Com o objetivo de “reavivar o fogo missionário” foi realizado no Colégio Santa Inês, em São Paulo, SP, entre os dias 13 e 15 de setembro, um encontro destinado a um grupo de Filhas de Maria Auxiliadora (Irmãs Salesianas) no Brasil, que têm entre 10 e 25 anos de profissão religiosa. No primeiro dia do encontro, a irmã Suzana Rocca instigou o grupo, com simplicidade e alegria, a refletir sobre como superar os próprios limites e enfrentar a vida com mais leveza e positividade. Irmã Maria Américo Rolim, conselheira geral para a formação, também conversou com as participantes levando-as a uma reflexão pessoal e comunitária sobre a importância de empreender um caminho para reavivar a identidade carismática.   No último dia de encontro, a irmã Vani Moreira, de Belo Horizonte, desenvolveu o tema: “Mística e Profecia em Dom Bosco e Madre Mazzarello”, partindo das relações biográficas onde está descrito como os dois santos viviam a profecia em relação ao próprio tempo e a seu contexto histórico. 
O Centro Educacional Maria Auxiliadora, em Brasília,DF, está promovendo o CEMA Voluntário com alunos dos ensinos fundamental II e médio. Pelo projeto, os jovens visitam instituições de caridade como creches, asilos e abrigos. Os objetivos são despertar a consciência dos educandos e educadores para a importância da prática do voluntariado, criando uma cultura solidária, e colaborar com alguma instituição de forma a possibilitar novas perspectivas para a entidade atendida. “A prática da solidariedade tem sido um desafio em nossa sociedade, marcada pelo individualismo. Como educadores e alunos salesianos, queremos despertar o verdadeiro valor solidário que ultrapasse campanhas e que implante realmente uma cultura solidária em nossa comunidade educativa”, explica a coordenadora pedagógica do colégio, Edileuza de Medeiros. A última visita, realizada em um lar de idosos, motivou ainda mais os estudantes para a solidariedade. O aluno Eduardo Oliveira, do 6º ano, comentou a visita: “Nós pudemos refletir sobre a vida dos nossos avós, bisavós e até tataravós. Temos que aproveitar esses momentos, pois é por causa deles que estamos aqui.”. “A visita nos deu a chance de nos tornarmos pessoas mais carinhosas. Os idosos são pessoas muito legais. Fiquei muito feliz quando o Sr. Manoel sorriu para nós e quando cantamos para eles”, completou a aluna Mariana Campos. RSE Informa
Padre Rosalvino foi o vencedor na votação popular na categoria Inclusão Social do Prêmio Cidadão Sustentável. Agora ele concorre com os outros sete eleitos, leigos, ao prêmio principal dentre todas as categorias. As votações desse “3º turno” serão realizadas entre os dias  21 de setembro e 1º de outubro. No dia 2 de outubro o vencedor, de todas as categorias, será apresentado e, no dia 18, será realizada a cerimônia de premiação. Além da votação pela internet, haverá também a votação do júri especializado formado pelos jornalistas Carlos Tramontina e Fabíola Cidral, pelo urbanista Jorge Wilheim e pelos pesquisadores Ladislau Dowbor e Maria Alice Setúbal. Parceria entre o Catraca Livre e a Rede Nossa São Paulo, o Prêmio foi lançado neste ano de 2012, às vésperas das eleições municipais, como uma oportunidade para discutir propostas e pensar no futuro da cidade. Para votar, acesse o link abaixo: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/09/premio-cidadao-sustentavel-vejas-os-primeiros-colocados/   Sobre o padre Rosalvino Rosalvino nasceu na Espanha, mas veio para o Brasil ainda criança. Consagrou-se padre na Congregação Salesiana, criada por São João Bosco no século XIX, na Itália. Em 1981 iniciou seu trabalho na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera, SP, e fundou a Obra Social Dom Bosco, que presta serviços em atividades educativas, esportivas, culturais e de assistência social. Atualmente a Obra Social Dom Bosco atende diariamente 5 mil pessoas, por meio de 6 serviços, 6 programas e 3 projetos, em 16 endereços nos bairros de Itaquera e Guaianazes, com ações que abrangem educação infantil, profissionalização, acolhimento institucional, medidas socioeducativas e convívio de idosos, entre outras. Para conhecer mais sobre o padre Rosalvino e seu trabalho em Itaquera, assista ao vídeo "Reis da Rua", produzido pela TV Cultura: http://www.domboscoitaquera.org.br/filme_cultura.html
Monday, 24 September 2012 15:20

Termina cerimônia de abertura do V Fórum da ANEC

Written by
O presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Raymundo Damasceno Assis, abriu o V Fórum de Mantenedoras da ANEC (Associação Nacional de Educação Católica) realizado nesta segunda-feira, 24 de setembro, em Brasília, DF. Durante a cerimônia o cardeal lembrou os desafios de educar com base nos princípios eclesiásticos e sociais. "Espero que este Fórum e esta Assembleia atinjam plenamente a missão de fortalecer a união entre as escolas. Que a virgem Maria, que cumpriu a primeira missão de ensinar, ilumine este evento."    O arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha também falou durante abertura do evento, e citou as dificuldades enfrentadas pela educação no Distrito Federal e os contrastes da cidade que é o centro do poder, e que também acolhe a miséria de pessoas vindas de todo o Brasil. "Gostaria que as Instituições Católicas pudessem sempre ajudar esses que são os sem poder, excluídos. Agradeço por tudo aquilo que já tem sido feito e também pelo serviço que prestam para acolher e abraçar os que mais sofrem", afirmou o arcebispo.   Irma Márian Ambrósio, presidente da CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil), desejou sucesso ao Fórum. “Lendo o evangelho de hoje, vi uma mensagem que pregava que não se pode acender uma luz e colocar dentro de uma vasilha. Investimos muitas tecnologias para produzir a luz, então precisamos focar a nossa energia não nas tecnologias, mas em retirar as vasilhas. Somos católicos e sabemos onde essa luz está. Nós, às vezes, esquecemos de pegar essa luz e colocá-la no alto para iluminar. Quem sabe um dia a gente possa erradicar esse engano. Queria desafiar vocês para começarmos hoje, transferir essa luz não para a 'vasilha', mas para a raiz de um educando ou educanda.”   Leia mais em ANEC  
Com Dom Bosco, construindo a civilização do amor”. Esse foi o tema do Encontro da Pastoral da Juventude Estudantil (PJE), realizado pela Inspetoria Salesiana de São Paulo (ISSP) no Liceu Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas-SP, no dia 15 de setembro. Houve oficinas, dinâmicas e celebração eucarística, com a participação de dezenas de jovens líderes da PJE em São Paulo, todos eles alunos de 6º a 8º ano nos colégios salesianos de Campinas, Sorocaba, Americana e Piracicaba. O evento celebrou também os 30 anos da Pastoral da Juventude Estudantil Nacional. RSE Informa
Monday, 24 September 2012 13:08

Urna de Dom Bosco visita centro-sul de Portugal

Written by
A urna com as relíquias de Dom Bosco visitou, entre os dias 10 e 18 de setembro, a diocese e as obras dos salesianos (SDB) e das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) do centro-sul de Portugal, com uma grande participação da Igreja local, fieis e dos jovens. No primeiro dia de visita à região, as relíquias foram recebidas nas atividades da FMA em Setúbal, onde a celebração do dia foi encerrada com a Eucaristia, presidida pelo monsenhor Gilberto Canavarro, bispo da diocese, na catedral da cidade. Entre os dias 11 e 12 de setembro, a urna passou pela comunidade salesiana e FMA de Cascais e Estoril. Durante a passagem pelo local, foram realizadas muitas celebrações religiosas, ações culturais e recreativas, vigílias, orações, além da renovação das promessas dos Salesianos Cooperadores. Dia 13 de setembro foi a vez da cidade de Manique prestar homenagem a Dom Bosco Na ocasião, foi realizada uma sessão cultural, procissão e uma missa, celebrada pelo monsenhor Joaquim Mendes, SDB, bispo auxiliar de Lisboa. Entre os dias 14 e 16 de setembro a urna permaneceu na capital portuguesa, onde foram realizadas uma cerimônia solene de boas-vindas e várias celebrações, entre elas, uma longa procissão, com a urna transportada em um veículo especial do exército português, sob a escolta da polícia e de uma grande multidão de fieis. Leia mais em InfoANS
Nos dias 28 e 29 de agosto, mais uma etapa da Avaliação Institucional da Rede Salesiana de Escolas (RSE) chegou ao fim. Os resultados serão de grande valia para as escolas e a educação salesiana. As escolas de todo o país que aderiram à 4ª Jornada de Avaliação Institucional da Rede Salesiana de Escolas cumpriram mais uma etapa do processo. Participaram alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio, além de educadores, gestores e familiares de 92 escolas da Rede. O programa de avaliação deste ano teve testes de Leitura, Matemática e Produção Textual, realizados por mais de 16.500 alunos da Rede, e um questionário de atitudes e valores para alunos do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, que foi respondido por cerca de 45.700 estudantes. A avaliação da RSE é realizada como parte da parceria entre a Avalia Educacional e a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), sendo que a RSE é a maior rede de escolas a participar do sistema de avaliação. Os objetivos são ampliar e melhorar os processos de gestão da aprendizagem no âmbito das comunidades educativas, consolidando nas escolas a cultura da avaliação. Leia mais em RSE
