Os alunos do Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela) fizeram história na natação do estado, ajudando a Confederação Baiana a alcançar um resultado inédito.
Published in Nacionais
Onze estudantes receberam medalhas, sendo duas de ouro, conquistadas pelos alunos Felipe da Silva Araújo e Leonardo Reis Costa.
Published in Educação
Os conteúdos e ferramentas digitais já estão ganhando salas de aula em todo o mundo. As novas tecnologias, quando bem usadas, têm potencial para facilitar o trabalho dos educadores, dinamizar as aulas, entrar em sintonia com a linguagem dos alunos e enriquecer o processo de ensino e aprendizagem. Com essa premissa, a Rede Salesiana de Escolas (RSE) tem buscado nessa área o que existe de mais interessante e inovador para agregar valor ao seu Projeto Pedagógico Pastoral.
Published in Educação
  A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em parceira com o Comitê Organizador Local JMJ Rio 2013 (COL), dá mais um passo na contagem regressiva para a JMJ. Para marcar os 30 dias finais desta contagem, todas as capitais do país são chamadas a promover no dia 23 de junho, das 16 às 18h, uma carreata que será chamada: ‘Bote Fé na JMJ Rio 2013’.   O objetivo é dar visibilidade à JMJ e animar os jovens de todo país. Por isso, as carreatas devem ser realizadas exatamente no MESMO HORÁRIO, a fim de que se torne um marco de unidade.   Aproxima-se a Jornada Mundial da Juventude e cresce em todos a expectativa para este que já se tornou um dos momentos mais marcantes da história da Igreja na atualidade. Vamos juntos, rumo à JMJ!   Orientações   A CNBB orienta que, no mínimo, 100 carros participem de cada carreata. Para atingir este número, podem ser convidadas as dioceses mais próximas das capitais onde a participação seja viável. Contudo, as demais cidades, não apenas as capitais, podem também promover o evento.   Para tal iniciativa não será preciso gastos com infraestrutura. Não é necessária a realização de shows ou confecção de camisetas. Precisa-se apenas de carros e pessoas para fazer o evento acontecer. Pode-se escolher um trajeto que envolva boa parte da cidade, um ponto de concentração para a saída da carreata e outro para chegada. Algumas cidades, por exemplo, terminarão o percurso na Catedral da diocese com uma missa presidida pelo bispo. Se a igreja da Catedral for pequena ou descentralizada, pode-se fazer em uma outra.   Trata-se de uma ação do Setor Juventude com a participação das demais forças arquidiocesanas que estão sendo comunicadas, como Pastoral Familiar, ECC, Equipes de Nossa Senhora, Movimentos, Novas Comunidades, PASCOM etc.   Cada cidade pode também fazer o download do cartaz aqui para impressão e, assim, ajudar a divulgar a data de realização da carreata.   Faça também download de outros materiais que pode me confeccionados: adesivos para vidro traseiro, para-choque e bandeiras.   O site dos Jovens Conectados estará à disposição para noticiar as carreatas. Enviem notícias e fotos para This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it..   Jovens Conectados
Published in Nacionais
  Termina no próximo dia 31 de maio, sexta-feira, a primeira etapa para o recebimento eletrônico de projetos de organizações, movimentos e pastorais sociais, entre outros, que queiram solicitar apoio junto ao Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) 2013. Os recursos vão de R$ 10 mil a R$ 50 mil, dependendo da abrangência e experiência.   Resultado do gesto concreto da Campanha da Fraternidade (CF), promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o FNS 2013 apoia projetos sociais em todo Brasil, cujos trabalhos estejam relacionados com o tema da CF deste ano “Fraternidade e Juventude”.   O Fundo Nacional de Solidariedade é composto por 40% de toda arrecadação da Coleta Nacional da Solidariedade, realizada em todas as dioceses, paróquias e comunidades durante o Domingo de Ramos, dia em que cristãos e cristãs fazem memória à entrada de Jesus em Jerusalém. Os outros 60% da coleta permanecem em suas dioceses de origem e compõem o Fundo Diocesano de Solidariedade.   Para conferir o edital completo e o roteiro orientador clique aqui.   CNBB
