Wednesday, 03 April 2013 14:30

Encerrada visita extraordinária ao Sri lanka

Written by
Foi encerrada no dia 27 de março, com uma conferência conclusiva e a Santa Eucaristia de Ação de graças, a visita Extraordinária à Visitadoria do Sri Lanka, levada a termo pela delegação do reitor-mor, padre Pascual Chávez e pelo conselheiro para a Ásia Sul, padre Maria Arokiam Kanaga. Participaram da conferência cerca de 28 pessoas entre diretores, administradores e dirigentes das comunidades salesianas presentes na ilha, que se reuniram na Casa Inspetorial, de Dungalpitiya.   Na ocasião o padre Kanaga apresentou a avaliação sobre o estado da  Visitadoria e encorajou os seus membros a tomarem decisões corajosas de reestruturação para responder às atuais exigências.Padre Kanaga também estimulou as comunidades salesianas a servirem ainda mais a população católica, sobretudo os jovens – alvo do carisma salesiano também nas paróquias – propondo-lhes as opções salesianas neste cenário pós-bélico.   A visita, que levou o padre Kanaga às 16 presenças salesianas no Sri Lanka, foi iniciada no dia 15 de fevereiro e encerrada no dia 27 de março, às vésperas de Quinta-Feira Santa. Esta Visita Extraordinária assume um valor particular porque é a primeira após a guerra civil (1983–2009), com a abertura de novas presenças salesianas na parte Norte do país.   No Sri Lanka o ministério pastoral dos salesianos foi iniciado em 1956, com o primeiro centro de Negombo. Atualmente a visitadoria conta com 63 salesianos, que atuam em 16 centros, no geral escolas técnicas, por causa da nacionalização de todas as instituições acadêmicas, realizada pelo governo nos primeiros anos da década 1960.   O Sri Lanka se estende por um território de 65.610 km², dividido em sete províncias, com uma população de 20 milhões de habitantes, dos quais 70% são budistas. Os cristãos representam 7,4% da população.   InfoANS
O padre salesiano Paulo Fernando Vendrame, coordenador de Pastoral do Colégio Salesiano São Gonçalo (CSSG), em Cuiabá, MT, recebe nesta quarta-feira, 3 de abril, o Título de Cidadão Cuiabano, em comemoração aos 294 anos da Capital mato-grossense.  A honraria é concedida pela Câmara Municipal de Cuiabá e o nome do padre Paulo Fernando foi sugerido pelo vereador Arilson da Silva (PT), ex-aluno salesiano.   De acordo com ofício assinado pelo parlamentar municipal, a concessão do título de Cidadão Cuiabano presta homenagem ao Paulo Fernando por seus “relevantes trabalhos prestados à juventude de nossa Capital. Assim como Dom Bosco, o senhor tem acolhido e cuidado de nossos jovens, desenvolvendo um trabalho Pastoral dinâmico e comprometido com uma formação católica, cristã e social. A sua dedicação pela formação de ‘bons cristãos e honestos cidadãos’ desperta em nós a esperança de uma Nova e Justa Sociedade”.   A entrega do título de Cidadão Cuiabano será realizada em solenidade no Hotel Fazenda Mato Grosso, Cuiabá, MT, à partir das 19h30 desta quarta-feira.   Missão Salesiana de Mato Grosso
A Comissão Inspetorial de Animação Missionária (CIAM) e Voluntariado da Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia (ISMA), animados pelo delegado inspetorial, padre Reginaldo Cordeiro, se reuniram nesta terça-feira, 02 de abril, no Colégio Dom Bosco - Leste, em Manaus, AM, para iniciar as atividades  relacionadas ao ano de 2013. A finalidade deste primeiro encontro foi conhecer a equipe que compõe a comissão e ter contato com as orientações do Plano Orgânico Inspetorial.   Como ponto de partida, foram apresentados e comentados os elementos do Plano de Ação em vista de um aprofundamento nas próximas reuniões da equipe. Foram refletidas também as possíveis estratégias para animar a missionariedade na inspetoria, dando continuidade aos trabalhos de animação nas comunidades educativas pastorais, visando refletir os fundamentos da Missão no Documento de Aparecida e nos documentos da Congregação Salesiana.   