  No sábado, 22 de setembro, o site da Santa Sé publicou, na sessão Renúncias e Nomeações, o nome dos especialistas e auditores nomeados para a participação na XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que acontecerá no Vaticano entre os dias 7 e 28 de outubro de 2012, com o tema “A nova evangelização para a transmissão da fé cristã”.    A nomeação foi realizada pelo Secretário Geral do Sínodo dos Bispos com a autorização do Sumo Pontífice. Entre os especialistas está o Pe. Luiz Alves de Lima, SDB, escolhido para representar a América Latina na área da catequese e da iniciação cristã.     Além do Pe. Lima, os Salesianos de Dom Bosco e as Filhas de Maria Auxiliadora estarão representados no Sínodo dos Bispos também, por Pe. Cleto Pavanetto e Ir. Henrica Rosanna, ambos da Itália, na qualidade de auditores, e pela Madre-Geral das FMA, Ir. Yvonne Reungoat, da França.  Clique aqui e veja a nomeação oficial no site da Santa Sé.
Tuesday, 18 September 2012 00:00

Educomunicação em pauta

Written by
  Nos dias 14 e 15 de setembro, a Inspetoria Salesiana do Nordeste, em parceria com a Faculdade Salesiana, promoveu o II Fórum Salesiano de Educação e Comunicação. O tema geral proposto foi: Juventude, educação e práticas educomunicativas. A palestra de abertura, dia 14, contou com a jornalista, pesquisadora e educomunicadora Cristiane Parente, com o tema geral “Jovens e a comunicação: desafios para a educação”. Com muita competência e simpatia, ela enfatizou inicialmente sobre aprendizagem e a importância da leitura e da importância de se construir ecossistemas educomucativos dentro dos ambientes educativos. Na continuação, trouxe alguns dados e análise do nosso contexto atual e exemplos de projetos educomunicativos no mundo e especialmente no Brasil e as possibilidades de uso das mídias em sala de aula. Assim, de maneira transversal, colocou a possibilidade do uso dos meios de comunicação de três maneiras: a leitura crítica, a apropriação criativa, onde os jovens são os produtores e mobilizadores, e percepção dos Meios como apoio, que podem ajudar a atualizar conteúdos em sala de aula, não deixando de lado a contextualização e o envolvimento dos alunos enquanto cidadãos. Em depoimento, Cristiane se mostrou muito feliz com a realização do evento, colocando-se inclusive à disposição de todos os educadores salesianos, e deixou o recado: “Se a gente quer formar cidadãos mais informados, mais participativos, uma comunicação para a paz, para formação de valores, para uma mídia melhor, a gente tem que entrar com a educomunicação.” Já no dia 15 foi a vez da mesa-redonda sobre “Práticas educomunicativas”, onde os participantes puderam conhecer 3 iniciativas distintas. A primeira experiência mostrada foi a dos Jovens Conectados, da Comissão Episcopal Pastoral para Juventude da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), trazida pela publicitária e integrante Clarissa Medeiros, onde os jovens, que são voluntários, com muita propriedade organizam a comunicação e a conduzem de maneira muito profissional e protagônica. O exemplo da cobertura do Bote Fé por todo Brasil, assim como o site (www.jovensconectados.org.br) e a Fan Page no Facebook, já com 49.500 ‘curtidores”, destacaram-se. A segunda experiência educomunicativa demonstrada foi da ONG Auçuba Comunicação e Educação, que há 23 anos trabalha diversos projetos com adolescentes e jovens. A coordenadora Paula Ferreira mostrou com clareza o trabalho desenvolvido, onde os jovens aprendem a produzir vídeos, fotos, publicações, e mais do que isto, desenvolvem sua visão de mundo e atuação como cidadãos, e a importância da parceria com comunidades, escolas públicas e outras Ongs e Redes. Por último, o Centro de Comunicação e Juventude (CCJ), representado pela educadora que já foi educanda do centro, Samara Duarte, de Recife, onde os jovens de 12 comunidades em parceria com universidades e outras ONGs, realiza atividades no