“Experimentei a Igreja dos pobres, a Igreja que anseia pelos sacramentos”

Thursday, 04 May 2017 12:22 Written by  Padre Sławomir Drapiewski, SDB
O padre salesiano Sławomir Drapiewski, polonês, foi enviado como missionário para a Amazônia, chegando em terras brasileiras em setembro de 2016. Em uma carta, ele fala das suas primeiras impressões sobre a sua missão e da experiência de Páscoa entre os habitantes da floresta.

Cheguei há alguns meses em Manaus. Minhas primeiras experiências foram totalmente diferentes das que vivera antes. Agora vivo em meio a um calor constante e grande umidade. A alimentação é totalmente diferente. Tento falar uma língua diversa da minha língua-mãe, o polonês. (...)

 

Os últimos dias da Semana Santa foram uma experiência maravilhosa. Na manhã da Quinta-feira Santa fomos para fora da cidade e animamos as celebrações para as pessoas que vivem naqueles lugares. Embora não estivéssemos na floresta profunda, o panorama é belíssimo e surpreendente. As casas são modestas, distantes entre si, e o povo, embora pobre, é feliz.

 

Nosso trabalho foi preparar a liturgia, visitar as famílias, rezar e anunciar o Evangelho. Desde o início, as pessoas não conseguiam esconder a felicidade pela presença de um sacerdote que celebrava a missa para eles. É a primeira vez que se celebrou o Tríduo Pascal naqueles lugares: foi muito bonito ver a alegria e a participação das pessoas.

 

Durante o dia, visitei idosos, doentes e famílias. Em cada casa compartilhamos o amor e a esperança de Cristo. Espero que tenhamos atingido sucesso...

 

A pobreza, os problemas de saúde, a falta de educação, deixaram-me muitas perguntas. O mais emocionante foi o desejo das pessoas de receberem Cristo. Permanecem na minha memória as lágrimas nos olhos do povo quando eu falava do amor de Jesus.

 

Experimentei, por alguns dias, a Igreja dos pobres, a Igreja que anseia pelos sacramentos em meio à simplicidade. O serviço missionário é necessário para levar a chama da esperança e da fé em Cristo. Agradeço a Deus por este tempo... Por todos os esforços, pelas confissões, pelas unções dos enfermos, oração e Eucaristia

Fonte: Info ANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 29 June 2017 11:11

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


“Experimentei a Igreja dos pobres, a Igreja que anseia pelos sacramentos”

Thursday, 04 May 2017 12:22 Written by  Padre Sławomir Drapiewski, SDB
O padre salesiano Sławomir Drapiewski, polonês, foi enviado como missionário para a Amazônia, chegando em terras brasileiras em setembro de 2016. Em uma carta, ele fala das suas primeiras impressões sobre a sua missão e da experiência de Páscoa entre os habitantes da floresta.

Cheguei há alguns meses em Manaus. Minhas primeiras experiências foram totalmente diferentes das que vivera antes. Agora vivo em meio a um calor constante e grande umidade. A alimentação é totalmente diferente. Tento falar uma língua diversa da minha língua-mãe, o polonês. (...)

 

Os últimos dias da Semana Santa foram uma experiência maravilhosa. Na manhã da Quinta-feira Santa fomos para fora da cidade e animamos as celebrações para as pessoas que vivem naqueles lugares. Embora não estivéssemos na floresta profunda, o panorama é belíssimo e surpreendente. As casas são modestas, distantes entre si, e o povo, embora pobre, é feliz.

 

Nosso trabalho foi preparar a liturgia, visitar as famílias, rezar e anunciar o Evangelho. Desde o início, as pessoas não conseguiam esconder a felicidade pela presença de um sacerdote que celebrava a missa para eles. É a primeira vez que se celebrou o Tríduo Pascal naqueles lugares: foi muito bonito ver a alegria e a participação das pessoas.

 

Durante o dia, visitei idosos, doentes e famílias. Em cada casa compartilhamos o amor e a esperança de Cristo. Espero que tenhamos atingido sucesso...

 

A pobreza, os problemas de saúde, a falta de educação, deixaram-me muitas perguntas. O mais emocionante foi o desejo das pessoas de receberem Cristo. Permanecem na minha memória as lágrimas nos olhos do povo quando eu falava do amor de Jesus.

 

Experimentei, por alguns dias, a Igreja dos pobres, a Igreja que anseia pelos sacramentos em meio à simplicidade. O serviço missionário é necessário para levar a chama da esperança e da fé em Cristo. Agradeço a Deus por este tempo... Por todos os esforços, pelas confissões, pelas unções dos enfermos, oração e Eucaristia

Fonte: Info ANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 29 June 2017 11:11

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.