“Ser missionário é saber ouvir!” – Depoimento de um jovem missionário

Thursday, 17 January 2019 12:33 Written by  Missionário Silvério Scaburri, de Massaranduba, SC
Ser missionário para mim é uma grande bênção. Participar de mais um projeto missionário é espetacular!  

São duas semanas que podemos conhecer outras pessoas, outros costumes e outras realidades. Nos meus 24 anos de idade já tive a oportunidade de estar em três projetos missionários “PMJ”, sendo eles: Campo Mourão (PR), Três de Maio (RS) e Santa Rosa (RS). Todos marcaram de alguma forma minha vida. Jamais esquecerei. É fantástico compartilhar um pouco de minha história com as pessoas e ter a graça de poder entrar nas casas para ouvir um pouco de sua vida, algo impagável e inexplicável.

 

Percebi em todas as missões que participei que o grupo, formado por pessoas muitas vezes desconhecidas, se torna em poucos dias uma Família, motivando cada dia a caminhada, e também, amenizando a saudade que vai começando a bater de casa.

 

Neste ano estou em Cascavel (PR) na Paróquia Santa Rita de Cássia, onde está sendo uma experiência ótima. Encontramo-nos com pessoas muito acolhedoras, sedentas de Deus e cheias de amor. Famílias que nos mostram como é bom deixar duas semanas e se doar na missão.

 

Penso que para ser um missionário não necessitamos de um alto conhecimento teológico ou ser um religioso consagrado, mas sim alguém que deseja estar disposto a caminhar e ouvir o que seu irmão tem a dizer, pois o restante do que vai acontecendo o Espírito Santo conduz.

Fonte: Inspetoria são Pio X

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 13 February 2019 13:41

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


“Ser missionário é saber ouvir!” – Depoimento de um jovem missionário

Thursday, 17 January 2019 12:33 Written by  Missionário Silvério Scaburri, de Massaranduba, SC
Ser missionário para mim é uma grande bênção. Participar de mais um projeto missionário é espetacular!  

São duas semanas que podemos conhecer outras pessoas, outros costumes e outras realidades. Nos meus 24 anos de idade já tive a oportunidade de estar em três projetos missionários “PMJ”, sendo eles: Campo Mourão (PR), Três de Maio (RS) e Santa Rosa (RS). Todos marcaram de alguma forma minha vida. Jamais esquecerei. É fantástico compartilhar um pouco de minha história com as pessoas e ter a graça de poder entrar nas casas para ouvir um pouco de sua vida, algo impagável e inexplicável.

 

Percebi em todas as missões que participei que o grupo, formado por pessoas muitas vezes desconhecidas, se torna em poucos dias uma Família, motivando cada dia a caminhada, e também, amenizando a saudade que vai começando a bater de casa.

 

Neste ano estou em Cascavel (PR) na Paróquia Santa Rita de Cássia, onde está sendo uma experiência ótima. Encontramo-nos com pessoas muito acolhedoras, sedentas de Deus e cheias de amor. Famílias que nos mostram como é bom deixar duas semanas e se doar na missão.

 

Penso que para ser um missionário não necessitamos de um alto conhecimento teológico ou ser um religioso consagrado, mas sim alguém que deseja estar disposto a caminhar e ouvir o que seu irmão tem a dizer, pois o restante do que vai acontecendo o Espírito Santo conduz.

Fonte: Inspetoria são Pio X

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 13 February 2019 13:41

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.