É possível ser Santo nos passos de Dom Bosco?

Friday, 15 January 2021 15:19 Written by  Noviço Salesiano Fernando Campos Peixoto
Deus ofereceu à Igreja um grande presente: Dom Bosco. E por isso, hoje, a Família Salesiana agradece a Deus por este grande exemplo de amor, dedicação, trabalho e santidade.


Todavia, uma pergunta invade os corações nesse momento: é possível ser santo, ainda hoje, seguindo os passos de Dom Bosco?

Em primeiro lugar deve-se compreender o que a Igreja entende por santidade. São os fiéis que: “[...] praticaram heroicamente as virtudes e viveram na fidelidade à graça de Deus”. CIC . E ainda: “[...] o primeiro e mais necessário dom é a caridade, com que amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo por amor d'Ele. [...] pois, pela caridade para com Deus e o próximo que se caracteriza o verdadeiro discípulo de Cristo”.

Pode-se ver tais descrições caracterizadas na vida do santo dos jovens, Dom Bosco. Que soube corresponder ao amor de Deus de forma heroica. Amou os seus e amou-os até o fim. Gastou a sua vida pelo outro, especialmente, pelos jovens pobres e abandonados de Turim. Desde muito pequeno, empenhou-se por viver santamente. Suas atitudes tornaram-se um modelo verdadeiro de virtudes. E o melhor, ele quis transmitir tudo isso aos jovens.

Com o intuito de enriquecer os pobres e demonstrar a sua dignidade, amou cada jovem, colocando-se à disposição de cada um por amor a Deus. Ofereceu-lhes condições dignas e oportunidades para a vivência da santidade. Ensinou-lhes que todos são dignos e que Deus tem predileção por cada coração sincero e humilde.

Assim sendo, Dom Bosco enriqueceu o mundo com seu modo de vida, sua doação e seu amor à juventude. Fez-se pobre por amor aos seus meninos, e com eles viveu a sua santidade. Fez isso de maneira simples, em meio a um ambiente de vivência e prática de virtudes, sobretudo, a da caridade. Mesmo com suas dificuldades humanas, pois era feito da mesma condição de qualquer pessoa, Dom Bosco viveu sempre com muita alegria e confiança em Deus, assumindo com zelo a condição de santidade. Entregou-se sem reservas à graça de Deus, que por sua vez, também atuou sem pequenez em seu favor.

Qual o caminho de Dom Bosco para a santidade?

A escola salesiana da santidade. Escola que, ao longo da sua história, tem formado grandes homens e mulheres, santos e santas para a Igreja e para o mundo. Santos que Dom Bosco conheceu em vida, como: São Domingos Sávio e Madre Mazzarelo. E tudo isso foi possível seguindo apenas três passos simples: alegria, trabalho bem feito e criatividade em conquistar almas para Deus (caridade).
Este mesmo caminho também é indicado pelo Papa Francisco em sua Exortação Apostólica Pós-Sinodal Querida Amazônia: “Hoje é indispensável mostrar que a santidade não priva as pessoas de forças, vida e alegria” .


E como ter certeza de que o caminho ensinado por Dom Bosco é correto?

De um modo bem simples: apenas olhando a história de suas fundações, dentre elas, por exemplo, a Sociedade de São Francisco de Sales e as Filhas de Maria Auxiliadoras; caminho de santidade reconhecidos pela Igreja por meio de seus frutos. Estes são os santos e beatos que seguiram os passos de Dom Bosco. São as flores que no jardim salesiano embelezam os céus. Flores que a Igreja recolheu, reconheceu e apresenta a todos os cristãos como modelo de santidade.

Foram modelos de vida que cresceram em todas as partes da Terra, trilharam o caminho Salesiano para a santidade. Alguns deles:


São Luis Guanella- Itália (1842-1915)
São Luigi Versiglia – Itália (1873-1930)
Beata Laura Vicuña- Chile (1891-1904)
Beata Alexandrina da Costa – Portugal (1904-1955)
Beato Zeferino Namuncurá- Argentina (1886-1905)
Beato ArtemideZatti–Itália (1880-1955)
Servo de Deus Dom Antonio Lustosa –Brasil (1886-1974)
Sevo de Deus Rodolfo Lunkenbein– mártir em terras brasileiras (1939-1976)

Nesse sentindo, a escola de santidade salesiana é possível a todos. Ela é feita, sobretudo, pela entrega à Deus por meio da vivência das virtudes do amor, da caridade e da alegria. E por tudo isso, agradecemos ao Senhor por Dom Bosco. Presente tão esplêndido para a Igreja e para cada jovem.

Com alegria, sigamos o caminho da santidade proposto por Dom Bosco.


Noviço Salesiano Fernando Campos Peixoto, Bacharel em Teologia pela Universidade Católica D. Bosco de Campo Grande, MS.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 15 January 2021 15:43

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


É possível ser Santo nos passos de Dom Bosco?

