A história de Main

Quarta, 18 Mai 2022 11:32 Escrito por  Ir. Eudenice da Luz Maia, FMA
Em um texto poético escrito para a coluna de Opinião do Boletim Salesiano, a Ir. Eudenice da Luz Maia, FMA, conta a história de Madre Mazzarello, cofundadora do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.    

Vou te contar uma história, e você não vai esquecer. Escute com os ouvidos e com o coração. Preste muita atenção!

E tudo começou em Mornese, lá na Itália. Em um mês muito especial! Dedicado à mãe de Jesus. Foi em 9 de maio, um dia lindo de primavera, o dia em que  nasceu a pequena Maria, nossa Main.

Foi tanta alegria! Todo o povoado exaltou, pois a primogênita dos Mazzarello chegou!

A pequena Main foi crescendo rodeada de muito amor. Observando as delicadezas do Criador, em meio à natureza sempre gostava de estar, em cada detalhe aprendia a amar.

Com seus pais aprendeu a vida de oração. Jesus era sempre o centro de toda a sua missão!

Desde cedo tinha por Maria uma grande afeição, rezava o terço cheia de devoção.

Na catequese era muito dedicada, não deixava passar nada. Às vezes era um pouco orgulhosa e muito vaidosa. Para o padre Pestarino abria o coração, e, aos poucos, foi se tornando humilde; já não queria ser o centro de nenhuma atenção.

Nossa pequena Main foi crescendo na docilidade e doação. Ajudava seus pais com amor e dedicação. No trabalho dos vinhedos era força e superação, deixava os homens para trás, nossa Main era demais.

Estava sempre pronta para ajudar, cuidava dos irmãos e dos afazeres, não tinha preguiça e, depois de tanto serviço, ainda ia à missa.

Debruçada na janela, aquecia o coração. Olhando longe o horizonte, o povo rezava, mas estava na Igreja aquele que ela mais amava. A luz no Sacrário que distante brilhava.

O tifo suas forças tirou, mas Main não desanimou. Ouviu uma voz que seu coração inquietou: “A ti as confio”. E uma nova missão planejou. Desejou aprender a costurar e, junto com Petronilla, um novo sonho começou.

Depois de um tempo, o Espírito Santo soprou e então Maria Mazzarello, Dom Bosco encontrou. Foi um momento de grande alegria, em que o sonho se concretizou e o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, sua história começou.

Hoje são 150 anos de história! Tanta vida doada, muito amor multiplicado, sonhos transformados. Em nosso coração, Mazzarello para sempre ficou! Sua bondade e amor continuam vivos no meio de nós. Em cada Filha de Maria Auxiliadora podemos ouvir sua voz, sentir sua bondade e seu amor. Mazzarelo está presente em cada abraço acolhedor.

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Quarta, 18 Mai 2022 14:18

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


A história de Main

Quarta, 18 Mai 2022 11:32 Escrito por  Ir. Eudenice da Luz Maia, FMA
Em um texto poético escrito para a coluna de Opinião do Boletim Salesiano, a Ir. Eudenice da Luz Maia, FMA, conta a história de Madre Mazzarello, cofundadora do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.    

Vou te contar uma história, e você não vai esquecer. Escute com os ouvidos e com o coração. Preste muita atenção!

E tudo começou em Mornese, lá na Itália. Em um mês muito especial! Dedicado à mãe de Jesus. Foi em 9 de maio, um dia lindo de primavera, o dia em que  nasceu a pequena Maria, nossa Main.

Foi tanta alegria! Todo o povoado exaltou, pois a primogênita dos Mazzarello chegou!

A pequena Main foi crescendo rodeada de muito amor. Observando as delicadezas do Criador, em meio à natureza sempre gostava de estar, em cada detalhe aprendia a amar.

Com seus pais aprendeu a vida de oração. Jesus era sempre o centro de toda a sua missão!

Desde cedo tinha por Maria uma grande afeição, rezava o terço cheia de devoção.

Na catequese era muito dedicada, não deixava passar nada. Às vezes era um pouco orgulhosa e muito vaidosa. Para o padre Pestarino abria o coração, e, aos poucos, foi se tornando humilde; já não queria ser o centro de nenhuma atenção.

Nossa pequena Main foi crescendo na docilidade e doação. Ajudava seus pais com amor e dedicação. No trabalho dos vinhedos era força e superação, deixava os homens para trás, nossa Main era demais.

Estava sempre pronta para ajudar, cuidava dos irmãos e dos afazeres, não tinha preguiça e, depois de tanto serviço, ainda ia à missa.

Debruçada na janela, aquecia o coração. Olhando longe o horizonte, o povo rezava, mas estava na Igreja aquele que ela mais amava. A luz no Sacrário que distante brilhava.

O tifo suas forças tirou, mas Main não desanimou. Ouviu uma voz que seu coração inquietou: “A ti as confio”. E uma nova missão planejou. Desejou aprender a costurar e, junto com Petronilla, um novo sonho começou.

Depois de um tempo, o Espírito Santo soprou e então Maria Mazzarello, Dom Bosco encontrou. Foi um momento de grande alegria, em que o sonho se concretizou e o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, sua história começou.

Hoje são 150 anos de história! Tanta vida doada, muito amor multiplicado, sonhos transformados. Em nosso coração, Mazzarello para sempre ficou! Sua bondade e amor continuam vivos no meio de nós. Em cada Filha de Maria Auxiliadora podemos ouvir sua voz, sentir sua bondade e seu amor. Mazzarelo está presente em cada abraço acolhedor.

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Quarta, 18 Mai 2022 14:18

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.