Ainda no encontro, foram lembrados os projetos inspetoriais  “VIVA”, Voluntariado Inspetorial pela Vida na Amazônia, e  “Projeto Rio Negro”.  Além disso, foi dada ênfase ao valor da participação dos salesianos missionários no CIMI (Conselho Indigenista Missionário),  COMIRE (Conselho Missionário Regional) e outros organismos.   A comissão é formada pelos padres Reginaldo Cordeiro, João Sucarrats, Justino, José Francisco, José Reginaldo; Tirocinante Dernival; Pós-noviço Wellington Abreu; e pelas leigas Taiane Amanda e Francilma Grana, ambas animadoras de pastoral dos colégios de Manaus.   Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia
Wednesday, 03 April 2013 13:07

Alunos salesianos visitam lar de idosos

Written by
Para celebrar a espiritualidade salesiana, comemorada no mês de março, um grupo de alunos do ensino médio do Instituto Profissional Maria Auxiliadora, no Recife, PE, visitou o lar dos idosos Cristo Redentor. Um uma manhã de muita alegria, emoção e aprendizado, os jovens ouviram as histórias dos idosos e suas recomendações para a vida. A visita também contou com momentos de oração, confraternização e música.       “Foi ótima a sensação de abraçar pessoas tão experientes e vê-las chorar por um ‘simples’ gesto de caridade, agradeço à escola por tornar minha manhã tão especial”, afirmou a aluna Gabriela Ferraz, do 1º ano do ensino médio. Maria Luiza Oliveira, do 2º ano, impressionou-se principalmente com o carinho dos idosos em suas recomendações: “Foi uma ótima experiência. Encontramos pessoas serenas que nos passaram suas lições de vida apenas querendo nos alertar sobre o mundo. Pretendemos voltar lá outras vezes para chamar de avó e avô aqueles que tanto nos fizeram bem”.   RSE Informa
O Centro da Criança e do Adolescente (CCA) São José, da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, SP, realizou, no dia 27 de março, uma celebração de Páscoa e de comemoração do dia de São José, festejado em 19 de março. Durante o encontro, os educandos realizaram apresentações especiais de dança, música e esporte e uma encenação da Paixão de Cristo.   A celebração contou com participação das famílias, crianças e adolescentes dos CCAs Bom Pastor, Santo Antônio e Aparecida, que também participaram das apresentações. No fim da celebração, foi servido um almoço especial para todos, e as crianças e adolescentes ganharam ovos de Páscoa.   Assessoria de Imprensa Dom Bosco de Itaquera
  Um Flash Mob mobilizou cerca de 700 jovens de paróquias da cidade de Campo Grande, MS, na praça de alimentação de um shopping na tarde do domingo, dia 31 de março. O evento foi organizado para divulgar a Jornada Mundial da Juventude, que ocorre em julho, no Rio de Janeiro.   A praça ficou lotada e o movimento chamou a atenção de quem passeava pelo shopping. Os participantes começaram a dançar no meio da praça ao som da canção “Eu Acredito na Juventude”, que é a trilha oficial dos flash mobs que foram realizados em várias cidades do país.   A campanha ganhou corpo por meio das redes sociais, depois que um grupo de jovens fez a proposta à Arquidiocese de Campo Grande e conseguiu fazer vingar o evento na Capital.   “Esse é o ano da juventude e o foco da Igreja é acolher os jovens. Estou com os sentimentos a flor da pele, de ver os jovens dançando, com certeza contagiou todo mundo que assistiu”, comenta o coordenador diocesano de pastoral, que cuida do setor da juventude, padre Márcio Reis.   O Flash Mob é uma aglomeração instantânea de pessoas em certo lugar para realizar determinada ação inusitada previamente combinada. O evento na Capital aconteceu por volta das 16h30 e durou quatro minutos.   CNBB
