Voluntariado salesiano na Palestina

Thursday, 12 January 2017 12:46 Written by  InfoANS
Entre as muitas consequências do conflito que há décadas aflige a população na Palestina, estão o estresse e o mal-estar psicossocial. Esses podem levar crianças e adolescentes a terem problemas no aprendizado, atraso no desenvolvimento e distúrbios depressivos. Por esses motivos, os Salesianos de Belém colaboram com as ONGs VIS (Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento) e GTC (Guidance and Training Center for Child and Family) a fim de favorecer, por meio de percursos bem definidos, o desenvolvimento humano-psicológico dos jovens no país.

Com frequência crianças e adolescentes apresentam sintomas evidentes de traumas psicológicos, que do ponto de vista escolar se traduzem em diminuição das matrículas, em aumento de abandono das aulas e, consequentemente, em aumento do número de menores marginalizados, sem perspectivas de emprego ou por vezes obrigados a viver nas ruas...

Diante dessa situação, a ONG salesiana VIS confiou ao GTC, seu parceiro local de projeto, o cuidado pelo componente psicossocial do projeto N.O.I. Jovens na Palestina, isto é: Novas Oportunidades de Integração e de Emprego para Jovens vulneráveis palestinos.

Na prática, a estratégia operativa do GTC prevê a formação de professores e assistentes sociais de sete escolas, entre as quais a Escola Técnica Salesiana, de Belém; a criação e formação de grupos de pais que possam encontrar-se pessoalmente, em qualquer momento, com os professores, a fim de dar apoio aos próprios filhos em seu crescimento; e o apoio e a recuperação psicossocial de 360 alunos de 17 escolas, nos ‘governadoratos’ de Belém e Ramallah (90 por ano, durante quatro anos).

Além disso, sempre para favorecer a reinserção escolar de crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade, o projeto prevê a concessão de 100 bolsas de estudo para a Escola Salesiana de Belém e para os cursos profissionalizantes que ela oferece, a serem destinadas às crianças e aos adolescentes carentes que recebem suporte psicossocial e que também desejam empreender o estudo de disciplinas técnicas (como eletrônica, eletrotécnica, mecânica, mecatrônica, CNC – ‘Computer Numerical Control’ – e marcenaria).

A reinserção escolar e a assistência psicológica oferecidas por meio desse projeto permitem haver esperança de um futuro melhor para esses jovens e suas famílias.

Fonte: InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 13 February 2017 18:19

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Voluntariado salesiano na Palestina

Thursday, 12 January 2017 12:46 Written by  InfoANS
Entre as muitas consequências do conflito que há décadas aflige a população na Palestina, estão o estresse e o mal-estar psicossocial. Esses podem levar crianças e adolescentes a terem problemas no aprendizado, atraso no desenvolvimento e distúrbios depressivos. Por esses motivos, os Salesianos de Belém colaboram com as ONGs VIS (Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento) e GTC (Guidance and Training Center for Child and Family) a fim de favorecer, por meio de percursos bem definidos, o desenvolvimento humano-psicológico dos jovens no país.

Com frequência crianças e adolescentes apresentam sintomas evidentes de traumas psicológicos, que do ponto de vista escolar se traduzem em diminuição das matrículas, em aumento de abandono das aulas e, consequentemente, em aumento do número de menores marginalizados, sem perspectivas de emprego ou por vezes obrigados a viver nas ruas...

Diante dessa situação, a ONG salesiana VIS confiou ao GTC, seu parceiro local de projeto, o cuidado pelo componente psicossocial do projeto N.O.I. Jovens na Palestina, isto é: Novas Oportunidades de Integração e de Emprego para Jovens vulneráveis palestinos.

Na prática, a estratégia operativa do GTC prevê a formação de professores e assistentes sociais de sete escolas, entre as quais a Escola Técnica Salesiana, de Belém; a criação e formação de grupos de pais que possam encontrar-se pessoalmente, em qualquer momento, com os professores, a fim de dar apoio aos próprios filhos em seu crescimento; e o apoio e a recuperação psicossocial de 360 alunos de 17 escolas, nos ‘governadoratos’ de Belém e Ramallah (90 por ano, durante quatro anos).

Além disso, sempre para favorecer a reinserção escolar de crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade, o projeto prevê a concessão de 100 bolsas de estudo para a Escola Salesiana de Belém e para os cursos profissionalizantes que ela oferece, a serem destinadas às crianças e aos adolescentes carentes que recebem suporte psicossocial e que também desejam empreender o estudo de disciplinas técnicas (como eletrônica, eletrotécnica, mecânica, mecatrônica, CNC – ‘Computer Numerical Control’ – e marcenaria).

A reinserção escolar e a assistência psicológica oferecidas por meio desse projeto permitem haver esperança de um futuro melhor para esses jovens e suas famílias.

Fonte: InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 13 February 2017 18:19

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.