Published in Nacionais
    O Papa Francisco concedeu que o rito de beatificação do servo de Deus, Estêvão Sándor, irmão leigo da Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos), seja feita na cidade de Budapeste, Hungria, no dia 19 de outubro deste ano. Nascido em Szolnok , Hungria, no dia 26 de outubro de 1914, Estêvão foi morto em ódio à Fé em Budapeste, no dia 8 de junho de 1953.   “Demos graças a Deus por este dom especial à Igreja e à Família Salesiana, neste Ano da Fé e em nossa caminhada rumo ao Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco. Tal evento é especialmente motivo de alegria para a Congregação Salesiana, da Hungria, que neste ano celebra seu centenário de presença salesiana”, disse o padre Pierluigi Cameroni, postulador Geral da Família Salesiana, quando recebeu a notícia. “Acolhamos esta notícia também como um presente da Auxiliadora no início da sua Novena: Estêvão Sándor foi, de fato, um grande devoto de Maria, Mãe de Deus, cujo amor difundiu entre os jovens com grande fervor e entusiasmo”.   O mártir Estêvão Sándor, salesiano irmão, ofereceu sua vida pela salvação da juventude húngara e para defender os direitos da Santa Igreja.   InfoANS   Outras notícias Promulgação do decreto do martírio de Estêvão Sándor Simpósio na Hungria relembra centenário e salesiano mártir
Published in Salesianidade
Por causa dos inúmeros prejuízos provocados pelas chuvas na cidade argentina de La Plata e zonas limítrofes, nos dias 02 e 03 de abril, várias presenças salesianas argentinas, coordenadas pela obra salesiana de Bernal, aderiram às iniciativas de solidariedade em favor das vítimas, reafirmando em nota que “todos têm a possibilidade de oferecer um gesto concreto de solidariedade”.   As atividades solidárias, realizadas por grupos juvenis e membros das comunidades salesianas, compreendem suporte aos que perderam os seus bens na inundação e as pessoas que sofreram danos nas moradias e estão sem acesso a água potável, energia elétrica, meios de comunicações e transporte.   No domingo, 7 de abril, após alguns dias da inundação,  o padre da Comunidade do Sagrado Coração de La Plata, Roque Cella, declarou ao jornal “Diario El Sol”: “Até agora nos encontrávamos completamente isolados: sem eletricidade, sem telefone de rede, sem celular – uma vez que as baterias descarregaram– sem email. Sem água potável, mas com dois metros d’água no subsolo, onde se encontra o Salão de Festas, do qual perdemos quase todas as mesas e cadeiras. Graças a Deus, os salesianos estão todos bem. Também em algumas salas da escola achamos água e até agora não pudemos retornar às aulas. Só agora a energia elétrica voltou e estamos reiniciando os vários serviços. Na cidade, o panorama é desolador, sobretudo pelo número de mortos e desaparecidos”.   Colchões, cobertores, lençóis e travesseiros, água engarrafada, calçados, produtos de limpeza e higiene pessoal, leite de longa conservação e alimentos não perecíveis são os bens de primeira necessidade que serão coletados e classificados, segundo as respectivas necessidades, nos diversos centros de doação, entre os quais o Santuário de São Caetano, o Instituto Marín e todas as paróquias da cidade de La Plata.   Também a “Companhia Oratoriana Miguel Magone” associou-se a esta iniciativa de solidariedade, colaborando com a “Rede Solidária” para organizar as várias doações: “Depois de contatar a Rede, que já estava se preparando e que necessitava de ajuda para organizar as doações, propusemos aos vários oratorianos participar da atividade. A resposta foi imediata e positiva: e muitos meninos com os seus familiares se empenharam, no sábado, 6 de abril, para coletar e separar os gêneros destinados às famílias atingidas em Bela Vista (Corrientes) e La Plata (Buenos Aires)” – refere um dos responsáveis da Companhia. Além do auxílio material, os salesianos da Argentina anunciaram um convite a todos para unir-se na oração e acompanhar nestas difíceis circunstâncias os que sofrem por esta calamidade. Para mais informações entre em contato com a Procuradoria Missionária Salesiana – Centro Nacional de Atenção Direta, da “Obra de Don Bosco”, pelo email: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. ou do telefone (011) 4958-6469 /6411/6424.   InfoANS
