O Setor de Juventude da Arquidiocese de Belém promoveu no domingo, dia 10 de março, a primeira edição do Jovens.com. O evento foi direcionado aos jovens de todas as regiões episcopais e contou com a presença de representantes de Castanhal, da cidade de Vigia de Nazaré e da juventude salesiana. Ao todo, foram cerca de 1500 jovens que passaram pelo ginásio do Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré, no centro de Belém. “É preciso parabenizar a juventude do “Jovens.Com”, e de modo especial a juventude salesiana”, afirmou Henrique Carreira, aspirante a salesiano cooperador.   A participação salesiana foi representada pelo padre Manoel de Jesus, pelo aspirante a salesiano cooperador, Henrique Carreira, por Wellington Luiz e Demmes Almeida, agentes de Pastoral da Escola Salesiana do Trabalho e do Centro Social Auxilium, respectivamente,  que junto aos demais jovens do setor juventude ajudaram na organização do evento.   Para Henrique Carreira, o evento foi uma amostra de como será o ambiente na JMJ Rio2013. “Jovens que doaram sua força, seu dia, sua alegria no serviço voluntário, e que abrilhantaram ainda mais o evento; nossa juventude deixou marcas visíveis, coube a ela dar aquele toque e sorriso especial, assistindo as palestras e pregações (com os temas: YouCat, Campanha da Fraternidade e Ano da Fé), ou arrecadando os fundos financeiros para a Jornada ou simplesmente animando o encontro com nosso dom para a música e a dança”, disse ele.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
Após meses de espera, foi inaugurado oficialmente nos dias 5 e 7 de março o “Dom Bosco Vocational Centre” (Centro Profissional Dom Bosco ), em Kep City, no Camboja. As celebrações pela inauguração do centro começaram no dia 05 de março e contaram com a presença de guias religiosos das comunidades locais muçulmanas e budistas, do vigário apostólico de Phnom Penh, Dom Oliviere Schimitthaeusler, além de alunos de várias escolas de toda a província de Kep. O Centro Dom Bosco será destinado para a qualificação profissional dos jovens da região.   Os principais benefícios que a obra salesiana oferecerá, tanto aos jovens da província de Kep como aos jovens de outras províncias rurais limítrofes, será a possibilidade deles continuarem em suas províncias de origem, mas com melhores condições de trabalho e de vida. Além disso, o centro salesiano contribuirá para que os jovens tenham a oportunidade de se qualificar para futuramente conseguirem boas ocupações profissionais nas grandes cidades, eliminando desse modo, o risco de acabarem marginalizados como tantos jovens que emigram dos campos para as áreas metropolitanas de Phnom Penh e Sihanoukville.   O centro de Kep oferece cursos nas áreas de Comunicação Social, Artes, Tecnologias da Informação, Ecoturismo, atividades de secretaria, Albergaria e Relações Públicas.   Histórico   O Centro Profissional Dom Bosco, de Kep, veio se transformando ao longo do tempo: no início era uma simples área de campo, onde os salesianos e os alunos faziam os retiros espirituais; posteriormente se transformou em uma pequena oficina de costura e agora integra um vasto leque de atividades e de serviços educativos, cujos primeiros beneficiários são os jovens que não possuem qualificações profissionais.   InfoANS
Publicado em Missões
  O Instituto Madre Mazzarello, em São Paulo, recebeu, no dia 21 de janeiro, o Grupo de Reflexão Pedagógica (GREPÃO), encontro anual das escolas salesianas (FMA) do Estado de São Paulo. O evento reuniu 550 educadores das escolas salesianas e obras sociais e trouxe o tema “Educação para o amor e a família”.   O encontro contou com a participação da conferencista Brenda Carranza, doutora em Ciências Sociais da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que falou sobre o tema “Novas gerações”, na qual foi desenvolvida uma abordagem para ajudar a compreender a relação dos jovens com o mundo midiático, além de outros temas.   O evento trouxe ainda uma “roda de conversa”, com as palestras da psicóloga e terapeuta sexual, Ana Cristina Canosa Gonçalves, que abordou o tema sob o enfoque da sexualidade e da família e apresentou os novos modelos familiares e algumas de suas concepções, partindo dos quatro pilares fundamentais da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), para a educação do século XXI - (aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a viver juntos).   Também palestraram durante o evento o doutor em Teologia Moral e em Filosofia, padre José Antonio Trasferetti, e a doutora em Educação e psicóloga irmã Raquel Retz.   O GREPÃO foi conduzido e mediado pela irmã Adair Aparecida Sberga, animadora do Polo São Paulo da Rede Salesiana de Escolas (RSE), e contou com a presença da gestora do mesmo Polo, Selma Sabino Braga de Melo.   Polo São Paulo
