Família unida no isolamento da Covid-19

Monday, 29 June 2020 15:16 Written by  Padre Valdemar Pereira dos Santos, SDB
Família unida no isolamento da Covid-19 Pixabay (Domínio público
A convivência em família é o tema do novo cordel do poeta e educador padre Valdemar Pereira, da comunidade de Salvador, Bahia.

 

A lei do isolamento
Do convívio social
É um preceito exigente,
Principio fundamental,
Pra se evitar contágio
Dessa infecção viral.

 

Confinar-se à família,
Distante do social,
Causa até monotonia,
Nervosismo e coisa e tal...
É preciso paciência,
Isto é penitencial.

 

Sabemos que na família
Nem todos somos iguais.
Um maior, outros menores,
Há os que são “radicais”.
Mas, a gente compreende,
Somos humanos, mortais.

 

Às vezes temos as “briguinhas”
Discussões, afobamentos,
Mas, isso também faz parte,
São passageiros momentos.
Importante é perdoar
E jogar no esquecimento...

 

Perdoar é uma virtude,
Humano-divina e bela.
Se a pessoa me insulta,
Provocando uma querela...
Perde tempo em pensar
Que eu fico com raiva dela. 

 

Só no verdadeiro amor
Há sincera aceitação
Daquilo que o outro é,
Sem nenhuma imposição.
Porque o essencial
Só se vê com o coração!

 

Controlar as emoções
Exige serenidade...
Quem não aprende a ouvir 
Faz da vida tempestade.
Quem muito se angústia
Não vive a fraternidade 

 

Cada crise em nossa vida
Traz sempre uma lição.
Amanhã será melhor...
Fé em Deus e oração
Tudo que é ruim vai passar
Só o amor não passa não!        

                                               

A  COVID ‘desenove”
Veio sem pedir licença.
Essa “turista malvada”
Merece um tapa na venta...
Vá embora, desgraçada,
“Terrorosa”... Virulenta!...

 

Musicado: família unida na fraternidade é dom de deus, é graça, é santidade

 

Padre Valdemar Pereira dos Santos, SDB

 

Leia também: 
Santo Antônio e os festejos juninos...

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 29 June 2020 15:23

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Família unida no isolamento da Covid-19

Monday, 29 June 2020 15:16 Written by  Padre Valdemar Pereira dos Santos, SDB
Família unida no isolamento da Covid-19 Pixabay (Domínio público
A convivência em família é o tema do novo cordel do poeta e educador padre Valdemar Pereira, da comunidade de Salvador, Bahia.

 

A lei do isolamento
Do convívio social
É um preceito exigente,
Principio fundamental,
Pra se evitar contágio
Dessa infecção viral.

 

Confinar-se à família,
Distante do social,
Causa até monotonia,
Nervosismo e coisa e tal...
É preciso paciência,
Isto é penitencial.

 

Sabemos que na família
Nem todos somos iguais.
Um maior, outros menores,
Há os que são “radicais”.
Mas, a gente compreende,
Somos humanos, mortais.

 

Às vezes temos as “briguinhas”
Discussões, afobamentos,
Mas, isso também faz parte,
São passageiros momentos.
Importante é perdoar
E jogar no esquecimento...

 

Perdoar é uma virtude,
Humano-divina e bela.
Se a pessoa me insulta,
Provocando uma querela...
Perde tempo em pensar
Que eu fico com raiva dela. 

 

Só no verdadeiro amor
Há sincera aceitação
Daquilo que o outro é,
Sem nenhuma imposição.
Porque o essencial
Só se vê com o coração!

 

Controlar as emoções
Exige serenidade...
Quem não aprende a ouvir 
Faz da vida tempestade.
Quem muito se angústia
Não vive a fraternidade 

 

Cada crise em nossa vida
Traz sempre uma lição.
Amanhã será melhor...
Fé em Deus e oração
Tudo que é ruim vai passar
Só o amor não passa não!        

                                               

A  COVID ‘desenove”
Veio sem pedir licença.
Essa “turista malvada”
Merece um tapa na venta...
Vá embora, desgraçada,
“Terrorosa”... Virulenta!...

 

Musicado: família unida na fraternidade é dom de deus, é graça, é santidade

 

Padre Valdemar Pereira dos Santos, SDB

 

Leia também: 
Santo Antônio e os festejos juninos...

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 29 June 2020 15:23

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.