Published in Internacionais
O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, enviou à Congregação Salesiana uma nova carta circular intitulada: “Vocação e formação: dom e dever”. O documento pretende ilustrar a beleza e as exigências da vocação e formação salesiana, e ao mesmo tempo a atual situação de inconsistência vocacional. A carta se divide em duas partes fundamentais. Consistência e fidelidade vocacionais   O reitor-mor  realça a necessidade de ajudar os jovens irmãos a alcançar a consistência vocacional e ajudar aqueles que já fizeram opções definitivas a viverem a fidelidade vocacional. A fraqueza vocacional evidencia-se especialmente das estatísticas que o reitor-mor deseja tornar conhecidas por toda a Congregação para conscientizá-la dos problemas e ajudá-la assim a assumir responsabilidades.   Evidenciam-se dois aspectos complementares, causas fundamentais de uma inexistente consistência e fidelidade vocacionais:   • uma concepção errada de vocação;  por vezes, se identifica com um projeto pessoal motivado pelas exigências de autorrealização. Ao começar a caminhada da vida consagrada salesiana há, com frequência, motivações não-válidas ou débeis, por vezes também inconscientes; se não se cuida das motivações, será inevitável encaminhar-se para a fragilidade vocacional ou para a infidelidade; • a cultura em que se vive, que oferece oportunidades e também apresenta riscos. É sobretudo a visão antropológica que constitui a um só tempo um recurso e um desafio à caminhada vocacional. Trata-se da exigência de autenticidade, do sentido de liberdade, de historicidade, de contínua busca de experiências, de apreço pelas relações e pela afetividade, de dificuldades para a renúncia e para a fidelidade, em um contexto de pós-modernidade e multiculturalidade. Estes aspectos antropológicos, embora desafiadores, são imprescindíveis para uma vida consagrada que deseje ser plenamente humana e por isso acreditável.   Leia mais clicando aqui   InfoANS   Leia também: Refletir sobre os dados estatísticos de 2012
Published in Reitor-mor
A empresa alemã "Grohe", líder mundial em metais sanitários, e a ONG salesiana  "Dom Bosco Mondo", com sede em Bonn, na Alemanha, receberam, no dia 26 de novembro, um prêmio de inovação do Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento. Ambas as instituições desenvolvem um projeto de qualificação profissional  dos jovens, como parte de uma parceria local com o "Bosco Learning Center" em Kurla, Mumbai, dirigido pelo padre salesiano, Adolph Furtado. A interação entre as duas instituições surgiu na academia "Grohe-Jal", que desde 2009 está envolvida na formação de jovens encanadores e profissionais no campo da gestão da água.   O prêmio foi apresentado pelo secretário do Parlamento, Gudrun Kopp, durante uma cerimônia organizada pela Sociedade Alemã para a Cooperação Internacional (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit), em Berlim.  O diretor da ONG "Dom Bosco Mondo", Christian Osterhaus, recebeu o prêmio em nome da ONG e Ulrike Heuser-Greipl, vice-presidente sênior da indústria "Relações Públicas e Investidores, recebeu o prêmio, em nome da "Grohe AG".    Por meio do projeto realizado pelas instituições é possível formar encanadores qualificados para empresas conceituadas e oferecer emprego a jovens provenientes de regiões muito pobres. Com uma boa formação profissional, os jovens podem quebrar o ciclo da pobreza e construir uma carreira.   Quase todos os alunos egressos da academia conseguem encontrar emprego. Um exemplo poderia ser o jovem Trushant , que terminou a sua formação em 2011 e atualmente  estuda engenharia, "Eu nunca pensei que esta etapa seria possível. Mas após o treino na Academia, "Grohe-Jal" no centro salesiano, pude acreditar em mim mesmo”, disse o jovem.   InfoANS
Published in Internacionais
