ISECENSA: Rede de solidariedade e engajamento

Wednesday, 15 April 2020 12:45 Written by  Portal das FMA
ISECENSA: Rede de solidariedade e engajamento Foto: ISECENSA
Os institutos de ensino superior CENSA (ISECENSA) criam uma rede de solidariedade para atender às necessidades dos profissionais de saúde e da população do Rio de Janeiro.


Diante da pandemia do Covid-19, os Institutos Superiores do Centro Educacional de Nossa Senhora Auxiliadora (ISECENSA) estão realizando ações para contribuir. Os professores dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia, de forma voluntária, uniram-se como ‘Formiguinhas do Bem’ para a produção de roupões e máscaras faciais a serem doados aos profissionais de saúde de Campos dos Goytacazes e da região do Rio de Janeiro.

Em uma primeira fase, um grupo de 300 costureiras fez os vestidos usando o material coletado pelos professores e pela comunidade do campus universitário. Posteriormente, os laboratórios ISECENSA realizaram a embalagem e esterilização. "O uso da autoclave garante a esterilização do material que será utilizado por profissionais que estão a frente do tratamento de pacientes com o coronavírus", explica Felipe Jorge, coordenador do curso de Fisioterapia.

Os cursos de Arquitetura, Planejamento Urbano e Engenharia de Produção também aderiram à iniciativa: alunos e professores produziram telas faciais em laboratório usando impressoras 3D e corte a laser. Segundo Pompílio Reis, coordenador do curso de Engenharia de Produção, "os protetores faciais atendem às normas e requisitos da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e, neste momento, contribuem para a necessidade de EPI (equipamento de proteção individual) em hospitais".

“O comprometimento de todos é fundamental para enfrentar esse momento. Nossa intenção é manter a produção enquanto estamos dentro da pandemia ", diz a coordenadora do curso de Enfermagem, Aline Marques.

O foco da ISECENSA também está na economia, que é fortemente afetada pela pandemia do Covid-19. Nesse sentido, um parceiro do CENSA está coletando alimentos por meio dos pais dos alunos, para distribuir itens básicos de alimentos para a comunidade do Tamarindo, em Campos dos Goytacazes. Os moradores locais são essencialmente diaristas e vendedores ambulantes que estão atualmente em confinamento e não podem trabalhar.

Também foram doados materiais de higiene e limpeza ao Centro Monsenhor Severino e alimentos à Congregação das Irmãs Redentoristas, que distribuem diariamente refeições aos desabrigados. “Seguindo os nossos fundadores Dom Bosco e Madre Mazzarello, como comunidade educativa, somos solidários com os nossos irmãos”, diz a irmã Rosa Idália Pesca, diretora da CENSA.

Por meio das redes sociais, também são apresentadas propostas de exercícios físicos, leituras, cursos, vídeos motivacionais, ensino on-line, grupos de discussão, performances artísticas dos alunos e, sobretudo, redes sociais que unem a comunidade pela oração. Todos os professores dos cursos participam publicando conteúdo com relação à sua área. O material é coletado em um boletim informativo, chamado Boletim de P&D, disponível não apenas para alunos e professores, mas também para pessoas de fora, como um recurso para enfrentar o período de isolamento.

“Como educadores salesianos, seguimos o princípio da solidariedade e não devemos negligenciar esse momento único que estamos vivendo. Devemos permanecer fortes para superar essa crise e isso só será possível com a participação de todos. Não estamos fisicamente próximos, mas estamos unidos”, afirma Elizabeth Landim, vice-diretora do CENSA e ISECENSA.

“Acreditamos que desse compromisso comum emergiremos mais fortes e mais ricos no humanismo cristão. Estamos vivendo uma Páscoa real ", diz a irmã Suraya Chaloub, diretora da ISECENSA.


Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 15 April 2020 13:47

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


ISECENSA: Rede de solidariedade e engajamento

Wednesday, 15 April 2020 12:45 Written by  Portal das FMA
ISECENSA: Rede de solidariedade e engajamento Foto: ISECENSA
Os institutos de ensino superior CENSA (ISECENSA) criam uma rede de solidariedade para atender às necessidades dos profissionais de saúde e da população do Rio de Janeiro.


Diante da pandemia do Covid-19, os Institutos Superiores do Centro Educacional de Nossa Senhora Auxiliadora (ISECENSA) estão realizando ações para contribuir. Os professores dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia, de forma voluntária, uniram-se como ‘Formiguinhas do Bem’ para a produção de roupões e máscaras faciais a serem doados aos profissionais de saúde de Campos dos Goytacazes e da região do Rio de Janeiro.

Em uma primeira fase, um grupo de 300 costureiras fez os vestidos usando o material coletado pelos professores e pela comunidade do campus universitário. Posteriormente, os laboratórios ISECENSA realizaram a embalagem e esterilização. "O uso da autoclave garante a esterilização do material que será utilizado por profissionais que estão a frente do tratamento de pacientes com o coronavírus", explica Felipe Jorge, coordenador do curso de Fisioterapia.

Os cursos de Arquitetura, Planejamento Urbano e Engenharia de Produção também aderiram à iniciativa: alunos e professores produziram telas faciais em laboratório usando impressoras 3D e corte a laser. Segundo Pompílio Reis, coordenador do curso de Engenharia de Produção, "os protetores faciais atendem às normas e requisitos da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e, neste momento, contribuem para a necessidade de EPI (equipamento de proteção individual) em hospitais".

“O comprometimento de todos é fundamental para enfrentar esse momento. Nossa intenção é manter a produção enquanto estamos dentro da pandemia ", diz a coordenadora do curso de Enfermagem, Aline Marques.

O foco da ISECENSA também está na economia, que é fortemente afetada pela pandemia do Covid-19. Nesse sentido, um parceiro do CENSA está coletando alimentos por meio dos pais dos alunos, para distribuir itens básicos de alimentos para a comunidade do Tamarindo, em Campos dos Goytacazes. Os moradores locais são essencialmente diaristas e vendedores ambulantes que estão atualmente em confinamento e não podem trabalhar.

Também foram doados materiais de higiene e limpeza ao Centro Monsenhor Severino e alimentos à Congregação das Irmãs Redentoristas, que distribuem diariamente refeições aos desabrigados. “Seguindo os nossos fundadores Dom Bosco e Madre Mazzarello, como comunidade educativa, somos solidários com os nossos irmãos”, diz a irmã Rosa Idália Pesca, diretora da CENSA.

Por meio das redes sociais, também são apresentadas propostas de exercícios físicos, leituras, cursos, vídeos motivacionais, ensino on-line, grupos de discussão, performances artísticas dos alunos e, sobretudo, redes sociais que unem a comunidade pela oração. Todos os professores dos cursos participam publicando conteúdo com relação à sua área. O material é coletado em um boletim informativo, chamado Boletim de P&D, disponível não apenas para alunos e professores, mas também para pessoas de fora, como um recurso para enfrentar o período de isolamento.

“Como educadores salesianos, seguimos o princípio da solidariedade e não devemos negligenciar esse momento único que estamos vivendo. Devemos permanecer fortes para superar essa crise e isso só será possível com a participação de todos. Não estamos fisicamente próximos, mas estamos unidos”, afirma Elizabeth Landim, vice-diretora do CENSA e ISECENSA.

“Acreditamos que desse compromisso comum emergiremos mais fortes e mais ricos no humanismo cristão. Estamos vivendo uma Páscoa real ", diz a irmã Suraya Chaloub, diretora da ISECENSA.


Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 15 April 2020 13:47

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.