campo da formação/capacitação de jovens nas linguagens de comunicação, favorecendo a capacitação técnica e também o exercício da cidadania e o protagonismo juvenil a partir da comunicação. Na parte da tarde, foi a vez da coordenadora inspetorial de comunicação, Jakeline Lira, dar uma palavra sobre “Caminhar com a geração internet”. Em sua fala, como premissas para se compreender a geração atual, foi pontuado o conceito de juventude como construção sociocultural, assim como a evolução do conceito de condição juvenil, além de uma pequena análise sobre as características da contemporaneidade. Foi reforçado que, mais do que saber mexer em novas ferramentas, é preciso entrar nesta nova lógica e estar aberto ao novo e às mudanças, encarando a realidade presente como um desafio positivo, aprendendo a ser e a estar no mundo digital, não o compreendendo apenas como uma ferramenta de transmissão de conteúdo. Após intervalo, os responsáveis pela comunicação das casas e alguns jovens continuaram reunidos, para partilhar um pouco as práticas educomunicativas desenvolvidas ou em projeto nas suas realidades locais, ajudando assim a equipe inspetorial de comunicação a diagnosticar e pontuar elementos para atividades futuras. No geral, o encontro foi avaliado positivamente pelos participantes. Alephidaleth Lobo, gestora de comunicação do Colégio Salesiano do Salvador (Bahia), e também esteve presente no primeiro Fórum, em 2011, mostrou-se satisfeita com as palestras, mesas redondas e complementou: “a troca de experiências com outras pessoas de comunicação, com outros colégios, vai amadurecendo a possibilidade de inserirmos novas práticas na nossa realidade local, por isso eventos assim são muito válidos”. O mesmo aspecto foi pontuando por Paulo Yajima, gestor de comunicação e tecnologia do Colégio Salesiano de Aracaju (Sergipe), que desde 2008 já vem entrando em contato através da Rede Salesiana de Escolas com a temática “educomunicação” e também participou das duas edições do Fórum: “acho muito louvável este tipo de evento, nos enriquece muito e nós levamos muitas experiências e ideias para nossas casas”. Veja fotos e vídeos do evento no site: http://www.fasne.edu.br/forume na página nossa do Facebook (Fotos – >Album “II Fórum..”): http://www.facebook.com/sdbbre  
As irmãs da Inspetoria Maria Auxiliadora (BRE) participaram da Assembleia da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), realizada nos regionais do Nordeste do país. “Tivemos a alegria, nos vários regionais da CRB, de fazer a experiência da intercongregacionalidade, de partilha do que somos e temos, da beleza e alegria da diversidade de carismas e de dons”, descreve a irmã Maria do Socorro Tabosa,  responsável pelo âmbito da comunicação da Inspetoria, com sede no Recife. Este ano todos os regionais, em suas Assembleias Gerais, elegeram suas novas diretorias. Em cada estado, foi possível acolher um assessor membro da CRB Nacional. “Agradecemos profundamente a assessoria da CRB Nacional, que veio nos enriquecer e acender em nossos corações a esperança. Nossa gratidão a irmã Márian Ambrosio, irmã Zenilda Petry, irmã Marlene Oliveira, irmão Jardelino Menegat. Expressamos também a alegria de acolhermos a nova diretoria dos diversos regionais, implorando ao Deus da vida, que acompanhe todos(as) nesta missão bonita de servir e animar a vida religiosa consagrada”, finaliza a irmã Maria do Socorro Tabosa. Leia mais em CRB Nacional
Page 677 of 690
Com o objetivo de “reavivar o fogo missionário” foi realizado no Colégio Santa Inês, em São Paulo, SP, entre os dias 13 e 15 de setembro, um encontro destinado a um grupo de Filhas de Maria Auxiliadora (Irmãs Salesianas) no Brasil, que têm entre 10 e 25 anos de profissão religiosa. No primeiro dia do encontro, a irmã Suzana Rocca instigou o grupo, com simplicidade e alegria, a refletir sobre como superar os próprios limites e enfrentar a vida com mais leveza e positividade. Irmã Maria Américo Rolim, conselheira geral para a formação, também conversou com as participantes levando-as a uma reflexão pessoal e comunitária sobre a importância de empreender um caminho para reavivar a identidade carismática.   No último dia de encontro, a irmã Vani Moreira, de Belo Horizonte, desenvolveu o tema: “Mística e Profecia em Dom Bosco e Madre Mazzarello”, partindo das relações biográficas onde está descrito como os dois santos viviam a profecia em relação ao próprio tempo e a seu contexto histórico. 