    Foi realizada na obra social Salesianos Ampare – unidade da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT), em Campo Grande, MS, a encenação da Paixão de Cristo com a participação dos educadores, crianças e jovens da instituição. Foram dois meses de preparação e trabalho, compensados com a emoção dos pais e da comunidade que prestigiaram o momento de fé, relembrando a morte e a ressurreição de Jesus Cristo.    Esta foi a terceira edição da Via Sacra dos Salesianos Ampare, que neste ano contou com a parceria da Policia Militar, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Fundac).   Missão Salesiana de Mato Grosso   Leia Também: Pastoral do Colégio Salesiano São Gonçlado promove encenação da Via Sacra
  Os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio do Colégio Salesiano Dom Bosco de Porto Alegre, RS, doaram 65 mochilas e aproximadamente 15 quilos em ovos de chocolate e doces para os alunos do Novo Lar de Menores em Viamão, RS. A doação foi realizada no dia 22 de março como resultado das ações: Páscoa Solidária e Campanha das Mochilas.   A aluna Laura Sant’Anna, foi uma das alunas que representou o Colégio Salesiano Dom Bosco na entrega das doações de Páscoa. Ela ficou emocionada ao encontrar Jéssica de Souza Botelho, aluna do Novo Lar que havia recebido suas doações no Natal de 2012. Em dezembro de 2012, os alunos do Dom Bosco escolheram uma criança do Novo Lar para receber as doações arrecadadas. Laura escolheu Jéssica, dando a ela um par de calçados, um livro, um vestido e uma boneca. Durante a entrega de Páscoa, Laura aproveitou a oportunidade para conhecer Jéssica. “Sempre quis conhecer a Jéssica, saber quem era a menina que tinha recebido os meus presentes. Fiquei muito feliz!”, explicou Laura.   As mochilas e os chocolates foram doados pelos alunos e familiares do Colégio Salesiano Dom Bosco.   Novo Lar de Menores em Viamão O Novo Lar é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos que atende crianças, adolescentes e jovens em vulnerabilidade social, através da Escola Novo Lar e da Associação para Recuperação do Menor. Atualmente são atendidos pela instituição: 80 crianças, de 4 a 6 anos de idade. Aos sábados; 187 crianças e adolescentes de 7 a 14 anos de idade; 149 adolescentes e jovens de 15 a 18 anos de idade e 34 adultos.   Inspetoria Salesiana São Pio X
As gêmeas Alessandra e Isabelle Macedo, alunas do Ateneu Salesiano Dom Bosco de Goiânia, GO, conseguiram mais um resultado positivo nas competições de Karatê, modalidade esportiva em que são faixas pretas.   Desta vez as alunas salesianas se destacaram na primeira fase do Campeonato Goiano, realizada em 24 de março. Isabelle conquistou o vice-campeonato em kata (demonstração de movimentos) e kumitê (luta). Alessandra alcançou a terceira posição nas duas categorias.   Ao final do torneio, as gêmeas exibiram suas medalhas e a logomarca da Rede Salesiana de Escolas (RSE). O evento teve a participação de aproximadamente 400 atletas, seis na categoria das alunas.   RSE Informa
  O Papa Francisco recebeu em audiência, no dia 27 de março, o cardeal Angelo Amato SDB, prefeito da Congregação das Causas dos Santos. Durante a audiência, o Sumo Pontífice autorizou a Congregação das Causas a promulgar o decreto sobre o martírio do servo de Deus (SdeD), senhor Estêvão Sándor. Leigo professo da Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos de Dom Bosco), Estêvão, nasceu em Szolnok (Hungria), no dia 26 de outubro de 1914, e foi justiçado por ódio à Fé, em Budapeste (Hungria), no dia 8 de junho de 1953.   Tendo conhecido Dom Bosco por meio do Boletim Salesiano, Estêvão Sándor sentiu-se imediatamente atraído pelo carisma salesiano. Em 1936 foi aceito no Clarisseum, de Budapeste, onde fez o aspirantado por dois anos, frequentando na Escola de Artes Gráficas ‘Dom Bosco’ o curso de técnico-impressor. Iniciou o noviciado, que teve de interromper por convocação às forças armadas. Em 1939 recebeu a dispensa definitiva e, terminado o noviciado, fez a primeira profissão no dia 8 de setembro de 1940,  como salesiano irmão.   