sacerdote foi sepultado no cemitério São João Batista, em Manaus.   Padre Argentino nasceu no dia 19 de setembro de 1921. Fez a primeira profissão religiosa em agosto de 1945 e a profissão perpétua em junho de 1951, sendo ordenado sacerdote em junho de 1954. Padre Argentino chegou ao Brasil em 1955 e era o salesiano mais ancião da Inspetoria Salesiana do Amazonas.   Padre Argentino costumava repetir para quem perguntava como ele estava: “Hoje, melhor do que ontem!”. Nos últimos anos, quando se despedia de alguém sempre dizia com o sorriso nos lábios: “Se não nos encontrarmos mais, nos veremos no paraíso.   Inspetoria Salesiana do Amazonas  
Foi realizado entre os dias 3 e 5 de abril, na casa de exercícios espirituais de Sanlucar, na Espanha, uma série de encontros relacionados com a cooperação salesiana. Dentre esses encontros, o principal foi a VI Assembleia Geral da Federação das ONGs Salesianas para o Desenvolvimento “Don Bosco Network” (DBN), na qual foi eleita como nova presidente da DBN para o período de 2013 a 2015  - Joanna Stozek, vice-presidente e coordenadora dos projetos da ONG polonesa “Młodzi Swiatu”.   “Sinto-me honrada que tenham confiado a mim o encargo de guia da DBN. Creio que juntos poderemos realmente mudar o mundo. Não só o mundo das missões salesianas, mas, sobretudo, o mundo dos jovens pobres e abandonados, de quem elas cuidam”, disse Joanna.   Participaram da assembleia, leigos e salesianos representantes de oito ONGs: DBN: “Via Dom Bosco” (Bélgica); “Jóvenes y Desarrollo” (Espanha); “Dom Bosco Mundo” (Alemanha); “Salesian Missions”  (USA); “Noi per Loro” (Itália);”Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento” (Itália); “Solidaridad Don Bosco” (Espanha) e “Młodzi Swiatu” (Polônia). O encontro também contou com a presença do conselheiro geral para as Missões, padre Václav Klement.   Na assembleia foram estudados os relatórios anuais sobre as atividades da DBN e discutidos temas de interesse geral como os possíveis caminhos para fortalecer a rede DBN e os seus membros. No encontro cada ONG apresentou um projeto a fim de partilhar a própria experiência e pedir uma possível contribuição aos demais membros.   A DBN nasceu na Europa em 2003; em 2010 expandiu-se mundialmente como federação das ONGs salesianas para o desenvolvimento. As oito ONGs salesianas contam com o empenho profissional de 110 funcionários leigos em tempo integral, de uma centena de voluntários empenhados em quatro continentes. A DBI está presente em mais de 90 nações e contribui com a missão salesiana, especialmente na área da educação dos jovens.   Clique aqui para ler a notícia na íntegra   InfoANS
Page 673 of 733