Em preparação ao bicentenário do nascimento de Dom Bosco, que será celebrado em agosto de 2015, e em comemoração ao centenário da presença Salesiana na Amazônia, a área salesiana de Manaus organiza para o próximo dia 16 de novembro, em conjunto com os diversos grupos e casas da Família Salesiana local, uma Carreata Show comemorativa a fim de dar graças a Deus pela beleza do carisma Salesiano há quase 100 anos na Amazônia.
Published in Nacionais
O cardeal salesiano, Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, Honduras, está em Roma há alguns dias para participar das Congregações Gerais cardinalícias e sucessivamente do Conclave, que elegerá o sucessor de Bento XVI. Sábado, dia 2 de março, ele foi entrevistado por Enzo Romeo, responsável pela Redação “Esteri” do TG2, telejornal da Rede 2, da RAI. Leia a entrevista abaixo:   Eminência pesará, segundo o seu ponto de vista, sobre o Conclave a presença, pela primeira vez, de um Papa emérito? Certamente é uma ocasião inédita na história; digo, entretanto, que o relevante será, sobretudo saber que Bento XVI reza por nós.   Para os senhores cardeais, que vêm de longe, há a exigência de saber algo mais sobre o que ocorreu na Igreja no último ano, sobre o caso Vatileaks, por exemplo? Penso que isto seria necessário, porque se somos um Colégio, se somos coirmãos, devemos saber a respeito. Mas pela distância e o nosso trabalho particular, não dispomos, isto é: de suficientes informações.   Está maduro, segundo Vossa Eminência, o tempo para um papa não europeu? Não depende tanto de ser ou não ser europeu: depende dos grandes desafios que hoje deverá enfrentar o novo Papa. Mais que em uma nacionalidade, devemos pensar na pessoa mais adequada para responder a tais desafios.   No precedente Conclave Vossa Eminência recebeu votos. O que se experimenta quando o próprio nome ressoa na Sistina: satisfação, medo, perturbação? Medo certamente, porque o Pontífice não é um cargo que um ser humano possa desejar. Mas ao mesmo tempo quando Deus faz um chamado dá também a Graça de o assumir.   Vossa Eminência é músico e o Papa no último encontro com os Purpurados disse que o Colégio cardinalício deveria ser como uma orquestra onde as divisões se possam fundir numa única harmonia? Compartilha da ideia? Estou plenamente de acordo, doutra forma a Igreja não seria uma sinfonia, mas uma cacofonia.   InfoANS
Published in Internacionais
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, enviou nesta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, uma mensagem a toda a Família Salesiana em agradecimento ao Papa Bento XVI.   Leia a mensagem abaixo   Queridos irmãos e irmãs, todos os membros da Família Salesiana, amigos de Dom Bosco,   Hoje a sede de Pedro é deixada vazia, por causa da renúncia do Papa Bento XVI para continuar no exercício do ministério petrino, que lhe foi confiada há oito anos.   Nós, a família de Dom Bosco espalhada por todo o mundo, estamos profundamente agradecidos por este ato corajoso de serviço do nosso amado Santo Padre, e continuaremos  a acompanhá-lo com a nossa sincera simpatia e devoção, como ele mesmo pediu-nos, com a nossa constante oração.   Papa Bento XVI, que realizou muitos atos de bondade e carinho para com a nossa família, que era um verdadeiro dom de Deus para a Igreja e para o mundo de hoje. Despediu-se dizendo que ele não se sentiu sozinho, mesmo nos momentos em que parecia que Deus estava dormindo. Queremos assegurar-lhe que ele nunca vai estar sozinho, para seu ensino e sua esplêndida figura imponente permanecerá em nossos corações. A história vai mostrar a sua grandeza humana, seu vigor intelectual, a sua profunda vida espiritual, seu amor indiviso de Cristo, seu grande serviço à Igreja e ao mundo.   A Igreja de Deus não é um órfão. O Senhor Jesus, com a cabeça, e o Espírito de Deus, o seu advogado, o governo e orientar o tempo todo.   Do meu coração, eu peço para se juntarem a mim em fervorosa oração, juntamente com Maria, a partilha de vida e oração com os Apóstolos, enquanto esperamos com confiança e paz que Deus nos dê um novo pastor segundo o seu coração.   A conversão a que chamamos a Palavra de Deus neste tempo quaresmal é a melhor forma de petições a Deus por esta graça.   Com amor e lembrança na Eucaristia. Roma, 28 de fevereiro de 2013 Padre Pascual Chávez V., SDB Reitor-mor   InfoANS  
Published in Internacionais
Page 2 of 2
Em preparação ao bicentenário do nascimento de Dom Bosco, que será celebrado em agosto de 2015, e em comemoração ao centenário da presença Salesiana na Amazônia, a área salesiana de Manaus organiza para o próximo dia 16 de novembro, em conjunto com os diversos grupos e casas da Família Salesiana local, uma Carreata Show comemorativa a fim de dar graças a Deus pela beleza do carisma Salesiano há quase 100 anos na Amazônia.