Destinado ao Clarisseum, empenhou-se ativamente no ensino dos cursos profissionais. Teve também como encargo a assistência no oratório. Foi promotor da Juventude Operária Católica. Finda a Segunda Guerra Mundial, empenhou-se na reconstrução material e moral da sociedade húngara, dedicando-se especialmente aos jovens mais pobres, que reunia e lhe ensinava um ofício.   Quando em 1949, o Estado, sob Mátyás Rákosi, se adonou dos bens eclesiásticos, e, mais, iniciaram as perseguições contra as escolas católicas, Sándor buscou salvar o salvável. Mas de golpe os religiosos viram-se destituídos de tudo e tiveram que se dispersar. Também Estêvão teve de abandonar a sua tipografia – que com o tempo se tornara bem conhecida – e “desaparecer”; mas, ao invés de refugiar-se no exterior, ficou no país para continuar  trabalhando pela juventude húngara. Conseguiu um emprego em uma fábrica de detergentes, na Capital, continuando impávido e clandestinamente o seu apostolado, embora sabendo que era uma atividade rigorosamente proibida. Em julho de 1952 foi preso no seu posto de trabalho e nunca mais foi visto pelos coirmãos. Um documento oficial certifica o processo e a condenação à morte, executada por enforcamento, no dia 8 de junho de 1953.   O ‘iter’ agora prevê a preparação do Decreto de martírio aos cuidados da Congregação das Causas dos Santos, em colaboração com o postulador geral. Sucessivamente será marcada a data da cerimônia de beatificação, visto que se tratando de um mártir não se exige milagre. O sacrifício total no ato do martírio, como testemunho máximo de fé cristã, considera-se o ato supremo da ‘sequela de Cristo’.   InfoANS
Page 676 of 734
Wednesday, 03 April 2013 14:30

Encerrada visita extraordinária ao Sri lanka

Written by
Foi encerrada no dia 27 de março, com uma conferência conclusiva e a Santa Eucaristia de Ação de graças, a visita Extraordinária à Visitadoria do Sri Lanka, levada a termo pela delegação do reitor-mor, padre Pascual Chávez e pelo conselheiro para a Ásia Sul, padre Maria Arokiam Kanaga. Participaram da conferência cerca de 28 pessoas entre diretores, administradores e dirigentes das comunidades salesianas presentes na ilha, que se reuniram na Casa Inspetorial, de Dungalpitiya.   Na ocasião o padre Kanaga apresentou a avaliação sobre o estado da  Visitadoria e encorajou os seus membros a tomarem decisões corajosas de reestruturação para responder às atuais exigências.Padre Kanaga também estimulou as comunidades salesianas a servirem ainda mais a população católica, sobretudo os jovens – alvo do carisma salesiano também nas paróquias – propondo-lhes as opções salesianas neste cenário pós-bélico.   A visita, que levou o padre Kanaga às 16 presenças salesianas no Sri Lanka, foi iniciada no dia 15 de fevereiro e encerrada no dia 27 de março, às vésperas de Quinta-Feira Santa. Esta Visita Extraordinária assume um valor particular porque é a primeira após a guerra civil (1983–2009), com a abertura de novas presenças salesianas na parte Norte do país.   No Sri Lanka o ministério pastoral dos salesianos foi iniciado em 1956, com o primeiro centro de Negombo. Atualmente a visitadoria conta com 63 salesianos, que atuam em 16 centros, no geral escolas técnicas, por causa da nacionalização de todas as instituições acadêmicas, realizada pelo governo nos primeiros anos da década 1960.   O Sri Lanka se estende por um território de 65.610 km², dividido em sete províncias, com uma população de 20 milhões de habitantes, dos quais 70% são budistas. Os cristãos representam 7,4% da população.   InfoANS