Publicado em Nacionais
Cerca de 100 jovens, de vários estados do Brasil, se reunirão no Centro de Treinamento de Ponta Negra, em Natal, entre os dias 14 a 17 de fevereiro. Será o encontro dos responsáveis  nacionais pelas expressões juvenis acompanhadas pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Simultaneamente será realizado o lançamento nacional da Campanha da Fraternidade 2013, focada na juventude.   O encontro contará com a presença dos três bispos que compõem a Comissão: Dom Eduardo Pinheiro, bispo auxiliar de Campo Grande, MS; Dom Bernardino Marchió, bispo de Caruaru, PE; e Dom Vilson Basso, de Caxias, MA; além dos assessores da CNBB, padre Sávio Ribeiro e padre Antônio Ramos do Prado e do Grupo Jovens Conectados.   Durante o encontro haverá uma manhã de diálogo das lideranças juvenis com o Núncio Apostólico no Brasil, Dom Gionanni d’Aniello, partilha de experiências e integração. Na sexta-feira, dia 15, à tarde, os jovens participarão do Seminário comemorativo aos 50 anos da Campanha da Fraternidade, organizado pela Arquidiocese de Natal, no Centro de Convenções, e, à noite, da missa, presidida pelo Núncio, na Catedral Metropolitana.   O Encontro também é uma preparação para a Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho deste ano, no Rio de Janeiro.   Campanha da Fraternidade O arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira da Rocha, falou da satisfação de a arquidiocese sediar o lançamento da CF 2013. “Será um momento de resgate da história da Campanha da Fraternidade, que começou aqui. Ficamos muito felizes pela compreensão da CNBB em nos conceder a alegria desse momento, na história da Campanha. Para nós, é muito significativo”, disse o arcebispo.   O secretário executivo da Campanha da Fraternidade, padre Luiz Carlos Dias, lembrou que a edição de 2013, além de ser um momento comemorativo, será também um momento de revisão da Campanha da Fraternidade. “A Campanha tem um forte poder de evangelização e, por isso, precisamos, cada vez mais, aprimorá-la”, ressaltou. Ele lembrou que a decisão de fazer o lançamento em Natal foi do Conselho Episcopal Pastoral (Consep), da CNBB.   Para o lançamento, ficou definida uma visita ao município de Nísia Floresta, RN, – lugar onde a Campanha teve início, na manhã de quinta-feira, dia 14 de fevereiro de 2013; ainda no dia 14, à tarde, haverá uma entrevista coletiva com a imprensa; no dia 15, será realizado um seminário sobre a temática da CF 2013 – “Fraternidade e Juventude”. Neste mesmo dia, às 17 horas, será realizada a solenidade oficial de lançamento, e, às 20h, na Catedral Metropolitana, será celebrada a missa, seguida de um show.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
Graças à produção das “Missões Dom Bosco” foi realizado, recentemente, um filme sobre a figura do padre Filipe Rinaldi, III sucessor de Dom Bosco e fundador do Instituto Secular Feminino das Voluntárias de Dom Bosco (VDB). O vídeo, apresentado pelo reitor-mor, padre Pascual Chávez, é dividido em duas partes.   Na primeira parte do filme percorre-se a experiência do padre Rinaldi: da infância ao seu compromisso na Congregação e na Família Salesiana - como formador, animador e fundador. Padre Rinaldi soube interpretar tão perfeitamente o espírito do seu fundador que dele se dizia que de Dom Bosco só lhe faltava a voz: tudo o mais possuía. Seguindo seus passos, distinguiu-se pela profunda vida interior e atenção ao Espírito, e ao mesmo tempo pela grande criatividade e incansável dinamismo. A paixão salesiana fê-lo procurar e achar modos com que responder de modo concreto à realidade social e aos desafios do seu tempo. Além da formação dos irmãos, dedicou-se a muitos leigos, promovendo uma miríade de grupos e atividades, objetivando uma presença cristã no mundo.   