Pão e esperança para os jovens vietnamitas

Friday, 16 September 2016 17:38 Written by  InfoANS
Pão e esperança para os jovens vietnamitas InfoANS
 Há na capital do Vietnã, Ho Chi Min City, um lugar muito especial em que jovens deficientes podem aprender um ofício. Esse lugar é uma panificadora onde os salesianos presentes no país querem dar um futuro a esses jovens, que dispõem de poucas possibilidades para colocar-se na vida.

  No Vietnã, com uma população de aproximadamente de 90 milhões de pessoas, 7,5 milhões sofrem de alguma deficiência. Dessas, cerca de 1,7 milhão são menores de idade. Muitas dessas carências/deficiências decorrem da utilização de armas químicas na guerra EUA x Vietnã, como do famigerado ‘Agente Laranja’, mistura de dois herbicidas usado pelos EUA em ataques durante a guerra, nos anos 1960/70.

 Hoje surgem oportunidades das quais é preciso saber aproveitar: Ho Chi Min City, por exemplo, sedia 50 hotéis de quatro ou cinco estrelas e centenas de restaurantes com diferentes e interessantes ofertas culinárias.

 

Francis Van Hoi é um vietnamita que vive na Alemanha. Aluno dos salesianos, mantém estreitos laços com o próprio país. Sempre preocupado com os jovens do Vietnã e com a falta de oportunidades, conseguiu tornar seu sonho uma realidade. Graças ao apoio dos salesianos e de outras organizações, conseguiu abrir uma escola de panificação onde os jovens deficientes podem aprender o ofício e assim, abrir caminho para o seu próprio futuro.

 

A escola-panificadora foi aberta neste verão e funciona em paralelo a outra escola de mestres-cucas, culinária e gastronomia para jovens carentes e que ministra uma formação de alta qualidade a seus alunos: “Temos sempre muitos pedidos, conta Van Hoi, por parte de empresas e hotéis, pedidos motivados pela formação que ministramos. É que não ensinamos apenas um ofício: formamos os alunos de modo integral,  no protocolo, na polidez, civilidade e na higiene ...”.

 

Consequentemente, também o pão pode tornar-se uma esperança para o futuro de jovens vietnamitas...

 

InfoANS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sunday, 18 September 2016 16:21

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Pão e esperança para os jovens vietnamitas

Friday, 16 September 2016 17:38 Written by  InfoANS
Pão e esperança para os jovens vietnamitas InfoANS
 Há na capital do Vietnã, Ho Chi Min City, um lugar muito especial em que jovens deficientes podem aprender um ofício. Esse lugar é uma panificadora onde os salesianos presentes no país querem dar um futuro a esses jovens, que dispõem de poucas possibilidades para colocar-se na vida.

  No Vietnã, com uma população de aproximadamente de 90 milhões de pessoas, 7,5 milhões sofrem de alguma deficiência. Dessas, cerca de 1,7 milhão são menores de idade. Muitas dessas carências/deficiências decorrem da utilização de armas químicas na guerra EUA x Vietnã, como do famigerado ‘Agente Laranja’, mistura de dois herbicidas usado pelos EUA em ataques durante a guerra, nos anos 1960/70.

 Hoje surgem oportunidades das quais é preciso saber aproveitar: Ho Chi Min City, por exemplo, sedia 50 hotéis de quatro ou cinco estrelas e centenas de restaurantes com diferentes e interessantes ofertas culinárias.

 

Francis Van Hoi é um vietnamita que vive na Alemanha. Aluno dos salesianos, mantém estreitos laços com o próprio país. Sempre preocupado com os jovens do Vietnã e com a falta de oportunidades, conseguiu tornar seu sonho uma realidade. Graças ao apoio dos salesianos e de outras organizações, conseguiu abrir uma escola de panificação onde os jovens deficientes podem aprender o ofício e assim, abrir caminho para o seu próprio futuro.

 

A escola-panificadora foi aberta neste verão e funciona em paralelo a outra escola de mestres-cucas, culinária e gastronomia para jovens carentes e que ministra uma formação de alta qualidade a seus alunos: “Temos sempre muitos pedidos, conta Van Hoi, por parte de empresas e hotéis, pedidos motivados pela formação que ministramos. É que não ensinamos apenas um ofício: formamos os alunos de modo integral,  no protocolo, na polidez, civilidade e na higiene ...”.

 

Consequentemente, também o pão pode tornar-se uma esperança para o futuro de jovens vietnamitas...

 

InfoANS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sunday, 18 September 2016 16:21

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.