O padre salesiano Paulo Fernando Vendrame, coordenador de Pastoral do Colégio Salesiano São Gonçalo (CSSG), em Cuiabá, MT, recebe nesta quarta-feira, 3 de abril, o Título de Cidadão Cuiabano, em comemoração aos 294 anos da Capital mato-grossense.  A honraria é concedida pela Câmara Municipal de Cuiabá e o nome do padre Paulo Fernando foi sugerido pelo vereador Arilson da Silva (PT), ex-aluno salesiano.   De acordo com ofício assinado pelo parlamentar municipal, a concessão do título de Cidadão Cuiabano presta homenagem ao Paulo Fernando por seus “relevantes trabalhos prestados à juventude de nossa Capital. Assim como Dom Bosco, o senhor tem acolhido e cuidado de nossos jovens, desenvolvendo um trabalho Pastoral dinâmico e comprometido com uma formação católica, cristã e social. A sua dedicação pela formação de ‘bons cristãos e honestos cidadãos’ desperta em nós a esperança de uma Nova e Justa Sociedade”.   A entrega do título de Cidadão Cuiabano será realizada em solenidade no Hotel Fazenda Mato Grosso, Cuiabá, MT, à partir das 19h30 desta quarta-feira.   Missão Salesiana de Mato Grosso
A Comissão Inspetorial de Animação Missionária (CIAM) e Voluntariado da Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia (ISMA), animados pelo delegado inspetorial, padre Reginaldo Cordeiro, se reuniram nesta terça-feira, 02 de abril, no Colégio Dom Bosco - Leste, em Manaus, AM, para iniciar as atividades  relacionadas ao ano de 2013. A finalidade deste primeiro encontro foi conhecer a equipe que compõe a comissão e ter contato com as orientações do Plano Orgânico Inspetorial.   Como ponto de partida, foram apresentados e comentados os elementos do Plano de Ação em vista de um aprofundamento nas próximas reuniões da equipe. Foram refletidas também as possíveis estratégias para animar a missionariedade na inspetoria, dando continuidade aos trabalhos de animação nas comunidades educativas pastorais, visando refletir os fundamentos da Missão no Documento de Aparecida e nos documentos da Congregação Salesiana.   Ainda no encontro, foram lembrados os projetos inspetoriais  “VIVA”, Voluntariado Inspetorial pela Vida na Amazônia, e  “Projeto Rio Negro”.  Além disso, foi dada ênfase ao valor da participação dos salesianos missionários no CIMI (Conselho Indigenista Missionário),  COMIRE (Conselho Missionário Regional) e outros organismos.   A comissão é formada pelos padres Reginaldo Cordeiro, João Sucarrats, Justino, José Francisco, José Reginaldo; Tirocinante Dernival; Pós-noviço Wellington Abreu; e pelas leigas Taiane Amanda e Francilma Grana, ambas animadoras de pastoral dos colégios de Manaus.   Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia
Wednesday, 03 April 2013 13:07

Alunos salesianos visitam lar de idosos

Written by
Para celebrar a espiritualidade salesiana, comemorada no mês de março, um grupo de alunos do ensino médio do Instituto Profissional Maria Auxiliadora, no Recife, PE, visitou o lar dos idosos Cristo Redentor. Um uma manhã de muita alegria, emoção e aprendizado, os jovens ouviram as histórias dos idosos e suas recomendações para a vida. A visita também contou com momentos de oração, confraternização e música.       “Foi ótima a sensação de abraçar pessoas tão experientes e vê-las chorar por um ‘simples’ gesto de caridade, agradeço à escola por tornar minha manhã tão especial”, afirmou a aluna Gabriela Ferraz, do 1º ano do ensino médio. Maria Luiza Oliveira, do 2º ano, impressionou-se principalmente com o carinho dos idosos em suas recomendações: “Foi uma ótima experiência. Encontramos pessoas serenas que nos passaram suas lições de vida apenas querendo nos alertar sobre o mundo. Pretendemos voltar lá outras vezes para chamar de avó e avô aqueles que tanto nos fizeram bem”.   RSE Informa
