Desde o dia em que recebeu o anúncio de Deus pelo Anjo Gabriel, Maria assumiu a responsabilidade do sim a Deus e a toda humanidade.    
Maria Mãe é, então, a porta, o acesso para o Amor que acolhe, salva e redime todos os seres humanos. E a prova definitiva do amor da mãe para com seu Filho se encontra no calvário.    
O sexto artigo da série "Dom Bosco e a realidade digital e virtual", aborda o tema da interatividade e, em particular, a maneira peculir com a qual o santo dos jovens a incentivava e cultivava.
Francisco de Sales é um homem do Renascimento. Nasceu e foi educado nesta época e se impregnou da cultura humanista. Seus pais o influenciaram positivamente e aprendeu a ser um verdadeiro humanista no período dos seus 18 anos de estudos ininterruptos. Mais tarde irá se inserir na corrente do “humanismo devoto”.    
A santidade para Francisco de Sales deve ser vivida com alegria. Para ele, a alegria é vital e a compara com o palpitar do coração e com o ar que respiramos pelos pulmões. Sabemos que são órgãos vitais e que, sem eles, não vivemos.    
O Papa Francisco convocou todas as pessoas de boa vontade para “reacender o compromisso para e com as novas gerações, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de uma escuta paciente, um diálogo construtivo e compreensão mútua”.    
Quarta, 06 Abril 2022 16:37

A mais B menos C

Escrito por
Nas reflexões sobre as Memórias Biográficas de São João Bosco, o padre Osmar A. Bezutte revela a “fórmula” para ser amigo de Dom Bosco: a + b – c (cf. MB, vol. X em italiano, p. 1.011).    
"Interioridade, fonte de comunicação", é o tema do terceiro artigo do padre Gildásio Mendes dos Santos, conselheiro geral para a Comunicação, na série "São Francisco de Sales Comunicador". Peregrinação interior, sabedoria na arte de comunicar".
“Dom Bosco ‘storyteller’: por que usou a narração na educação dos meninos”. Este é o tema de reflexão do quinto artigo da série sobre Dom Bosco e a Realidade Digital e Virtual, do padre Gildásio Mendes dos Santos, conselheiro geral para a Comunicação Social.
Para Sales, a santidade se vive na vida cotidiana, pois nela Deus nos manifesta sua vontade e seu amor. Para isso não é necessário buscar meios extraordinários, mas viver o ordinário do dia a dia de maneira extraordinária.    
Desde o dia em que recebeu o anúncio de Deus pelo Anjo Gabriel, Maria assumiu a responsabilidade do sim a Deus e a toda humanidade.    
Maria Mãe é, então, a porta, o acesso para o Amor que acolhe, salva e redime todos os seres humanos. E a prova definitiva do amor da mãe para com seu Filho se encontra no calvário.    
O sexto artigo da série "Dom Bosco e a realidade digital e virtual", aborda o tema da interatividade e, em particular, a maneira peculir com a qual o santo dos jovens a incentivava e cultivava.
Francisco de Sales é um homem do Renascimento. Nasceu e foi educado nesta época e se impregnou da cultura humanista. Seus pais o influenciaram positivamente e aprendeu a ser um verdadeiro humanista no período dos seus 18 anos de estudos ininterruptos. Mais tarde irá se inserir na corrente do “humanismo devoto”.    
A santidade para Francisco de Sales deve ser vivida com alegria. Para ele, a alegria é vital e a compara com o palpitar do coração e com o ar que respiramos pelos pulmões. Sabemos que são órgãos vitais e que, sem eles, não vivemos.    
O Papa Francisco convocou todas as pessoas de boa vontade para “reacender o compromisso para e com as novas gerações, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de uma escuta paciente, um diálogo construtivo e compreensão mútua”.    
Quarta, 06 Abril 2022 16:37

A mais B menos C

Escrito por
Nas reflexões sobre as Memórias Biográficas de São João Bosco, o padre Osmar A. Bezutte revela a “fórmula” para ser amigo de Dom Bosco: a + b – c (cf. MB, vol. X em italiano, p. 1.011).    
"Interioridade, fonte de comunicação", é o tema do terceiro artigo do padre Gildásio Mendes dos Santos, conselheiro geral para a Comunicação, na série "São Francisco de Sales Comunicador". Peregrinação interior, sabedoria na arte de comunicar".
“Dom Bosco ‘storyteller’: por que usou a narração na educação dos meninos”. Este é o tema de reflexão do quinto artigo da série sobre Dom Bosco e a Realidade Digital e Virtual, do padre Gildásio Mendes dos Santos, conselheiro geral para a Comunicação Social.
Para Sales, a santidade se vive na vida cotidiana, pois nela Deus nos manifesta sua vontade e seu amor. Para isso não é necessário buscar meios extraordinários, mas viver o ordinário do dia a dia de maneira extraordinária.