O Centro Educacional Maria Auxiliadora, em Brasília,DF, está promovendo o CEMA Voluntário com alunos dos ensinos fundamental II e médio. Pelo projeto, os jovens visitam instituições de caridade como creches, asilos e abrigos. Os objetivos são despertar a consciência dos educandos e educadores para a importância da prática do voluntariado, criando uma cultura solidária, e colaborar com alguma instituição de forma a possibilitar novas perspectivas para a entidade atendida. “A prática da solidariedade tem sido um desafio em nossa sociedade, marcada pelo individualismo. Como educadores e alunos salesianos, queremos despertar o verdadeiro valor solidário que ultrapasse campanhas e que implante realmente uma cultura solidária em nossa comunidade educativa”, explica a coordenadora pedagógica do colégio, Edileuza de Medeiros. A última visita, realizada em um lar de idosos, motivou ainda mais os estudantes para a solidariedade. O aluno Eduardo Oliveira, do 6º ano, comentou a visita: “Nós pudemos refletir sobre a vida dos nossos avós, bisavós e até tataravós. Temos que aproveitar esses momentos, pois é por causa deles que estamos aqui.”. “A visita nos deu a chance de nos tornarmos pessoas mais carinhosas. Os idosos são pessoas muito legais. Fiquei muito feliz quando o Sr. Manoel sorriu para nós e quando cantamos para eles”, completou a aluna Mariana Campos. RSE Informa
Padre Rosalvino foi o vencedor na votação popular na categoria Inclusão Social do Prêmio Cidadão Sustentável. Agora ele concorre com os outros sete eleitos, leigos, ao prêmio principal dentre todas as categorias. As votações desse “3º turno” serão realizadas entre os dias  21 de setembro e 1º de outubro. No dia 2 de outubro o vencedor, de todas as categorias, será apresentado e, no dia 18, será realizada a cerimônia de premiação. Além da votação pela internet, haverá também a votação do júri especializado formado pelos jornalistas Carlos Tramontina e Fabíola Cidral, pelo urbanista Jorge Wilheim e pelos pesquisadores Ladislau Dowbor e Maria Alice Setúbal. Parceria entre o Catraca Livre e a Rede Nossa São Paulo, o Prêmio foi lançado neste ano de 2012, às vésperas das eleições municipais, como uma oportunidade para discutir propostas e pensar no futuro da cidade. Para votar, acesse o link abaixo: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/09/premio-cidadao-sustentavel-vejas-os-primeiros-colocados/   Sobre o padre Rosalvino Rosalvino nasceu na Espanha, mas veio para o Brasil ainda criança. Consagrou-se padre na Congregação Salesiana, criada por São João Bosco no século XIX, na Itália. Em 1981 iniciou seu trabalho na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera, SP, e fundou a Obra Social Dom Bosco, que presta serviços em atividades educativas, esportivas, culturais e de assistência social. Atualmente a Obra Social Dom Bosco atende diariamente 5 mil pessoas, por meio de 6 serviços, 6 programas e 3 projetos, em 16 endereços nos bairros de Itaquera e Guaianazes, com ações que abrangem educação infantil, profissionalização, acolhimento institucional, medidas socioeducativas e convívio de idosos, entre outras. Para conhecer mais sobre o padre Rosalvino e seu trabalho em Itaquera, assista ao vídeo "Reis da Rua", produzido pela TV Cultura: http://www.domboscoitaquera.org.br/filme_cultura.html
Monday, 24 September 2012 15:20

Termina cerimônia de abertura do V Fórum da ANEC

Written by
O presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Raymundo Damasceno Assis, abriu o V Fórum de Mantenedoras da ANEC (Associação Nacional de Educação Católica) realizado nesta segunda-feira, 24 de setembro, em Brasília, DF. Durante a cerimônia o cardeal lembrou os desafios de educar com base nos princípios eclesiásticos e sociais. "Espero que este Fórum e esta Assembleia atinjam plenamente a missão de fortalecer a união entre as escolas. Que a virgem Maria, que cumpriu a primeira missão de ensinar, ilumine este evento."    O arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha também falou durante abertura do evento, e citou as dificuldades enfrentadas pela educação no Distrito Federal e os contrastes da cidade que é o centro do poder, e que também acolhe a miséria de pessoas vindas de todo o Brasil. "Gostaria que as Instituições Católicas pudessem sempre ajudar esses que são os sem poder, excluídos. Agradeço por tudo aquilo que já tem sido feito e também pelo serviço que prestam para acolher e abraçar os que mais sofrem", afirmou o arcebispo.   Irma Márian Ambrósio, presidente da CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil), desejou sucesso ao Fórum. “Lendo o evangelho de hoje, vi uma mensagem que pregava que não se pode acender uma luz e colocar dentro de uma vasilha. Investimos muitas tecnologias para produzir a luz, então precisamos focar a nossa energia não nas tecnologias, mas em retirar as vasilhas. Somos católicos e sabemos onde essa luz está. Nós, às vezes, esquecemos de pegar essa luz e colocá-la no alto para iluminar. Quem sabe um dia a gente possa erradicar esse engano. Queria desafiar vocês para começarmos hoje, transferir essa luz não para a 'vasilha', mas para a raiz de um educando ou educanda.”   Leia mais em ANEC  
Com Dom Bosco, construindo a civilização do amor”. Esse foi o tema do Encontro da Pastoral da Juventude Estudantil (PJE), realizado pela Inspetoria Salesiana de São Paulo (ISSP) no Liceu Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas-SP, no dia 15 de setembro. Houve oficinas, dinâmicas e celebração eucarística, com a participação de dezenas de jovens líderes da PJE em São Paulo, todos eles alunos de 6º a 8º ano nos colégios salesianos de Campinas, Sorocaba, Americana e Piracicaba. O evento celebrou também os 30 anos da Pastoral da Juventude Estudantil Nacional. RSE Informa
Monday, 24 September 2012 13:08

Urna de Dom Bosco visita centro-sul de Portugal

Written by
A urna com as relíquias de Dom Bosco visitou, entre os dias 10 e 18 de setembro, a diocese e as obras dos salesianos (SDB) e das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) do centro-sul de Portugal, com uma grande participação da Igreja local, fieis e dos jovens. No primeiro dia de visita à região, as relíquias foram recebidas nas atividades da FMA em Setúbal, onde a celebração do dia foi encerrada com a Eucaristia, presidida pelo monsenhor Gilberto Canavarro, bispo da diocese, na catedral da cidade. Entre os dias 11 e 12 de setembro, a urna passou pela comunidade salesiana e FMA de Cascais e Estoril. Durante a passagem pelo local, foram realizadas muitas celebrações religiosas, ações culturais e recreativas, vigílias, orações, além da renovação das promessas dos Salesianos Cooperadores. Dia 13 de setembro foi a vez da cidade de Manique prestar homenagem a Dom Bosco Na ocasião, foi realizada uma sessão cultural, procissão e uma missa, celebrada pelo monsenhor Joaquim Mendes, SDB, bispo auxiliar de Lisboa. Entre os dias 14 e 16 de setembro a urna permaneceu na capital portuguesa, onde foram realizadas uma cerimônia solene de boas-vindas e várias celebrações, entre elas, uma longa procissão, com a urna transportada em um veículo especial do exército português, sob a escolta da polícia e de uma grande multidão de fieis. Leia mais em InfoANS
Nos dias 28 e 29 de agosto, mais uma etapa da Avaliação Institucional da Rede Salesiana de Escolas (RSE) chegou ao fim. Os resultados serão de grande valia para as escolas e a educação salesiana. As escolas de todo o país que aderiram à 4ª Jornada de Avaliação Institucional da Rede Salesiana de Escolas cumpriram mais uma etapa do processo. Participaram alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio, além de educadores, gestores e familiares de 92 escolas da Rede. O programa de avaliação deste ano teve testes de Leitura, Matemática e Produção Textual, realizados por mais de 16.500 alunos da Rede, e um questionário de atitudes e valores para alunos do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, que foi respondido por cerca de 45.700 estudantes. A avaliação da RSE é realizada como parte da parceria entre a Avalia Educacional e a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), sendo que a RSE é a maior rede de escolas a participar do sistema de avaliação. Os objetivos são ampliar e melhorar os processos de gestão da aprendizagem no âmbito das comunidades educativas, consolidando nas escolas a cultura da avaliação. Leia mais em RSE
