É uma Páscoa especial esta que estamos vivendo. Na Família Salesiana, na Igreja argentina, em particular na Diocese de Viedma, na Itália, em Boretto, sua cidade natal, e na diocese de Reggio Emilia, há hoje um clima de grande entusiasmo: Artêmides Zatti será declarado santo.    
A fotografia do crucifixo de Leopoli, cidade onde há belas obras salesianas, sendo transportado para um bunker foi reportada por todos os jornais do mundo. Estamos vendo ao vivo outro Getsémani e outro Calvário. Esperamos ver também a ‘Ressurreição’ desse povo e dessas pessoas.    
Quarta, 06 Abril 2022 16:27

Dom Bosco faria o mesmo

Escrito por
“Imaginar o meu irmão salesiano que esperava até tarde pelo jovem que voltava do trabalho para lhe servir o jantar juntamente com outros dois educadores, como um verdadeiro irmão ou um pai, comovia-me. Disse comigo: Dom Bosco faria o mesmo”.    
“Que a caridade e a doçura de Francisco de Sales me guiem em tudo”. Esta foi a resolução que Dom Bosco tomou no início da sua vida de sacerdote educador. E é nesta referência a Francisco de Sales que a pedagogia salesiana toma o seu nome.    
Quarta, 05 Janeiro 2022 11:22

Sobre os ombros de dois gigantes

Escrito por
Leia o primeiro artigo do ano do Reitor-mor para os leitores do Boletim Salesiano: “A espiritualidade salesiana é forte e resiste ao desgaste porque está solidamente ancorada em duas figuras únicas na história providencial da Igreja: São Francisco de Sales e São João Bosco”.    
Envio-lhes a minha afetuosa saudação, amigos leitores do Boletim Salesiano, com a mensagem condensada no título desta página, de que não sou autor. Foi o Papa Francisco que, no Natal do ano passado, ao dar as boas-festas às famílias do pessoal da Cidade do Vaticano, escolheu como mensagem a realidade do sorriso.    
Sexta, 15 Outubro 2021 19:29

Depois do tsunami

Escrito por
A pandemia mudou a forma como nos relacionamos com o mundo, com os outros e com nós mesmos. Precisamos reconstruir e renascer com mais solidariedade e consciência para nos refazermos de uma calamidade silenciosa, marcada pela dor, pelo confinamento, pelo luto, pelo medo. O que faria Dom Bosco hoje?    
Quarta, 03 Novembro 2021 13:14

“Aqui convosco sinto-me bem”

Escrito por
Veja o artigo do Reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime, para os leitores do BS em novembro: “Aqui convosco sinto-me bem: estar convosco é mesmo a minha vida” (MB IV, 654) é a frase que brotou do coração de Dom Bosco e constitui também o segredo da Família Salesiana.    
Vendo que não conseguia pará-lo, o jovem voluntário salesiano abraçou-o fortemente dizendo: “Morrerei, mas não te deixarei entrar na igreja”. Assim o jovem e o kamikaze morreram juntos.    
Toda a pedagogia de Dom Bosco está contida nos “passeios outonais”. Familiaridade e camaradagem, alegria e festa. Tempo para caminhar, como se caminha ao longo da vida, e espaço para a conversação e a amizade. E a presença amável e bondosa de Dom Bosco.    
Página 1 de 10
É uma Páscoa especial esta que estamos vivendo. Na Família Salesiana, na Igreja argentina, em particular na Diocese de Viedma, na Itália, em Boretto, sua cidade natal, e na diocese de Reggio Emilia, há hoje um clima de grande entusiasmo: Artêmides Zatti será declarado santo.    
A fotografia do crucifixo de Leopoli, cidade onde há belas obras salesianas, sendo transportado para um bunker foi reportada por todos os jornais do mundo. Estamos vendo ao vivo outro Getsémani e outro Calvário. Esperamos ver também a ‘Ressurreição’ desse povo e dessas pessoas.    
Quarta, 06 Abril 2022 16:27

Dom Bosco faria o mesmo

Escrito por
“Imaginar o meu irmão salesiano que esperava até tarde pelo jovem que voltava do trabalho para lhe servir o jantar juntamente com outros dois educadores, como um verdadeiro irmão ou um pai, comovia-me. Disse comigo: Dom Bosco faria o mesmo”.    
“Que a caridade e a doçura de Francisco de Sales me guiem em tudo”. Esta foi a resolução que Dom Bosco tomou no início da sua vida de sacerdote educador. E é nesta referência a Francisco de Sales que a pedagogia salesiana toma o seu nome.    
Quarta, 05 Janeiro 2022 11:22

Sobre os ombros de dois gigantes

Escrito por
Leia o primeiro artigo do ano do Reitor-mor para os leitores do Boletim Salesiano: “A espiritualidade salesiana é forte e resiste ao desgaste porque está solidamente ancorada em duas figuras únicas na história providencial da Igreja: São Francisco de Sales e São João Bosco”.    
Envio-lhes a minha afetuosa saudação, amigos leitores do Boletim Salesiano, com a mensagem condensada no título desta página, de que não sou autor. Foi o Papa Francisco que, no Natal do ano passado, ao dar as boas-festas às famílias do pessoal da Cidade do Vaticano, escolheu como mensagem a realidade do sorriso.    
Sexta, 15 Outubro 2021 19:29

Depois do tsunami

Escrito por
A pandemia mudou a forma como nos relacionamos com o mundo, com os outros e com nós mesmos. Precisamos reconstruir e renascer com mais solidariedade e consciência para nos refazermos de uma calamidade silenciosa, marcada pela dor, pelo confinamento, pelo luto, pelo medo. O que faria Dom Bosco hoje?    
Quarta, 03 Novembro 2021 13:14

“Aqui convosco sinto-me bem”

Escrito por
Veja o artigo do Reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime, para os leitores do BS em novembro: “Aqui convosco sinto-me bem: estar convosco é mesmo a minha vida” (MB IV, 654) é a frase que brotou do coração de Dom Bosco e constitui também o segredo da Família Salesiana.    
Vendo que não conseguia pará-lo, o jovem voluntário salesiano abraçou-o fortemente dizendo: “Morrerei, mas não te deixarei entrar na igreja”. Assim o jovem e o kamikaze morreram juntos.    
Toda a pedagogia de Dom Bosco está contida nos “passeios outonais”. Familiaridade e camaradagem, alegria e festa. Tempo para caminhar, como se caminha ao longo da vida, e espaço para a conversação e a amizade. E a presença amável e bondosa de Dom Bosco.    
Página 1 de 10