Oito fatos que você precisa conhecer sobre o Instituto das FMA Destaque

Quinta, 04 Agosto 2022 19:58 Escrito por  Redação
O que você conhece sobre o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora? Veja a seguir oito fatos e curiosidades que você precisa saber sobre a história das FMA.  

Salesianas de Dom Bosco

O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) foi fundado por São João Bosco e teve como cofundadora Santa Maria Domingas Mazzarello. Desde o seu início, o Instituto faz parte da Família Salesiana e compartilha da mesma proposta educativa e evangelizadora. Por isso, as FMA também são conhecidas como Irmãs Salesianas ou Salesianas de Dom Bosco.

 

Maria Mazzarello e a educação das meninas

As 11 jovens que iniciaram o Instituto das FMA já trabalhavam com a educação e a evangelização das moças em Mornese, na Itália. No início da década de 1860, Maria Mazzarello abriu uma oficina de costura para ensinar as meninas pobres, um oratório festivo e depois uma casa de acolhida para crianças sem família. Foi ajudada nesta missão por outras jovens pertencentes, como ela, à Associação das Filhas da Imaculada.

 

Madre-geral

A superiora do Instituto das FMA é chamada de Madre-geral e realiza a sua tarefa de animação, governo e orientação das Irmãs Salesianas como uma verdadeira Mãe, visitando pessoalmente as presenças das FMA em todo o mundo e coordenando as atividades e realizações do Instituto. A primeira Madre-geral foi Madre Mazzarello e atualmente o Instituto é coordenado por sua décima sucessora, Madre Chiara Cazzuola.

 

Cartas inspiradoras

Durante o período em que esteve à frente do Instituto (1872-1881), Madre Mazzarello visitava as casas e, quando não era possível estar presente fisicamente, escrevia cartas de incentivo e de formação espiritual e humana para as Irmãs FMA. Essas cartas são até hoje fonte de inspiração para a continuidade da proposta educativa das Filhas de Maria Auxiliadora e de toda Família Salesiana.

 

Mudança de sede

Em 1879, a Casa-mãe das Filhas de Maria Auxiliadora foi transferida para Nizza Monferrato, em outra região da Itália (Asti). Ali, o Instituto abriu a primeira Escola Normal, como se chamava na época, para a formação de professoras, e experimentou um grande impulso vocacional e missionário.

 

Missionárias

A dimensão missionária é fundamental para as Irmãs Salesianas. Apenas cinco anos após a fundação do Instituto, em 1877, as Filhas de Maria Auxiliadora chegaram à América, inicialmente no Uruguai. Antes da virada do século, já estavam também na Ásia (1891) e na África (1893). O último continente a receber as Irmãs FMA foi a Oceania, em 1954.

 

FMA no Brasil

As FMA chegaram aqui no Brasil em 1892, vindas do Uruguai, e não da Itália. Iniciaram suas atividades no Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Guaratinguetá, SP. Entre essas primeiras missionárias havia italianas, uruguaias e uma brasileira: Ir. Anna Couto havia entrado no Instituto no Uruguai e, por motivo de saúde, foi enviada de volta ao Brasil.

 

No mundo todo

Atualmente, o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora congrega 11.535 Irmãs, em 97 países. Nesses locais, as FMA mantêm oratórios e centros juvenis, escolas de educação básica e centros de formação profissional, instituições de ensino superior, obras voltadas para crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social e centros de espiritualidade e de promoção da mulher.

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 05 Agosto 2022 20:44

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Oito fatos que você precisa conhecer sobre o Instituto das FMA Destaque

Quinta, 04 Agosto 2022 19:58 Escrito por  Redação
O que você conhece sobre o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora? Veja a seguir oito fatos e curiosidades que você precisa saber sobre a história das FMA.  

Salesianas de Dom Bosco

O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) foi fundado por São João Bosco e teve como cofundadora Santa Maria Domingas Mazzarello. Desde o seu início, o Instituto faz parte da Família Salesiana e compartilha da mesma proposta educativa e evangelizadora. Por isso, as FMA também são conhecidas como Irmãs Salesianas ou Salesianas de Dom Bosco.

 

Maria Mazzarello e a educação das meninas

As 11 jovens que iniciaram o Instituto das FMA já trabalhavam com a educação e a evangelização das moças em Mornese, na Itália. No início da década de 1860, Maria Mazzarello abriu uma oficina de costura para ensinar as meninas pobres, um oratório festivo e depois uma casa de acolhida para crianças sem família. Foi ajudada nesta missão por outras jovens pertencentes, como ela, à Associação das Filhas da Imaculada.

 

Madre-geral

A superiora do Instituto das FMA é chamada de Madre-geral e realiza a sua tarefa de animação, governo e orientação das Irmãs Salesianas como uma verdadeira Mãe, visitando pessoalmente as presenças das FMA em todo o mundo e coordenando as atividades e realizações do Instituto. A primeira Madre-geral foi Madre Mazzarello e atualmente o Instituto é coordenado por sua décima sucessora, Madre Chiara Cazzuola.

 

Cartas inspiradoras

Durante o período em que esteve à frente do Instituto (1872-1881), Madre Mazzarello visitava as casas e, quando não era possível estar presente fisicamente, escrevia cartas de incentivo e de formação espiritual e humana para as Irmãs FMA. Essas cartas são até hoje fonte de inspiração para a continuidade da proposta educativa das Filhas de Maria Auxiliadora e de toda Família Salesiana.

 

Mudança de sede

Em 1879, a Casa-mãe das Filhas de Maria Auxiliadora foi transferida para Nizza Monferrato, em outra região da Itália (Asti). Ali, o Instituto abriu a primeira Escola Normal, como se chamava na época, para a formação de professoras, e experimentou um grande impulso vocacional e missionário.

 

Missionárias

A dimensão missionária é fundamental para as Irmãs Salesianas. Apenas cinco anos após a fundação do Instituto, em 1877, as Filhas de Maria Auxiliadora chegaram à América, inicialmente no Uruguai. Antes da virada do século, já estavam também na Ásia (1891) e na África (1893). O último continente a receber as Irmãs FMA foi a Oceania, em 1954.

 

FMA no Brasil

As FMA chegaram aqui no Brasil em 1892, vindas do Uruguai, e não da Itália. Iniciaram suas atividades no Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Guaratinguetá, SP. Entre essas primeiras missionárias havia italianas, uruguaias e uma brasileira: Ir. Anna Couto havia entrado no Instituto no Uruguai e, por motivo de saúde, foi enviada de volta ao Brasil.

 

No mundo todo

Atualmente, o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora congrega 11.535 Irmãs, em 97 países. Nesses locais, as FMA mantêm oratórios e centros juvenis, escolas de educação básica e centros de formação profissional, instituições de ensino superior, obras voltadas para crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social e centros de espiritualidade e de promoção da mulher.

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 05 Agosto 2022 20:44

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.