Friday, 15 January 2021 15:19 Written by  Noviço Salesiano Fernando Campos Peixoto
Deus ofereceu à Igreja um grande presente: Dom Bosco. E por isso, hoje, a Família Salesiana agradece a Deus por este grande exemplo de amor, dedicação, trabalho e santidade.


Todavia, uma pergunta invade os corações nesse momento: é possível ser santo, ainda hoje, seguindo os passos de Dom Bosco?

Em primeiro lugar deve-se compreender o que a Igreja entende por santidade. São os fiéis que: “[...] praticaram heroicamente as virtudes e viveram na fidelidade à graça de Deus”. CIC . E ainda: “[...] o primeiro e mais necessário dom é a caridade, com que amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo por amor d'Ele. [...] pois, pela caridade para com Deus e o próximo que se caracteriza o verdadeiro discípulo de Cristo”.

Pode-se ver tais descrições caracterizadas na vida do santo dos jovens, Dom Bosco. Que soube corresponder ao amor de Deus de forma heroica. Amou os seus e amou-os até o fim. Gastou a sua vida pelo outro, especialmente, pelos jovens pobres e abandonados de Turim. Desde muito pequeno, empenhou-se por viver santamente. Suas atitudes tornaram-se um modelo verdadeiro de virtudes. E o melhor, ele quis transmitir tudo isso aos jovens.

Com o intuito de enriquecer os pobres e demonstrar a sua dignidade, amou cada jovem, colocando-se à disposição de cada um por amor a Deus. Ofereceu-lhes condições dignas e oportunidades para a vivência da santidade. Ensinou-lhes que todos são dignos e que Deus tem predileção por cada coração sincero e humilde.

Assim sendo, Dom Bosco enriqueceu o mundo com seu modo de vida, sua doação e seu amor à juventude. Fez-se pobre por amor aos seus meninos, e com eles viveu a sua santidade. Fez isso de maneira simples, em meio a um ambiente de vivência e prática de virtudes, sobretudo, a da caridade. Mesmo com suas dificuldades humanas, pois era feito da mesma condição de qualquer pessoa, Dom Bosco viveu sempre com muita alegria e confiança em Deus, assumindo com zelo a condição de santidade. Entregou-se sem reservas à graça de Deus, que por sua vez, também atuou sem pequenez em seu favor.

Qual o caminho de Dom Bosco para a santidade?

A escola salesiana da santidade. Escola que, ao longo da sua história, tem formado grandes homens e mulheres, santos e santas para a Igreja e para o mundo. Santos que Dom Bosco conheceu em vida, como: São Domingos Sávio e Madre Mazzarelo. E tudo isso foi possível seguindo apenas três passos simples: alegria, trabalho bem feito e criatividade em conquistar almas para Deus (caridade).
Este mesmo caminho também é indicado pelo Papa Francisco em sua Exortação Apostólica Pós-Sinodal Querida Amazônia: “Hoje é indispensável mostrar que a santidade não priva as pessoas de forças, vida e alegria” .


E como ter certeza de que o caminho ensinado por Dom Bosco é correto?

De um modo bem simples: apenas olhando a história de suas fundações, dentre elas, por exemplo, a Sociedade de São Francisco de Sales e as Filhas de Maria Auxiliadoras; caminho de santidade reconhecidos pela Igreja por meio de seus frutos. Estes são os santos e beatos que seguiram os passos de Dom Bosco. São as flores que no jardim salesiano embelezam os céus. Flores que a Igreja recolheu, reconheceu e apresenta a todos os cristãos como modelo de santidade.

Foram modelos de vida que cresceram em todas as partes da Terra, trilharam o caminho Salesiano para a santidade. Alguns deles:


São Luis Guanella- Itália (1842-1915)
São Luigi Versiglia – Itália (1873-1930)
Beata Laura Vicuña- Chile (1891-1904)
Beata Alexandrina da Costa – Portugal (1904-1955)
Beato Zeferino Namuncurá- Argentina (1886-1905)
Beato ArtemideZatti–Itália (1880-1955)
Servo de Deus Dom Antonio Lustosa –Brasil (1886-1974)
Sevo de Deus Rodolfo Lunkenbein– mártir em terras brasileiras (1939-1976)

Nesse sentindo, a escola de santidade salesiana é possível a todos. Ela é feita, sobretudo, pela entrega à Deus por meio da vivência das virtudes do amor, da caridade e da alegria. E por tudo isso, agradecemos ao Senhor por Dom Bosco. Presente tão esplêndido para a Igreja e para cada jovem.

Com alegria, sigamos o caminho da santidade proposto por Dom Bosco.


Noviço Salesiano Fernando Campos Peixoto, Bacharel em Teologia pela Universidade Católica D. Bosco de Campo Grande, MS.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 15 January 2021 15:43

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.