Na segunda parte é apresentado o Instituto Secular das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), realidade original e inovadora, nascida do coração do padre Rinaldi, no ano de 1917. Por meio de uma série de experiências de voluntárias de várias partes do mundo, delineou-se a vocação à secularidade consagrada salesiana.   As VDB são leigas que vivem no mundo, nas realidades familiares e sociais, com a plena consagração a Deus por meio dos conselhos evangélicos de castidade, pobreza e obediência, no espírito e no estilo de Dom Bosco. Por sua presença discreta, que permite inserir-se plenamente nas realidades sociais, querem ser o “laboratório experimental do diálogo entre a Igreja e o mundo”, unindo uma grande paixão por Deus e pelo mundo.   InfoANS
Publicado em Internacionais
O último dia 31 de janeiro, festa de Dom Bosco, foi uma data  histórica para a missão salesiana, de Carchá, na Guatemala. Os “Missionários de Cristo Bom Pastor”, grupo religioso masculino, obteve o reconhecimento canônico como congregação religiosa diocesana sob a autoridade do bispo local. A nova congregação conta com quatro professos perpétuos, sete professos temporários, quatro noviços e 39 pré-noviços.   A celebração teve como ato central uma missa solene campal, presidida pelo bispo local, dom Rodolfo Valenzuela, acompanhado por diversos sacerdotes salesianos e diocesanos. Participaram da celebração 1.600 estudantes dos três centros.   A nova congregação teve como guia e impulsionador o padre salesiano Antônio De Groot. Nascido na Holanda, mas criado na Austrália, padre De Groot chegou à missão de Carchá no ano de 1975. Ali começou a estimular o crescimento humano e cristão dos jovens, através da educação. No princípio o projeto educativo contava apenas com um pequeno grupo de jovens, mas logo a iniciativa começou a dar frutos e a crescer resultando em três grandes institutos: em Carchá, em Raxruhá e em Chamelco, que hoje acolhem globalmente 1.600 jovens índios, em sua maioria de etnia qeqchí.   Para garantir a eficácia e a continuidade do projeto, denominado Centro Dom Bosco,  padre De Groot convidou os jovens desses centros a unir-se num grupo religioso. Em seguida, à medida que o pequeno grupo de membros adquiria consistência numérica e identidade espiritual, começou a serem definidos os Estatutos, as Constituições e os Regulamentos. Desse modo ia se desenvolvendo os “Missionários de Cristo Bom Pastor”, que agora é uma congregação religiosa diocesana de espiritualidade salesiana.   A oferta formativa do projeto Centro Dom Bosco se concentra nos estudos escolares de base, com uma especial atenção à formação de habilitações técnicas, úteis no contexto local. O programa oferece um cuidado rigoroso ao trabalho e ao estudo. Os jovens estudantes internos, além disso, desenvolvem atividades pastorais em 42 vilas próximas para encorajar os seus coetâneos a crescerem humana e cristãmente.   O Centro Dom Bosco é a versão masculina de outro projeto educativo paralelo pensado para as jovens indígenas, chamado “Talita Kumi”, nascido por inspiração do missionário salesiano indiano, padre Jorge Puthenpura, e animado pela Congregação das Irmãs da Ressurreição.   Ambas as obras educativas são parte de um trabalho missionário maior desenvolvido pela comunidade salesiana, composta de nove missionários que trabalham em colaboração com vários grupos da Família Salesiana.   InfoANS
Publicado em Missões
Bruno Alexis Morales Huaco, estudante do 9º ano no Colégio Salesiano Itajaí, em Santa Catarina, foi o único aluno de Itajaí e região classificado para a 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Física. A prova foi realizada no dia 6 de outubro, em Joinville, e envolveu questões teóricas e atividades práticas. O resultado deve sair em breve.   Bruno conta que se interessou em participar da olimpíada quando a professora de Ciências fez o convite na sala. Ele pensa em cursar Engenharia e resolveu se inscrever. Para se preparar, contou também com a ajuda do professor de Física André Lisboa de Oliveira, que ministra as aulas de apoio no período vespertino.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