O Centro da Criança e do Adolescente (CCA) São José, da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, SP, realizou, no dia 27 de março, uma celebração de Páscoa e de comemoração do dia de São José, festejado em 19 de março. Durante o encontro, os educandos realizaram apresentações especiais de dança, música e esporte e uma encenação da Paixão de Cristo.   A celebração contou com participação das famílias, crianças e adolescentes dos CCAs Bom Pastor, Santo Antônio e Aparecida, que também participaram das apresentações. No fim da celebração, foi servido um almoço especial para todos, e as crianças e adolescentes ganharam ovos de Páscoa.   Assessoria de Imprensa Dom Bosco de Itaquera
  Um Flash Mob mobilizou cerca de 700 jovens de paróquias da cidade de Campo Grande, MS, na praça de alimentação de um shopping na tarde do domingo, dia 31 de março. O evento foi organizado para divulgar a Jornada Mundial da Juventude, que ocorre em julho, no Rio de Janeiro.   A praça ficou lotada e o movimento chamou a atenção de quem passeava pelo shopping. Os participantes começaram a dançar no meio da praça ao som da canção “Eu Acredito na Juventude”, que é a trilha oficial dos flash mobs que foram realizados em várias cidades do país.   A campanha ganhou corpo por meio das redes sociais, depois que um grupo de jovens fez a proposta à Arquidiocese de Campo Grande e conseguiu fazer vingar o evento na Capital.   “Esse é o ano da juventude e o foco da Igreja é acolher os jovens. Estou com os sentimentos a flor da pele, de ver os jovens dançando, com certeza contagiou todo mundo que assistiu”, comenta o coordenador diocesano de pastoral, que cuida do setor da juventude, padre Márcio Reis.   O Flash Mob é uma aglomeração instantânea de pessoas em certo lugar para realizar determinada ação inusitada previamente combinada. O evento na Capital aconteceu por volta das 16h30 e durou quatro minutos.   CNBB
    Foi realizada na obra social Salesianos Ampare – unidade da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT), em Campo Grande, MS, a encenação da Paixão de Cristo com a participação dos educadores, crianças e jovens da instituição. Foram dois meses de preparação e trabalho, compensados com a emoção dos pais e da comunidade que prestigiaram o momento de fé, relembrando a morte e a ressurreição de Jesus Cristo.    Esta foi a terceira edição da Via Sacra dos Salesianos Ampare, que neste ano contou com a parceria da Policia Militar, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Fundac).   Missão Salesiana de Mato Grosso   Leia Também: Pastoral do Colégio Salesiano São Gonçlado promove encenação da Via Sacra
  Os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio do Colégio Salesiano Dom Bosco de Porto Alegre, RS, doaram 65 mochilas e aproximadamente 15 quilos em ovos de chocolate e doces para os alunos do Novo Lar de Menores em Viamão, RS. A doação foi realizada no dia 22 de março como resultado das ações: Páscoa Solidária e Campanha das Mochilas.   A aluna Laura Sant’Anna, foi uma das alunas que representou o Colégio Salesiano Dom Bosco na entrega das doações de Páscoa. Ela ficou emocionada ao encontrar Jéssica de Souza Botelho, aluna do Novo Lar que havia recebido suas doações no Natal de 2012. Em dezembro de 2012, os alunos do Dom Bosco escolheram uma criança do Novo Lar para receber as doações arrecadadas. Laura escolheu Jéssica, dando a ela um par de calçados, um livro, um vestido e uma boneca. Durante a entrega de Páscoa, Laura aproveitou a oportunidade para conhecer Jéssica. “Sempre quis conhecer a Jéssica, saber quem era a menina que tinha recebido os meus presentes. Fiquei muito feliz!”, explicou Laura.   As mochilas e os chocolates foram doados pelos alunos e familiares do Colégio Salesiano Dom Bosco.   Novo Lar de Menores em Viamão O Novo Lar é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos que atende crianças, adolescentes e jovens em vulnerabilidade social, através da Escola Novo Lar e da Associação para Recuperação do Menor. Atualmente são atendidos pela instituição: 80 crianças, de 4 a 6 anos de idade. Aos sábados; 187 crianças e adolescentes de 7 a 14 anos de idade; 149 adolescentes e jovens de 15 a 18 anos de idade e 34 adultos.   Inspetoria Salesiana São Pio X
