UCDB participa de pesquisa para criação de fármaco contra a COVID-19

Monday, 06 April 2020 14:27 Written by  Missão Salesiana de Mato Grosso
Além do pesquisador da UCDB, integram a pesquisa cientistas de Brasília, da Índia e de Portugal.


A Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), por meio da equipe do laboratório de Biotecnologia (Sinova Biotec), participa de pesquisa que testa diversas proteínas bioinspiradas criadas utilizando algoritmos da Universidade da Pensilvânia, Estados Unidos, para descobrir um fármaco capaz de combater o novo coronavírus.

De acordo com o professor doutor Octávio Luiz Franco, que está a frente do projeto em Campo Grande, MS, o trabalho provém de compostos bioinspirados, inicialmente de fontes naturais (vespa, veneno de serpente, entre outras), que são redesenhadas com o uso de algoritmos. “Depois de sintetizadas, vamos iniciar testes para tentar combater o novo coronavírus”, explica.

Além do pesquisador da Católica e Estados Unidos, integram a pesquisa da Universidade da Pensilvânia cientistas de Brasília, DF, da Índia e Portugal, que ficará responsável por fazer as análises de microscopia eletrônica. “Temos consciência de que não vamos encontrar a curar agora, mas já estamos pensando que outras pandemias dessas podem vir e assim estaremos ajudando a proteger a população. Parte desses compostos funcionam como antiviral para a herpes, pois a gente já testou”, conta Franco.


Fonte: Missão Salesiana de Mato Grosso

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 06 April 2020 14:32

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


UCDB participa de pesquisa para criação de fármaco contra a COVID-19

Monday, 06 April 2020 14:27 Written by  Missão Salesiana de Mato Grosso
Além do pesquisador da UCDB, integram a pesquisa cientistas de Brasília, da Índia e de Portugal.


A Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), por meio da equipe do laboratório de Biotecnologia (Sinova Biotec), participa de pesquisa que testa diversas proteínas bioinspiradas criadas utilizando algoritmos da Universidade da Pensilvânia, Estados Unidos, para descobrir um fármaco capaz de combater o novo coronavírus.

De acordo com o professor doutor Octávio Luiz Franco, que está a frente do projeto em Campo Grande, MS, o trabalho provém de compostos bioinspirados, inicialmente de fontes naturais (vespa, veneno de serpente, entre outras), que são redesenhadas com o uso de algoritmos. “Depois de sintetizadas, vamos iniciar testes para tentar combater o novo coronavírus”, explica.

Além do pesquisador da Católica e Estados Unidos, integram a pesquisa da Universidade da Pensilvânia cientistas de Brasília, DF, da Índia e Portugal, que ficará responsável por fazer as análises de microscopia eletrônica. “Temos consciência de que não vamos encontrar a curar agora, mas já estamos pensando que outras pandemias dessas podem vir e assim estaremos ajudando a proteger a população. Parte desses compostos funcionam como antiviral para a herpes, pois a gente já testou”, conta Franco.


Fonte: Missão Salesiana de Mato Grosso

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 06 April 2020 14:32

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.