A inspetoria salesiana Sagrado Coração de Jesus e a Universidade Politécnica Salesiana de Quito lançaram, no dia 15 de novembro, o livro “Presença salesiana no Equador. Perspectivas históricas e sociais”. A apresentação do livro insere-se na caminhada de preparação ao bicentenário de nascimento de Dom Bosco (1815-2015) e na celebração dos 125 anos da presença salesiana no país (1888-2013).   O livro apresenta os resultados de uma pesquisa, que examinou várias dimensões da presença salesiana naquele país: desenvolvimento da comunidade; inclusão social; infância e adolescência; educação salesiana, com especial atenção à formação técnica; conformidade às identidades regionais e locais; missões salesianas; povos indígenas e interculturais.   “O estudo e a difusão de tais obras promoverá um conhecimento histórico maior da presença salesiana, uma leitura crítica da sua ação e a possibilidade de projetar para o alto e à frente o carisma salesiano através da identificação e da interpretação dos possíveis desafios por enfrentar”, afirma o padre Marcelo Farfán.   A pesquisa foi realizada por uma equipe da Universidade Salesiana do Equador, composta por historiadores, antropólogos, sociólogos e pedagogos e, por isso, aprofunda o diálogo entre a herança espiritual e pedagógica salesiana, a ciência e as expectativas dos povos e das culturas presentes em cada território e região, do país.   O volume foi lançado em Quito no dia 15 de novembro, durante uma aula magna na Universidade Politécnica Salesiana. O lançamento contou com a presença de civis, eclesiásticos e acadêmicos, além da numerosa participação de membros da Família Salesiana e de Amigos e Benfeitores do carisma salesiano.   InfoANS
Publicado em Internacionais
Padre Tiago Figueiró, sdb, Delegado Inspetorial da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, foi nomeado para o ofício de Assistente Eclesiástico da recém-criada Pastoral do Menor. No decreto de nomeação da Arquidiocese de Campo Grande, publicado no último dia 19 de outubro, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa recomenda “vivamente ao novo assistente eclesiástico que exerça o seu serviço com a disponibilidade do ‘Bom Pastor’, sempre pronto a sacrificar a vida por suas ovelhas” e acrescenta: “No exercício deste múnus pastoral, procure cumprir tudo aquilo que lhe inspirar o zelo sacerdotal, de acordo com as normas canônicas, com os documentos do Magistério da Igreja, com as orientações da CNBB e de seu Regional Oeste 1, com as normas pastorais vigentes em nossa Arquidiocese e, em particular, com nosso Regimento de Pastoral do Menor e as orientações emanadas pela Pastoral do Menor Nacional e, por meio desta, com as orientações provenientes da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB”.   Para que o Assistente Eclesiástico da Pastoral do Menor possa levar adiante mais facilmente a sua missão, o arcebispo lhe concede as seguintes faculdades: absolver da excomunhão o pecado de aborto (Cân. 1398) e dispensar de impedimentos canônicos em perigo de morte (Cân. 1079).   O decreto de nomeação entrou em vigor na data de sua promulgação, em 19 de outubro de 2012.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Publicado em Nacionais
A estudante salesiana Thainá Amorim Carvalho, 10 anos, do 5° ano do ensino fundamental do Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela), em Salvador, BA, já é uma promessa para o tênis nacional. Neste ano, disputando com meninas de idade mais avançada, ela ganhou a Copa Futuro de Tênis, promovida pela Winner Tennis Academia, entre atletas de 12 anos. Desde o ano passado, a aluna já acumula oito conquistas de primeiro, segundo e terceiro lugares em diversas competições regionais.   Thainá começou aos oito anos, treinando na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) e agora aprimora seu talento no Centro de Treinamento da Federação Baiana de Tênis. O amor ao tênis é estimulado pela família e levou o pai de Thainá a aderir também ao esporte. O maior sonho da aluna é um dia jogar na tradicional competição de Roland Garros, na França.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Página 9 de 10
