Estudantes criam cadeira de rodas com aplicativo e vencem competição

Friday, 11 October 2019 12:58 Written by  Monique Bueno - UniSALESIANO
O desafio foi apresentar uma solução envolvendo tecnologia desenvolvida pela NASA em relação à pesquisa/exploração espacial e que pudesse ser adaptada ou utilizada para aplicações rotineiras no planeta Terra.

 

A Escola Estadual David Golia, do município de Valparaíso, SP, foi a vencedora do Challenger Maker, uma competição entre cinco escolas estaduais de período integral da Diretoria de Ensino da região de Araçatuba, promovida nos dias da Science Days, no UniSALESIANO.

O desafio foi apresentar uma solução envolvendo tecnologia desenvolvida pela NASA em relação à pesquisa/exploração espacial e que pudesse ser adaptada ou utilizada para aplicações rotineiras no planeta Terra.

Entre os dias 23 e 25 de setembro, grupos das escolas Altina Moraes Sampaio, Licolina Vilela Reis Alves e Jorge Correa, de Araçatuba; João Arruda Brasil, de Guararapes, e David Golia, de Valparaíso, acompanhados cada um de um professor responsável, criaram suas soluções com ajuda de máquinas, ferramentas, equipamentos e computadores, fornecidos pelo UniSALESIANO e Romapar.

A competição resultou nos seguintes projetos: bengala eletrônica para pessoas com baixa visão (Altina); sistema automatizado para painel solar fotovoltaico com economia de energia em até 50% (Licolina); drone sustentado com energia eólica ou solar para a captação da quantidade de ar e monitorado por bluetooth (Jorge Corrêa); sistema de detecção eletrônica de escorpiões através do calor nas redes de esgoto (João Arruda Brasil), e cadeira de rodas com sistema de suspensão articulado e aplicativo para localização de rampas de acesso para deficientes físicos em vias de acesso (David Golia). O grupo de alunos deste último invento ganhou um troféu e recebeu também um kit de robótica.

A premiação foi realizada dia 4 de outubro, no laboratório de eletrônica do UniSALESIANO e contou com a participação de todas as equipes, além de integrantes da comissão organizadora da Science Days da Instituição. Diretoras das escolas das cidades de Guararapes e Valparaíso agradeceram a oportunidade e o olhar voltado para a rede pública de ensino.

 

Monique Bueno - UniSALESIANO

 

 

Leia também: “Science Days” recebe mais de 20 mil visitantes

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 11 October 2019 13:14

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Estudantes criam cadeira de rodas com aplicativo e vencem competição

Friday, 11 October 2019 12:58 Written by  Monique Bueno - UniSALESIANO
O desafio foi apresentar uma solução envolvendo tecnologia desenvolvida pela NASA em relação à pesquisa/exploração espacial e que pudesse ser adaptada ou utilizada para aplicações rotineiras no planeta Terra.

 

A Escola Estadual David Golia, do município de Valparaíso, SP, foi a vencedora do Challenger Maker, uma competição entre cinco escolas estaduais de período integral da Diretoria de Ensino da região de Araçatuba, promovida nos dias da Science Days, no UniSALESIANO.

O desafio foi apresentar uma solução envolvendo tecnologia desenvolvida pela NASA em relação à pesquisa/exploração espacial e que pudesse ser adaptada ou utilizada para aplicações rotineiras no planeta Terra.

Entre os dias 23 e 25 de setembro, grupos das escolas Altina Moraes Sampaio, Licolina Vilela Reis Alves e Jorge Correa, de Araçatuba; João Arruda Brasil, de Guararapes, e David Golia, de Valparaíso, acompanhados cada um de um professor responsável, criaram suas soluções com ajuda de máquinas, ferramentas, equipamentos e computadores, fornecidos pelo UniSALESIANO e Romapar.

A competição resultou nos seguintes projetos: bengala eletrônica para pessoas com baixa visão (Altina); sistema automatizado para painel solar fotovoltaico com economia de energia em até 50% (Licolina); drone sustentado com energia eólica ou solar para a captação da quantidade de ar e monitorado por bluetooth (Jorge Corrêa); sistema de detecção eletrônica de escorpiões através do calor nas redes de esgoto (João Arruda Brasil), e cadeira de rodas com sistema de suspensão articulado e aplicativo para localização de rampas de acesso para deficientes físicos em vias de acesso (David Golia). O grupo de alunos deste último invento ganhou um troféu e recebeu também um kit de robótica.

A premiação foi realizada dia 4 de outubro, no laboratório de eletrônica do UniSALESIANO e contou com a participação de todas as equipes, além de integrantes da comissão organizadora da Science Days da Instituição. Diretoras das escolas das cidades de Guararapes e Valparaíso agradeceram a oportunidade e o olhar voltado para a rede pública de ensino.

 

Monique Bueno - UniSALESIANO

 

 

Leia também: “Science Days” recebe mais de 20 mil visitantes

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 11 October 2019 13:14

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.