Published in Nacionais
O cardeal salesiano, Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, Honduras, está em Roma há alguns dias para participar das Congregações Gerais cardinalícias e sucessivamente do Conclave, que elegerá o sucessor de Bento XVI. Sábado, dia 2 de março, ele foi entrevistado por Enzo Romeo, responsável pela Redação “Esteri” do TG2, telejornal da Rede 2, da RAI. Leia a entrevista abaixo:   Eminência pesará, segundo o seu ponto de vista, sobre o Conclave a presença, pela primeira vez, de um Papa emérito? Certamente é uma ocasião inédita na história; digo, entretanto, que o relevante será, sobretudo saber que Bento XVI reza por nós.   Para os senhores cardeais, que vêm de longe, há a exigência de saber algo mais sobre o que ocorreu na Igreja no último ano, sobre o caso Vatileaks, por exemplo? Penso que isto seria necessário, porque se somos um Colégio, se somos coirmãos, devemos saber a respeito. Mas pela distância e o nosso trabalho particular, não dispomos, isto é: de suficientes informações.   Está maduro, segundo Vossa Eminência, o tempo para um papa não europeu? Não depende tanto de ser ou não ser europeu: depende dos grandes desafios que hoje deverá enfrentar o novo Papa. Mais que em uma nacionalidade, devemos pensar na pessoa mais adequada para responder a tais desafios.   No precedente Conclave Vossa Eminência recebeu votos. O que se experimenta quando o próprio nome ressoa na Sistina: satisfação, medo, perturbação? Medo certamente, porque o Pontífice não é um cargo que um ser humano possa desejar. Mas ao mesmo tempo quando Deus faz um chamado dá também a Graça de o assumir.   Vossa Eminência é músico e o Papa no último encontro com os Purpurados disse que o Colégio cardinalício deveria ser como uma orquestra onde as divisões se possam fundir numa única harmonia? Compartilha da ideia? Estou plenamente de acordo, doutra forma a Igreja não seria uma sinfonia, mas uma cacofonia.   InfoANS
Published in Internacionais
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, enviou nesta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, uma mensagem a toda a Família Salesiana em agradecimento ao Papa Bento XVI.   Leia a mensagem abaixo   Queridos irmãos e irmãs, todos os membros da Família Salesiana, amigos de Dom Bosco,   Hoje a sede de Pedro é deixada vazia, por causa da renúncia do Papa Bento XVI para continuar no exercício do ministério petrino, que lhe foi confiada há oito anos.   Nós, a família de Dom Bosco espalhada por todo o mundo, estamos profundamente agradecidos por este ato corajoso de serviço do nosso amado Santo Padre, e continuaremos  a acompanhá-lo com a nossa sincera simpatia e devoção, como ele mesmo pediu-nos, com a nossa constante oração.   Papa Bento XVI, que realizou muitos atos de bondade e carinho para com a nossa família, que era um verdadeiro dom de Deus para a Igreja e para o mundo de hoje. Despediu-se dizendo que ele não se sentiu sozinho, mesmo nos momentos em que parecia que Deus estava dormindo. Queremos assegurar-lhe que ele nunca vai estar sozinho, para seu ensino e sua esplêndida figura imponente permanecerá em nossos corações. A história vai mostrar a sua grandeza humana, seu vigor intelectual, a sua profunda vida espiritual, seu amor indiviso de Cristo, seu grande serviço à Igreja e ao mundo.   A Igreja de Deus não é um órfão. O Senhor Jesus, com a cabeça, e o Espírito de Deus, o seu advogado, o governo e orientar o tempo todo.   Do meu coração, eu peço para se juntarem a mim em fervorosa oração, juntamente com Maria, a partilha de vida e oração com os Apóstolos, enquanto esperamos com confiança e paz que Deus nos dê um novo pastor segundo o seu coração.   A conversão a que chamamos a Palavra de Deus neste tempo quaresmal é a melhor forma de petições a Deus por esta graça.   Com amor e lembrança na Eucaristia. Roma, 28 de fevereiro de 2013 Padre Pascual Chávez V., SDB Reitor-mor   InfoANS  
Published in Internacionais
Page 2 of 2