No próximo domingo,  dia 21 de outubro, a Igreja no Brasil e no mundo celebra o Dia Mundial das Missões. Trata-se de um grande acontecimento e uma oportunidade de fazer sentir a vocação missionária da Igreja. O documento Redemptoris Missio, Encíclica do papa João Paulo II sobre a validade permanente do mandato missionário, exorta, “todas as Igrejas e os pastores, os sacerdotes, os religiosos e os fiéis, a se abrirem à universalidade da Igreja, evitando toda a forma de particularismo, exclusivismo, ou qualquer sentimento de autossuficiência (RM 85)”.   Em outras palavras, o documento faz um apelo a toda a Igreja: de se abrir para Missão além-fronteiras, conforme o mandato do próprio Jesus Cristo. A Igreja “foi enviada para manifestar e comunicar a caridade de Deus a todos os homens e povos (Jo 10, 10)”, mandato que o Redemptoris Missio também frisa. “Esta Missão é única, sendo a mesma a sua origem e fim; mas, na sua dinâmica de realização, há diversas funções e atividades. Antes de tudo está a ação missionária denominada ‘missão ad gentes’”.   O Dia Mundial das Missões tem o objetivo de celebrar a unidade da Igreja por meio da partilha e da fraternidade. Os filhos de Deus, nesse dia, devem festejar a universalidade da Missão em colaboração intensa e espiritual de generosa ajuda. O ato do papa Pio XI na solenidade de Pentecostes de 1922 sintetiza o que deveria ser o Dia Mundial das Missões dali em diante. O pontífice interrompeu sua homilia e, em meio a impressionante silêncio, tomou seu solidéu, fazendo-o passar entre a multidão de bispos, presbíteros e fiéis na Basílica de São Pedro, no Vaticano, enquanto pedia a toda a Igreja ajuda para as Missões.   O primeiro Dia Mundial das Missões foi celebrado em 1927 e, em 19 de outubro de 1985, o papa João Paulo II lembrou a origem do Dia, falando aos fiéis da Igreja de Sassari, durante sua viagem pastoral à Sardenha. “Nunca venha a faltar o espírito missionário que animou as testemunhas de Cristo nesta cidade. Todo mundo sabe que o Dia Mundial das Missões foi sugerido em uma reunião do Círculo Missionário do seminário provincial de Sassari em 1926, então governado pelos padres vicentinos, entre os quais se destacava pelo zelo apostólico o padre Giovanni Battista Manzella”.   Leia mais em CNBB
Published in Nacionais
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  Next 
  •  End 
Page 1 of 2
Os alunos do Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela) fizeram história na natação do estado, ajudando a Confederação Baiana a alcançar um resultado inédito.
Published in Nacionais
Onze estudantes receberam medalhas, sendo duas de ouro, conquistadas pelos alunos Felipe da Silva Araújo e Leonardo Reis Costa.
Published in Educação
Os conteúdos e ferramentas digitais já estão ganhando salas de aula em todo o mundo. As novas tecnologias, quando bem usadas, têm potencial para facilitar o trabalho dos educadores, dinamizar as aulas, entrar em sintonia com a linguagem dos alunos e enriquecer o processo de ensino e aprendizagem. Com essa premissa, a Rede Salesiana de Escolas (RSE) tem buscado nessa área o que existe de mais interessante e inovador para agregar valor ao seu Projeto Pedagógico Pastoral.
Published in Educação
  A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em parceira com o Comitê Organizador Local JMJ Rio 2013 (COL), dá mais um passo na contagem regressiva para a JMJ. Para marcar os 30 dias finais desta contagem, todas as capitais do país são chamadas a promover no dia 23 de junho, das 16 às 18h, uma carreata que será chamada: ‘Bote Fé na JMJ Rio 2013’.   O objetivo é dar visibilidade à JMJ e animar os jovens de todo país. Por isso, as carreatas devem ser realizadas exatamente no MESMO HORÁRIO, a fim de que se torne um marco de unidade.   Aproxima-se a Jornada Mundial da Juventude e cresce em todos a expectativa para este que já se tornou um dos momentos mais marcantes da história da Igreja na atualidade. Vamos juntos, rumo à JMJ!   Orientações   A CNBB orienta que, no mínimo, 100 carros participem de cada carreata. Para atingir este número, podem ser convidadas as dioceses mais próximas das capitais onde a participação seja viável. Contudo, as demais cidades, não apenas as capitais, podem também promover o evento.   