  No sábado, 22 de setembro, o site da Santa Sé publicou, na sessão Renúncias e Nomeações, o nome dos especialistas e auditores nomeados para a participação na XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que acontecerá no Vaticano entre os dias 7 e 28 de outubro de 2012, com o tema “A nova evangelização para a transmissão da fé cristã”.    A nomeação foi realizada pelo Secretário Geral do Sínodo dos Bispos com a autorização do Sumo Pontífice. Entre os especialistas está o Pe. Luiz Alves de Lima, SDB, escolhido para representar a América Latina na área da catequese e da iniciação cristã.     Além do Pe. Lima, os Salesianos de Dom Bosco e as Filhas de Maria Auxiliadora estarão representados no Sínodo dos Bispos também, por Pe. Cleto Pavanetto e Ir. Henrica Rosanna, ambos da Itália, na qualidade de auditores, e pela Madre-Geral das FMA, Ir. Yvonne Reungoat, da França.  Clique aqui e veja a nomeação oficial no site da Santa Sé.
Tuesday, 18 September 2012 00:00

Educomunicação em pauta

Written by
  Nos dias 14 e 15 de setembro, a Inspetoria Salesiana do Nordeste, em parceria com a Faculdade Salesiana, promoveu o II Fórum Salesiano de Educação e Comunicação. O tema geral proposto foi: Juventude, educação e práticas educomunicativas. A palestra de abertura, dia 14, contou com a jornalista, pesquisadora e educomunicadora Cristiane Parente, com o tema geral “Jovens e a comunicação: desafios para a educação”. Com muita competência e simpatia, ela enfatizou inicialmente sobre aprendizagem e a importância da leitura e da importância de se construir ecossistemas educomucativos dentro dos ambientes educativos. Na continuação, trouxe alguns dados e análise do nosso contexto atual e exemplos de projetos educomunicativos no mundo e especialmente no Brasil e as possibilidades de uso das mídias em sala de aula. Assim, de maneira transversal, colocou a possibilidade do uso dos meios de comunicação de três maneiras: a leitura crítica, a apropriação criativa, onde os jovens são os produtores e mobilizadores, e percepção dos Meios como apoio, que podem ajudar a atualizar conteúdos em sala de aula, não deixando de lado a contextualização e o envolvimento dos alunos enquanto cidadãos. Em depoimento, Cristiane se mostrou muito feliz com a realização do evento, colocando-se inclusive à disposição de todos os educadores salesianos, e deixou o recado: “Se a gente quer formar cidadãos mais informados, mais participativos, uma comunicação para a paz, para formação de valores, para uma mídia melhor, a gente tem que entrar com a educomunicação.” Já no dia 15 foi a vez da mesa-redonda sobre “Práticas educomunicativas”, onde os participantes puderam conhecer 3 iniciativas distintas. A primeira experiência mostrada foi a dos Jovens Conectados, da Comissão Episcopal Pastoral para Juventude da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), trazida pela publicitária e integrante Clarissa Medeiros, onde os jovens, que são voluntários, com muita propriedade organizam a comunicação e a conduzem de maneira muito profissional e protagônica. O exemplo da cobertura do Bote Fé por todo Brasil, assim como o site (www.jovensconectados.org.br) e a Fan Page no Facebook, já com 49.500 ‘curtidores”, destacaram-se. A segunda experiência educomunicativa demonstrada foi da ONG Auçuba Comunicação e Educação, que há 23 anos trabalha diversos projetos com adolescentes e jovens. A coordenadora Paula Ferreira mostrou