O Setor de Juventude da Arquidiocese de Belém promoveu no domingo, dia 10 de março, a primeira edição do Jovens.com. O evento foi direcionado aos jovens de todas as regiões episcopais e contou com a presença de representantes de Castanhal, da cidade de Vigia de Nazaré e da juventude salesiana. Ao todo, foram cerca de 1500 jovens que passaram pelo ginásio do Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré, no centro de Belém. “É preciso parabenizar a juventude do “Jovens.Com”, e de modo especial a juventude salesiana”, afirmou Henrique Carreira, aspirante a salesiano cooperador.   A participação salesiana foi representada pelo padre Manoel de Jesus, pelo aspirante a salesiano cooperador, Henrique Carreira, por Wellington Luiz e Demmes Almeida, agentes de Pastoral da Escola Salesiana do Trabalho e do Centro Social Auxilium, respectivamente,  que junto aos demais jovens do setor juventude ajudaram na organização do evento.   Para Henrique Carreira, o evento foi uma amostra de como será o ambiente na JMJ Rio2013. “Jovens que doaram sua força, seu dia, sua alegria no serviço voluntário, e que abrilhantaram ainda mais o evento; nossa juventude deixou marcas visíveis, coube a ela dar aquele toque e sorriso especial, assistindo as palestras e pregações (com os temas: YouCat, Campanha da Fraternidade e Ano da Fé), ou arrecadando os fundos financeiros para a Jornada ou simplesmente animando o encontro com nosso dom para a música e a dança”, disse ele.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
Após meses de espera, foi inaugurado oficialmente nos dias 5 e 7 de março o “Dom Bosco Vocational Centre” (Centro Profissional Dom Bosco ), em Kep City, no Camboja. As celebrações pela inauguração do centro começaram no dia 05 de março e contaram com a presença de guias religiosos das comunidades locais muçulmanas e budistas, do vigário apostólico de Phnom Penh, Dom Oliviere Schimitthaeusler, além de alunos de várias escolas de toda a província de Kep. O Centro Dom Bosco será destinado para a qualificação profissional dos jovens da região.   Os principais benefícios que a obra salesiana oferecerá, tanto aos jovens da província de Kep como aos jovens de outras províncias rurais limítrofes, será a possibilidade deles continuarem em suas províncias de origem, mas com melhores condições de trabalho e de vida. Além disso, o centro salesiano contribuirá para que os jovens tenham a oportunidade de se qualificar para futuramente conseguirem boas ocupações profissionais nas grandes cidades, eliminando desse modo, o risco de acabarem marginalizados como tantos jovens que emigram dos campos para as áreas metropolitanas de Phnom Penh e Sihanoukville.   O centro de Kep oferece cursos nas áreas de Comunicação Social, Artes, Tecnologias da Informação, Ecoturismo, atividades de secretaria, Albergaria e Relações Públicas.   Histórico   O Centro Profissional Dom Bosco, de Kep, veio se transformando ao longo do tempo: no início era uma simples área de campo, onde os salesianos e os alunos faziam os retiros espirituais; posteriormente se transformou em uma pequena oficina de costura e agora integra um vasto leque de atividades e de serviços educativos, cujos primeiros beneficiários são os jovens que não possuem qualificações profissionais.   InfoANS
Publicado em Missões
  O Instituto Madre Mazzarello, em São Paulo, recebeu, no dia 21 de janeiro, o Grupo de Reflexão Pedagógica (GREPÃO), encontro anual das escolas salesianas (FMA) do Estado de São Paulo. O evento reuniu 550 educadores das escolas salesianas e obras sociais e trouxe o tema “Educação para o amor e a família”.   O encontro contou com a participação da conferencista Brenda Carranza, doutora em Ciências Sociais da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que falou sobre o tema “Novas gerações”, na qual foi desenvolvida uma abordagem para ajudar a compreender a relação dos jovens com o mundo midiático, além de outros temas.   O evento trouxe ainda uma “roda de conversa”, com as palestras da psicóloga e terapeuta sexual, Ana Cristina Canosa Gonçalves, que abordou o tema sob o enfoque da sexualidade e da família e apresentou os novos modelos familiares e algumas de suas concepções, partindo dos quatro pilares fundamentais da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), para a educação do século XXI - (aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a viver juntos).   Também palestraram durante o evento o doutor em Teologia Moral e em Filosofia, padre José Antonio Trasferetti, e a doutora em Educação e psicóloga irmã Raquel Retz.   O GREPÃO foi conduzido e mediado pela irmã Adair Aparecida Sberga, animadora do Polo São Paulo da Rede Salesiana de Escolas (RSE), e contou com a presença da gestora do mesmo Polo, Selma Sabino Braga de Melo.   Polo São Paulo