Para tal iniciativa não será preciso gastos com infraestrutura. Não é necessária a realização de shows ou confecção de camisetas. Precisa-se apenas de carros e pessoas para fazer o evento acontecer. Pode-se escolher um trajeto que envolva boa parte da cidade, um ponto de concentração para a saída da carreata e outro para chegada. Algumas cidades, por exemplo, terminarão o percurso na Catedral da diocese com uma missa presidida pelo bispo. Se a igreja da Catedral for pequena ou descentralizada, pode-se fazer em uma outra.   Trata-se de uma ação do Setor Juventude com a participação das demais forças arquidiocesanas que estão sendo comunicadas, como Pastoral Familiar, ECC, Equipes de Nossa Senhora, Movimentos, Novas Comunidades, PASCOM etc.   Cada cidade pode também fazer o download do cartaz aqui para impressão e, assim, ajudar a divulgar a data de realização da carreata.   Faça também download de outros materiais que pode me confeccionados: adesivos para vidro traseiro, para-choque e bandeiras.   O site dos Jovens Conectados estará à disposição para noticiar as carreatas. Enviem notícias e fotos para This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it..   Jovens Conectados
Published in Nacionais
  Termina no próximo dia 31 de maio, sexta-feira, a primeira etapa para o recebimento eletrônico de projetos de organizações, movimentos e pastorais sociais, entre outros, que queiram solicitar apoio junto ao Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) 2013. Os recursos vão de R$ 10 mil a R$ 50 mil, dependendo da abrangência e experiência.   Resultado do gesto concreto da Campanha da Fraternidade (CF), promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o FNS 2013 apoia projetos sociais em todo Brasil, cujos trabalhos estejam relacionados com o tema da CF deste ano “Fraternidade e Juventude”.   O Fundo Nacional de Solidariedade é composto por 40% de toda arrecadação da Coleta Nacional da Solidariedade, realizada em todas as dioceses, paróquias e comunidades durante o Domingo de Ramos, dia em que cristãos e cristãs fazem memória à entrada de Jesus em Jerusalém. Os outros 60% da coleta permanecem em suas dioceses de origem e compõem o Fundo Diocesano de Solidariedade.   Para conferir o edital completo e o roteiro orientador clique aqui.   CNBB
Published in Nacionais
    O Papa Francisco concedeu que o rito de beatificação do servo de Deus, Estêvão Sándor, irmão leigo da Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos), seja feita na cidade de Budapeste, Hungria, no dia 19 de outubro deste ano. Nascido em Szolnok , Hungria, no dia 26 de outubro de 1914, Estêvão foi morto em ódio à Fé em Budapeste, no dia 8 de junho de 1953.   “Demos graças a Deus por este dom especial à Igreja e à Família Salesiana, neste Ano da Fé e em nossa caminhada rumo ao Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco. Tal evento é especialmente motivo de alegria para a Congregação Salesiana, da Hungria, que neste ano celebra seu centenário de presença salesiana”, disse o padre Pierluigi Cameroni, postulador Geral da Família Salesiana, quando recebeu a notícia. “Acolhamos esta notícia também como um presente da Auxiliadora no início da sua Novena: Estêvão Sándor foi, de fato, um grande devoto de Maria, Mãe de Deus, cujo amor difundiu entre os jovens com grande fervor e entusiasmo”.   O mártir Estêvão Sándor, salesiano irmão, ofereceu sua vida pela salvação da juventude húngara e para defender os direitos da Santa Igreja.   InfoANS   Outras notícias Promulgação do decreto do martírio de Estêvão Sándor Simpósio na Hungria relembra centenário e salesiano mártir
Published in Salesianidade
Por causa dos inúmeros prejuízos provocados pelas chuvas na cidade argentina de La Plata e zonas limítrofes, nos dias 02 e 03 de abril, várias presenças salesianas argentinas, coordenadas pela obra salesiana de Bernal, aderiram às iniciativas de solidariedade em favor das vítimas, reafirmando em nota que “todos têm a possibilidade de oferecer um gesto concreto de solidariedade”.   As atividades solidárias, realizadas por grupos juvenis e membros das comunidades salesianas, compreendem suporte aos que perderam os seus bens na inundação e as pessoas que sofreram danos nas moradias e estão sem acesso a água potável, energia elétrica, meios de comunicações e transporte.   