com clareza o trabalho desenvolvido, onde os jovens aprendem a produzir vídeos, fotos, publicações, e mais do que isto, desenvolvem sua visão de mundo e atuação como cidadãos, e a importância da parceria com comunidades, escolas públicas e outras Ongs e Redes. Por último, o Centro de Comunicação e Juventude (CCJ), representado pela educadora que já foi educanda do centro, Samara Duarte, de Recife, onde os jovens de 12 comunidades em parceria com universidades e outras ONGs, realiza atividades no campo da formação/capacitação de jovens nas linguagens de comunicação, favorecendo a capacitação técnica e também o exercício da cidadania e o protagonismo juvenil a partir da comunicação. Na parte da tarde, foi a vez da coordenadora inspetorial de comunicação, Jakeline Lira, dar uma palavra sobre “Caminhar com a geração internet”. Em sua fala, como premissas para se compreender a geração atual, foi pontuado o conceito de juventude como construção sociocultural, assim como a evolução do conceito de condição juvenil, além de uma pequena análise sobre as características da contemporaneidade. Foi reforçado que, mais do que saber mexer em novas ferramentas, é preciso entrar nesta nova lógica e estar aberto ao novo e às mudanças, encarando a realidade presente como um desafio positivo, aprendendo a ser e a estar no mundo digital, não o compreendendo apenas como uma ferramenta de transmissão de conteúdo. Após intervalo, os responsáveis pela comunicação das casas e alguns jovens continuaram reunidos, para partilhar um pouco as práticas educomunicativas desenvolvidas ou em projeto nas suas realidades locais, ajudando assim a equipe inspetorial de comunicação a diagnosticar e pontuar elementos para atividades futuras. No geral, o encontro foi avaliado positivamente pelos participantes. Alephidaleth Lobo, gestora de comunicação do Colégio Salesiano do Salvador (Bahia), e também esteve presente no primeiro Fórum, em 2011, mostrou-se satisfeita com as palestras, mesas redondas e complementou: “a troca de experiências com outras pessoas de comunicação, com outros colégios, vai amadurecendo a possibilidade de inserirmos novas práticas na nossa realidade local, por isso eventos assim são muito válidos”. O mesmo aspecto foi pontuando por Paulo Yajima, gestor de comunicação e tecnologia do Colégio Salesiano de Aracaju (Sergipe), que desde 2008 já vem entrando em contato através da Rede Salesiana de Escolas com a temática “educomunicação” e também participou das duas edições do Fórum: “acho muito louvável este tipo de evento, nos enriquece muito e nós levamos muitas experiências e ideias para nossas casas”. Veja fotos e vídeos do evento no site: http://www.fasne.edu.br/forume na página nossa do Facebook (Fotos – >Album “II Fórum..”): http://www.facebook.com/sdbbre  
As irmãs da Inspetoria Maria Auxiliadora (BRE) participaram da Assembleia da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), realizada nos regionais do Nordeste do país. “Tivemos a alegria, nos vários regionais da CRB, de fazer a experiência da intercongregacionalidade, de partilha do que somos e temos, da beleza e alegria da diversidade de carismas e de dons”, descreve a irmã Maria do Socorro Tabosa,  responsável pelo âmbito da comunicação da Inspetoria, com sede no Recife. Este ano todos os regionais, em suas Assembleias Gerais, elegeram suas novas diretorias. Em cada estado, foi possível acolher um assessor membro da CRB Nacional. “Agradecemos profundamente a assessoria da CRB Nacional, que veio nos enriquecer e acender em nossos corações a esperança. Nossa gratidão a irmã Márian Ambrosio, irmã Zenilda Petry, irmã Marlene Oliveira, irmão Jardelino Menegat. Expressamos também a alegria de acolhermos a nova diretoria dos diversos regionais, implorando ao Deus da vida, que acompanhe todos(as) nesta missão bonita de servir e animar a vida religiosa consagrada”, finaliza a irmã Maria do Socorro Tabosa. Leia mais em CRB Nacional
Page 677 of 690