Publicado em Nacionais
Cerca de 100 jovens, de vários estados do Brasil, se reunirão no Centro de Treinamento de Ponta Negra, em Natal, entre os dias 14 a 17 de fevereiro. Será o encontro dos responsáveis  nacionais pelas expressões juvenis acompanhadas pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Simultaneamente será realizado o lançamento nacional da Campanha da Fraternidade 2013, focada na juventude.   O encontro contará com a presença dos três bispos que compõem a Comissão: Dom Eduardo Pinheiro, bispo auxiliar de Campo Grande, MS; Dom Bernardino Marchió, bispo de Caruaru, PE; e Dom Vilson Basso, de Caxias, MA; além dos assessores da CNBB, padre Sávio Ribeiro e padre Antônio Ramos do Prado e do Grupo Jovens Conectados.   Durante o encontro haverá uma manhã de diálogo das lideranças juvenis com o Núncio Apostólico no Brasil, Dom Gionanni d’Aniello, partilha de experiências e integração. Na sexta-feira, dia 15, à tarde, os jovens participarão do Seminário comemorativo aos 50 anos da Campanha da Fraternidade, organizado pela Arquidiocese de Natal, no Centro de Convenções, e, à noite, da missa, presidida pelo Núncio, na Catedral Metropolitana.   O Encontro também é uma preparação para a Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho deste ano, no Rio de Janeiro.   Campanha da Fraternidade O arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira da Rocha, falou da satisfação de a arquidiocese sediar o lançamento da CF 2013. “Será um momento de resgate da história da Campanha da Fraternidade, que começou aqui. Ficamos muito felizes pela compreensão da CNBB em nos conceder a alegria desse momento, na história da Campanha. Para nós, é muito significativo”, disse o arcebispo.   O secretário executivo da Campanha da Fraternidade, padre Luiz Carlos Dias, lembrou que a edição de 2013, além de ser um momento comemorativo, será também um momento de revisão da Campanha da Fraternidade. “A Campanha tem um forte poder de evangelização e, por isso, precisamos, cada vez mais, aprimorá-la”, ressaltou. Ele lembrou que a decisão de fazer o lançamento em Natal foi do Conselho Episcopal Pastoral (Consep), da CNBB.   Para o lançamento, ficou definida uma visita ao município de Nísia Floresta, RN, – lugar onde a Campanha teve início, na manhã de quinta-feira, dia 14 de fevereiro de 2013; ainda no dia 14, à tarde, haverá uma entrevista coletiva com a imprensa; no dia 15, será realizado um seminário sobre a temática da CF 2013 – “Fraternidade e Juventude”. Neste mesmo dia, às 17 horas, será realizada a solenidade oficial de lançamento, e, às 20h, na Catedral Metropolitana, será celebrada a missa, seguida de um show.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
Graças à produção das “Missões Dom Bosco” foi realizado, recentemente, um filme sobre a figura do padre Filipe Rinaldi, III sucessor de Dom Bosco e fundador do Instituto Secular Feminino das Voluntárias de Dom Bosco (VDB). O vídeo, apresentado pelo reitor-mor, padre Pascual Chávez, é dividido em duas partes.   Na primeira parte do filme percorre-se a experiência do padre Rinaldi: da infância ao seu compromisso na Congregação e na Família Salesiana - como formador, animador e fundador. Padre Rinaldi soube interpretar tão perfeitamente o espírito do seu fundador que dele se dizia que de Dom Bosco só lhe faltava a voz: tudo o mais possuía. Seguindo seus passos, distinguiu-se pela profunda vida interior e atenção ao Espírito, e ao mesmo tempo pela grande criatividade e incansável dinamismo. A paixão salesiana fê-lo procurar e achar modos com que responder de modo concreto à realidade social e aos desafios do seu tempo. Além da formação dos irmãos, dedicou-se a muitos leigos, promovendo uma miríade de grupos e atividades, objetivando uma presença cristã no mundo.   