No domingo, 7 de abril, após alguns dias da inundação,  o padre da Comunidade do Sagrado Coração de La Plata, Roque Cella, declarou ao jornal “Diario El Sol”: “Até agora nos encontrávamos completamente isolados: sem eletricidade, sem telefone de rede, sem celular – uma vez que as baterias descarregaram– sem email. Sem água potável, mas com dois metros d’água no subsolo, onde se encontra o Salão de Festas, do qual perdemos quase todas as mesas e cadeiras. Graças a Deus, os salesianos estão todos bem. Também em algumas salas da escola achamos água e até agora não pudemos retornar às aulas. Só agora a energia elétrica voltou e estamos reiniciando os vários serviços. Na cidade, o panorama é desolador, sobretudo pelo número de mortos e desaparecidos”.   Colchões, cobertores, lençóis e travesseiros, água engarrafada, calçados, produtos de limpeza e higiene pessoal, leite de longa conservação e alimentos não perecíveis são os bens de primeira necessidade que serão coletados e classificados, segundo as respectivas necessidades, nos diversos centros de doação, entre os quais o Santuário de São Caetano, o Instituto Marín e todas as paróquias da cidade de La Plata.   Também a “Companhia Oratoriana Miguel Magone” associou-se a esta iniciativa de solidariedade, colaborando com a “Rede Solidária” para organizar as várias doações: “Depois de contatar a Rede, que já estava se preparando e que necessitava de ajuda para organizar as doações, propusemos aos vários oratorianos participar da atividade. A resposta foi imediata e positiva: e muitos meninos com os seus familiares se empenharam, no sábado, 6 de abril, para coletar e separar os gêneros destinados às famílias atingidas em Bela Vista (Corrientes) e La Plata (Buenos Aires)” – refere um dos responsáveis da Companhia. Além do auxílio material, os salesianos da Argentina anunciaram um convite a todos para unir-se na oração e acompanhar nestas difíceis circunstâncias os que sofrem por esta calamidade. Para mais informações entre em contato com a Procuradoria Missionária Salesiana – Centro Nacional de Atenção Direta, da “Obra de Don Bosco”, pelo email: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. ou do telefone (011) 4958-6469 /6411/6424.   InfoANS
Published in Internacionais
O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, enviou à Congregação Salesiana uma nova carta circular intitulada: “Vocação e formação: dom e dever”. O documento pretende ilustrar a beleza e as exigências da vocação e formação salesiana, e ao mesmo tempo a atual situação de inconsistência vocacional. A carta se divide em duas partes fundamentais. Consistência e fidelidade vocacionais   O reitor-mor  realça a necessidade de ajudar os jovens irmãos a alcançar a consistência vocacional e ajudar aqueles que já fizeram opções definitivas a viverem a fidelidade vocacional. A fraqueza vocacional evidencia-se especialmente das estatísticas que o reitor-mor deseja tornar conhecidas por toda a Congregação para conscientizá-la dos problemas e ajudá-la assim a assumir responsabilidades.   Evidenciam-se dois aspectos complementares, causas fundamentais de uma inexistente consistência e fidelidade vocacionais:   • uma concepção errada de vocação;  por vezes, se identifica com um projeto pessoal motivado pelas exigências de autorrealização. Ao começar a caminhada da vida consagrada salesiana há, com frequência, motivações não-válidas ou débeis, por vezes também inconscientes; se não se cuida das motivações, será inevitável encaminhar-se para a fragilidade vocacional ou para a infidelidade; • a cultura em que se vive, que oferece oportunidades e também apresenta riscos. É sobretudo a visão antropológica que constitui a um só tempo um recurso e um desafio à caminhada vocacional. Trata-se da exigência de autenticidade, do sentido de liberdade, de historicidade, de contínua busca de experiências, de apreço pelas relações e pela afetividade, de dificuldades para a renúncia e para a fidelidade, em um contexto de pós-modernidade e multiculturalidade. Estes aspectos antropológicos, embora desafiadores, são imprescindíveis para uma vida consagrada que deseje ser plenamente humana e por isso acreditável.   Leia mais clicando aqui   InfoANS   Leia também: Refletir sobre os dados estatísticos de 2012
