Guia de Ferramentas Digitais no Contexto da Educação de Surdos

Friday, 26 June 2020 14:49 Written by  RSB-Escolas
O guia foi desenvolvido pelo professor do Colégio Salesiano Dom Bosco de Parnamirim, RN, Everton Brito.


A fim de promover o conhecimento científico e a inclusão social, o professor do Colégio Salesiano Dom Bosco de Parnamirim, RN, Everton Brito, pós-graduado pelo Programa de Pós-Graduação de Inovação em Tecnologias Educacionais (PPgITE), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), desenvolveu, como produto de dissertação, o Guia de Ferramentas Digitais no Contexto da Educação de Surdos.

A iniciativa tem como principal objetivo ensinar como ferramentas digitais como Kahoot, Mentimeter, Canva e Google Forms podem contribuir com o processo de ensino e aprendizagem da pessoa surda em qualquer nível de formação.

O guia traz uma série de atividades que estimulam habilidades como raciocínio lógico, compreensão em leitura, análise e reflexão sobre linguagens, entre outras.

O produto é resultado de uma série de pesquisas feitas entre 2018 e 2020 sobre o uso de ferramentas digitais aplicadas à educação no contexto inclusivo e bilíngue, tendo como principal público-alvo professores, estudantes e pesquisadores de educação inclusiva para surdos.

O estudo foi orientado pela professora doutora Flávia Roldan Viana (CE-UFRN) e contou com a consulta de docentes da educação básica que atuam com atendimento especializado, estudantes do Programa de Residência Pedagógica e graduandos dos cursos de Letras Língua Portuguesa e Libras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Sala de Aula

As atividades propostas pelo guia podem ser feitas tanto em sala de aula, de modo inclusivo, como em salas com recursos multifuncionais, específicas para o atendimento educacional especializado.

Dependendo do exercício escolhido, os professores podem fazer uso do guia em projetos interdisciplinares das áreas de Língua Portuguesa, Informática, História, Geografia e Artes. A recomendação é que as atividades sejam aplicadas em, no mínimo, três a quatro aulas de 50 minutos cada.


Fonte: RSB-Escolas com Assessoria de Comunicação – Colégio Salesiano Dom Bosco, Parnamirim

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Guia de Ferramentas Digitais no Contexto da Educação de Surdos

Friday, 26 June 2020 14:49 Written by  RSB-Escolas
O guia foi desenvolvido pelo professor do Colégio Salesiano Dom Bosco de Parnamirim, RN, Everton Brito.


A fim de promover o conhecimento científico e a inclusão social, o professor do Colégio Salesiano Dom Bosco de Parnamirim, RN, Everton Brito, pós-graduado pelo Programa de Pós-Graduação de Inovação em Tecnologias Educacionais (PPgITE), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), desenvolveu, como produto de dissertação, o Guia de Ferramentas Digitais no Contexto da Educação de Surdos.

A iniciativa tem como principal objetivo ensinar como ferramentas digitais como Kahoot, Mentimeter, Canva e Google Forms podem contribuir com o processo de ensino e aprendizagem da pessoa surda em qualquer nível de formação.

O guia traz uma série de atividades que estimulam habilidades como raciocínio lógico, compreensão em leitura, análise e reflexão sobre linguagens, entre outras.

O produto é resultado de uma série de pesquisas feitas entre 2018 e 2020 sobre o uso de ferramentas digitais aplicadas à educação no contexto inclusivo e bilíngue, tendo como principal público-alvo professores, estudantes e pesquisadores de educação inclusiva para surdos.

O estudo foi orientado pela professora doutora Flávia Roldan Viana (CE-UFRN) e contou com a consulta de docentes da educação básica que atuam com atendimento especializado, estudantes do Programa de Residência Pedagógica e graduandos dos cursos de Letras Língua Portuguesa e Libras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Sala de Aula

As atividades propostas pelo guia podem ser feitas tanto em sala de aula, de modo inclusivo, como em salas com recursos multifuncionais, específicas para o atendimento educacional especializado.

Dependendo do exercício escolhido, os professores podem fazer uso do guia em projetos interdisciplinares das áreas de Língua Portuguesa, Informática, História, Geografia e Artes. A recomendação é que as atividades sejam aplicadas em, no mínimo, três a quatro aulas de 50 minutos cada.


Fonte: RSB-Escolas com Assessoria de Comunicação – Colégio Salesiano Dom Bosco, Parnamirim

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.