Na segunda parte é apresentado o Instituto Secular das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), realidade original e inovadora, nascida do coração do padre Rinaldi, no ano de 1917. Por meio de uma série de experiências de voluntárias de várias partes do mundo, delineou-se a vocação à secularidade consagrada salesiana.   As VDB são leigas que vivem no mundo, nas realidades familiares e sociais, com a plena consagração a Deus por meio dos conselhos evangélicos de castidade, pobreza e obediência, no espírito e no estilo de Dom Bosco. Por sua presença discreta, que permite inserir-se plenamente nas realidades sociais, querem ser o “laboratório experimental do diálogo entre a Igreja e o mundo”, unindo uma grande paixão por Deus e pelo mundo.   InfoANS
Publicado em Internacionais
O último dia 31 de janeiro, festa de Dom Bosco, foi uma data  histórica para a missão salesiana, de Carchá, na Guatemala. Os “Missionários de Cristo Bom Pastor”, grupo religioso masculino, obteve o reconhecimento canônico como congregação religiosa diocesana sob a autoridade do bispo local. A nova congregação conta com quatro professos perpétuos, sete professos temporários, quatro noviços e 39 pré-noviços.   A celebração teve como ato central uma missa solene campal, presidida pelo bispo local, dom Rodolfo Valenzuela, acompanhado por diversos sacerdotes salesianos e diocesanos. Participaram da celebração 1.600 estudantes dos três centros.   A nova congregação teve como guia e impulsionador o padre salesiano Antônio De Groot. Nascido na Holanda, mas criado na Austrália, padre De Groot chegou à missão de Carchá no ano de 1975. Ali começou a estimular o crescimento humano e cristão dos jovens, através da educação. No princípio o projeto educativo contava apenas com um pequeno grupo de jovens, mas logo a iniciativa começou a dar frutos e a crescer resultando em três grandes institutos: em Carchá, em Raxruhá e em Chamelco, que hoje acolhem globalmente 1.600 jovens índios, em sua maioria de etnia qeqchí.   Para garantir a eficácia e a continuidade do projeto, denominado Centro Dom Bosco,  padre De Groot convidou os jovens desses centros a unir-se num grupo religioso. Em seguida, à medida que o pequeno grupo de membros adquiria consistência numérica e identidade espiritual, começou a serem definidos os Estatutos, as Constituições e os Regulamentos. Desse modo ia se desenvolvendo os “Missionários de Cristo Bom Pastor”, que agora é uma congregação religiosa diocesana de espiritualidade salesiana.   A oferta formativa do projeto Centro Dom Bosco se concentra nos estudos escolares de base, com uma especial atenção à formação de habilitações técnicas, úteis no contexto local. O programa oferece um cuidado rigoroso ao trabalho e ao estudo. Os jovens estudantes internos, além disso, desenvolvem atividades pastorais em 42 vilas próximas para encorajar os seus coetâneos a crescerem humana e cristãmente.   O Centro Dom Bosco é a versão masculina de outro projeto educativo paralelo pensado para as jovens indígenas, chamado “Talita Kumi”, nascido por inspiração do missionário salesiano indiano, padre Jorge Puthenpura, e animado pela Congregação das Irmãs da Ressurreição.   Ambas as obras educativas são parte de um trabalho missionário maior desenvolvido pela comunidade salesiana, composta de nove missionários que trabalham em colaboração com vários grupos da Família Salesiana.   InfoANS
Publicado em Missões
Bruno Alexis Morales Huaco, estudante do 9º ano no Colégio Salesiano Itajaí, em Santa Catarina, foi o único aluno de Itajaí e região classificado para a 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Física. A prova foi realizada no dia 6 de outubro, em Joinville, e envolveu questões teóricas e atividades práticas. O resultado deve sair em breve.   Bruno conta que se interessou em participar da olimpíada quando a professora de Ciências fez o convite na sala. Ele pensa em cursar Engenharia e resolveu se inscrever. Para se preparar, contou também com a ajuda do professor de Física André Lisboa de Oliveira, que ministra as aulas de apoio no período vespertino.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