Published in Reitor-mor
A empresa alemã "Grohe", líder mundial em metais sanitários, e a ONG salesiana  "Dom Bosco Mondo", com sede em Bonn, na Alemanha, receberam, no dia 26 de novembro, um prêmio de inovação do Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento. Ambas as instituições desenvolvem um projeto de qualificação profissional  dos jovens, como parte de uma parceria local com o "Bosco Learning Center" em Kurla, Mumbai, dirigido pelo padre salesiano, Adolph Furtado. A interação entre as duas instituições surgiu na academia "Grohe-Jal", que desde 2009 está envolvida na formação de jovens encanadores e profissionais no campo da gestão da água.   O prêmio foi apresentado pelo secretário do Parlamento, Gudrun Kopp, durante uma cerimônia organizada pela Sociedade Alemã para a Cooperação Internacional (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit), em Berlim.  O diretor da ONG "Dom Bosco Mondo", Christian Osterhaus, recebeu o prêmio em nome da ONG e Ulrike Heuser-Greipl, vice-presidente sênior da indústria "Relações Públicas e Investidores, recebeu o prêmio, em nome da "Grohe AG".    Por meio do projeto realizado pelas instituições é possível formar encanadores qualificados para empresas conceituadas e oferecer emprego a jovens provenientes de regiões muito pobres. Com uma boa formação profissional, os jovens podem quebrar o ciclo da pobreza e construir uma carreira.   Quase todos os alunos egressos da academia conseguem encontrar emprego. Um exemplo poderia ser o jovem Trushant , que terminou a sua formação em 2011 e atualmente  estuda engenharia, "Eu nunca pensei que esta etapa seria possível. Mas após o treino na Academia, "Grohe-Jal" no centro salesiano, pude acreditar em mim mesmo”, disse o jovem.   InfoANS
Published in Internacionais
No próximo domingo,  dia 21 de outubro, a Igreja no Brasil e no mundo celebra o Dia Mundial das Missões. Trata-se de um grande acontecimento e uma oportunidade de fazer sentir a vocação missionária da Igreja. O documento Redemptoris Missio, Encíclica do papa João Paulo II sobre a validade permanente do mandato missionário, exorta, “todas as Igrejas e os pastores, os sacerdotes, os religiosos e os fiéis, a se abrirem à universalidade da Igreja, evitando toda a forma de particularismo, exclusivismo, ou qualquer sentimento de autossuficiência (RM 85)”.   Em outras palavras, o documento faz um apelo a toda a Igreja: de se abrir para Missão além-fronteiras, conforme o mandato do próprio Jesus Cristo. A Igreja “foi enviada para manifestar e comunicar a caridade de Deus a todos os homens e povos (Jo 10, 10)”, mandato que o Redemptoris Missio também frisa. “Esta Missão é única, sendo a mesma a sua origem e fim; mas, na sua dinâmica de realização, há diversas funções e atividades. Antes de tudo está a ação missionária denominada ‘missão ad gentes’”.   O Dia Mundial das Missões tem o objetivo de celebrar a unidade da Igreja por meio da partilha e da fraternidade. Os filhos de Deus, nesse dia, devem festejar a universalidade da Missão em colaboração intensa e espiritual de generosa ajuda. O ato do papa Pio XI na solenidade de Pentecostes de 1922 sintetiza o que deveria ser o Dia Mundial das Missões dali em diante. O pontífice interrompeu sua homilia e, em meio a impressionante silêncio, tomou seu solidéu, fazendo-o passar entre a multidão de bispos, presbíteros e fiéis na Basílica de São Pedro, no Vaticano, enquanto pedia a toda a Igreja ajuda para as Missões.   O primeiro Dia Mundial das Missões foi celebrado em 1927 e, em 19 de outubro de 1985, o papa João Paulo II lembrou a origem do Dia, falando aos fiéis da Igreja de Sassari, durante sua viagem pastoral à Sardenha. “Nunca venha a faltar o espírito missionário que animou as testemunhas de Cristo nesta cidade. Todo mundo sabe que o Dia Mundial das Missões foi sugerido em uma reunião do Círculo Missionário do seminário provincial de Sassari em 1926, então governado pelos padres vicentinos, entre os quais se destacava pelo zelo apostólico o padre Giovanni Battista Manzella”.   Leia mais em CNBB
Published in Nacionais
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  Next 
  •  End 
Page 1 of 2