Salesianos de Serra Leoa inauguram serviço para assistência de jovens detentos

Monday, 18 November 2013 13:06 Written by  InfoANS
Salesianos de Serra Leoa inauguram serviço para assistência de jovens detentos InfoANS
A Comunidade Salesiana de Freetown, na Serra Leoa, estendeu mais ainda o seu serviço em favor dos jovens necessitados e marginalizados. Agora, graças a um centro de atendimento juvenil que foi instalado no “Presídio Central” da cidade, no dia 1° de novembro.

A cerimônia de início oficial do centro foi realizada no dia 8 de novembro com a participação da comunidade salesiana local e dos internos do presídio. Na ocasião, o padre salesiano, Ubaldino Andrade, diretor da Comunidade, presidiu uma missa.
 

Diariamente, no período de quatro horas, o centro contará com dois assistentes sociais e três assistentes pedagógicos que ficarão à disposição para consultoria, reabilitação e reinserção dos detentos. O projeto prevê também a ampliação das pastorais no cárcere – além da celebração Eucarística semanal e da possibilidade de confissões, toda sexta-feira, se prevê um momento de oração no estilo de Taizé – e a construção de novos espaços.
 

Para a oficialização do projeto, foram necessários vários acordos seguidos da assinatura de um  “Memorando de Intenções”, entre a ‘Obra Don Bosco Fambul’ e a ‘Direção Carcerária’, de Serra Leoa. A organização pedagógico-administrativa e o planejamento de todos os projetos competem à Obra ‘Don Bosco Fambul’. Os projetos e os planos de construção serão programados juntos e deverão ser concordados por unanimidade. Uma equipe de supervisão, composta por três membros de cada entidade parceira, acompanhará e dirigirá a cooperação. O protocolo de entendimento foi assinado na sede do ‘Don Bosco Fambul’.
 

O Presídio central, também chamado “Prison Pademba” foi construído para receber 300 detentos. Mas atualmente atende 1.712 . As condições do cárcere são duras. Mais de uma vez, nos últimos anos, a ONG ‘Don Bosco Fambul’ sublinhou que as condições de vida dos detentos não respeitam de modo nenhum as normas internacionais.
 

Muitos dos presos morrem por excesso de pessoas, pelas péssimas condições de higiene, violências e doenças. Faltam camas, colchões, ambientes sanitários. O fornecimento de água é insuficiente. Muitos ambientes estão de tal forma deteriorados, que simplesmente vêm abaixo. Os problemas principais são: falta de ambientes sanitários, de cuidados médicos e  alimentação. Segundo as estimativas dos salesianos, cerca de 350 menores estão na prisão por causa de pequenos delitos: e a muitos é negada a assistência legal.
 

InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 18 November 2013 14:31

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Salesianos de Serra Leoa inauguram serviço para assistência de jovens detentos

Monday, 18 November 2013 13:06 Written by  InfoANS
Salesianos de Serra Leoa inauguram serviço para assistência de jovens detentos InfoANS
A Comunidade Salesiana de Freetown, na Serra Leoa, estendeu mais ainda o seu serviço em favor dos jovens necessitados e marginalizados. Agora, graças a um centro de atendimento juvenil que foi instalado no “Presídio Central” da cidade, no dia 1° de novembro.

A cerimônia de início oficial do centro foi realizada no dia 8 de novembro com a participação da comunidade salesiana local e dos internos do presídio. Na ocasião, o padre salesiano, Ubaldino Andrade, diretor da Comunidade, presidiu uma missa.
 

Diariamente, no período de quatro horas, o centro contará com dois assistentes sociais e três assistentes pedagógicos que ficarão à disposição para consultoria, reabilitação e reinserção dos detentos. O projeto prevê também a ampliação das pastorais no cárcere – além da celebração Eucarística semanal e da possibilidade de confissões, toda sexta-feira, se prevê um momento de oração no estilo de Taizé – e a construção de novos espaços.
 

Para a oficialização do projeto, foram necessários vários acordos seguidos da assinatura de um  “Memorando de Intenções”, entre a ‘Obra Don Bosco Fambul’ e a ‘Direção Carcerária’, de Serra Leoa. A organização pedagógico-administrativa e o planejamento de todos os projetos competem à Obra ‘Don Bosco Fambul’. Os projetos e os planos de construção serão programados juntos e deverão ser concordados por unanimidade. Uma equipe de supervisão, composta por três membros de cada entidade parceira, acompanhará e dirigirá a cooperação. O protocolo de entendimento foi assinado na sede do ‘Don Bosco Fambul’.
 

O Presídio central, também chamado “Prison Pademba” foi construído para receber 300 detentos. Mas atualmente atende 1.712 . As condições do cárcere são duras. Mais de uma vez, nos últimos anos, a ONG ‘Don Bosco Fambul’ sublinhou que as condições de vida dos detentos não respeitam de modo nenhum as normas internacionais.
 

Muitos dos presos morrem por excesso de pessoas, pelas péssimas condições de higiene, violências e doenças. Faltam camas, colchões, ambientes sanitários. O fornecimento de água é insuficiente. Muitos ambientes estão de tal forma deteriorados, que simplesmente vêm abaixo. Os problemas principais são: falta de ambientes sanitários, de cuidados médicos e  alimentação. Segundo as estimativas dos salesianos, cerca de 350 menores estão na prisão por causa de pequenos delitos: e a muitos é negada a assistência legal.
 

InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 18 November 2013 14:31

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.