A inspetoria salesiana Sagrado Coração de Jesus e a Universidade Politécnica Salesiana de Quito lançaram, no dia 15 de novembro, o livro “Presença salesiana no Equador. Perspectivas históricas e sociais”. A apresentação do livro insere-se na caminhada de preparação ao bicentenário de nascimento de Dom Bosco (1815-2015) e na celebração dos 125 anos da presença salesiana no país (1888-2013).   O livro apresenta os resultados de uma pesquisa, que examinou várias dimensões da presença salesiana naquele país: desenvolvimento da comunidade; inclusão social; infância e adolescência; educação salesiana, com especial atenção à formação técnica; conformidade às identidades regionais e locais; missões salesianas; povos indígenas e interculturais.   “O estudo e a difusão de tais obras promoverá um conhecimento histórico maior da presença salesiana, uma leitura crítica da sua ação e a possibilidade de projetar para o alto e à frente o carisma salesiano através da identificação e da interpretação dos possíveis desafios por enfrentar”, afirma o padre Marcelo Farfán.   A pesquisa foi realizada por uma equipe da Universidade Salesiana do Equador, composta por historiadores, antropólogos, sociólogos e pedagogos e, por isso, aprofunda o diálogo entre a herança espiritual e pedagógica salesiana, a ciência e as expectativas dos povos e das culturas presentes em cada território e região, do país.   O volume foi lançado em Quito no dia 15 de novembro, durante uma aula magna na Universidade Politécnica Salesiana. O lançamento contou com a presença de civis, eclesiásticos e acadêmicos, além da numerosa participação de membros da Família Salesiana e de Amigos e Benfeitores do carisma salesiano.   InfoANS
Publicado em Internacionais
Padre Tiago Figueiró, sdb, Delegado Inspetorial da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, foi nomeado para o ofício de Assistente Eclesiástico da recém-criada Pastoral do Menor. No decreto de nomeação da Arquidiocese de Campo Grande, publicado no último dia 19 de outubro, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa recomenda “vivamente ao novo assistente eclesiástico que exerça o seu serviço com a disponibilidade do ‘Bom Pastor’, sempre pronto a sacrificar a vida por suas ovelhas” e acrescenta: “No exercício deste múnus pastoral, procure cumprir tudo aquilo que lhe inspirar o zelo sacerdotal, de acordo com as normas canônicas, com os documentos do Magistério da Igreja, com as orientações da CNBB e de seu Regional Oeste 1, com as normas pastorais vigentes em nossa Arquidiocese e, em particular, com nosso Regimento de Pastoral do Menor e as orientações emanadas pela Pastoral do Menor Nacional e, por meio desta, com as orientações provenientes da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB”.   Para que o Assistente Eclesiástico da Pastoral do Menor possa levar adiante mais facilmente a sua missão, o arcebispo lhe concede as seguintes faculdades: absolver da excomunhão o pecado de aborto (Cân. 1398) e dispensar de impedimentos canônicos em perigo de morte (Cân. 1079).   O decreto de nomeação entrou em vigor na data de sua promulgação, em 19 de outubro de 2012.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Publicado em Nacionais
A estudante salesiana Thainá Amorim Carvalho, 10 anos, do 5° ano do ensino fundamental do Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela), em Salvador, BA, já é uma promessa para o tênis nacional. Neste ano, disputando com meninas de idade mais avançada, ela ganhou a Copa Futuro de Tênis, promovida pela Winner Tennis Academia, entre atletas de 12 anos. Desde o ano passado, a aluna já acumula oito conquistas de primeiro, segundo e terceiro lugares em diversas competições regionais.   Thainá começou aos oito anos, treinando na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) e agora aprimora seu talento no Centro de Treinamento da Federação Baiana de Tênis. O amor ao tênis é estimulado pela família e levou o pai de Thainá a aderir também ao esporte. O maior sonho da aluna é um dia jogar na tradicional competição de Roland Garros, na França.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Página 9 de 10