As gêmeas Alessandra e Isabelle Macedo, alunas do Ateneu Salesiano Dom Bosco de Goiânia, GO, conseguiram mais um resultado positivo nas competições de Karatê, modalidade esportiva em que são faixas pretas.   Desta vez as alunas salesianas se destacaram na primeira fase do Campeonato Goiano, realizada em 24 de março. Isabelle conquistou o vice-campeonato em kata (demonstração de movimentos) e kumitê (luta). Alessandra alcançou a terceira posição nas duas categorias.   Ao final do torneio, as gêmeas exibiram suas medalhas e a logomarca da Rede Salesiana de Escolas (RSE). O evento teve a participação de aproximadamente 400 atletas, seis na categoria das alunas.   RSE Informa
  O Papa Francisco recebeu em audiência, no dia 27 de março, o cardeal Angelo Amato SDB, prefeito da Congregação das Causas dos Santos. Durante a audiência, o Sumo Pontífice autorizou a Congregação das Causas a promulgar o decreto sobre o martírio do servo de Deus (SdeD), senhor Estêvão Sándor. Leigo professo da Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos de Dom Bosco), Estêvão, nasceu em Szolnok (Hungria), no dia 26 de outubro de 1914, e foi justiçado por ódio à Fé, em Budapeste (Hungria), no dia 8 de junho de 1953.   Tendo conhecido Dom Bosco por meio do Boletim Salesiano, Estêvão Sándor sentiu-se imediatamente atraído pelo carisma salesiano. Em 1936 foi aceito no Clarisseum, de Budapeste, onde fez o aspirantado por dois anos, frequentando na Escola de Artes Gráficas ‘Dom Bosco’ o curso de técnico-impressor. Iniciou o noviciado, que teve de interromper por convocação às forças armadas. Em 1939 recebeu a dispensa definitiva e, terminado o noviciado, fez a primeira profissão no dia 8 de setembro de 1940,  como salesiano irmão.   Destinado ao Clarisseum, empenhou-se ativamente no ensino dos cursos profissionais. Teve também como encargo a assistência no oratório. Foi promotor da Juventude Operária Católica. Finda a Segunda Guerra Mundial, empenhou-se na reconstrução material e moral da sociedade húngara, dedicando-se especialmente aos jovens mais pobres, que reunia e lhe ensinava um ofício.   Quando em 1949, o Estado, sob Mátyás Rákosi, se adonou dos bens eclesiásticos, e, mais, iniciaram as perseguições contra as escolas católicas, Sándor buscou salvar o salvável. Mas de golpe os religiosos viram-se destituídos de tudo e tiveram que se dispersar. Também Estêvão teve de abandonar a sua tipografia – que com o tempo se tornara bem conhecida – e “desaparecer”; mas, ao invés de refugiar-se no exterior, ficou no país para continuar  trabalhando pela juventude húngara. Conseguiu um emprego em uma fábrica de detergentes, na Capital, continuando impávido e clandestinamente o seu apostolado, embora sabendo que era uma atividade rigorosamente proibida. Em julho de 1952 foi preso no seu posto de trabalho e nunca mais foi visto pelos coirmãos. Um documento oficial certifica o processo e a condenação à morte, executada por enforcamento, no dia 8 de junho de 1953.   O ‘iter’ agora prevê a preparação do Decreto de martírio aos cuidados da Congregação das Causas dos Santos, em colaboração com o postulador geral. Sucessivamente será marcada a data da cerimônia de beatificação, visto que se tratando de um mártir não se exige milagre. O sacrifício total no ato do martírio, como testemunho máximo de fé cristã, considera-se o ato supremo da ‘sequela de Cristo’.   InfoANS
Page 676 of 734