Festa da Gratidão 2020: mensagem da madre Yvonne Reungoat

Wednesday, 29 April 2020 12:35 Written by  Portal das FMA
Confira o agradecimento da madre geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) em resposta às mensagens recebidas na Festa da Gratidão 2020.


O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) celebrou virtualmente, no dia 26 de abril, a Festa da Gratidão Mundial 2020, realizada neste ano em Roma, na Inspetoria São João Bosco (IRO).


Em resposta às mensagens recebidas das inspetorias FMA de todo o mundo por ocasião da festa, a madre Yvonne Reungoat, superiora geral do Instituto das FMA, escreveu um agradecimento. Leia abaixo:

«Queridas irmãs, leigos, jovens e membros da Família Salesiana,

Após a celebração on-line da Festa da Gratidão Mundial, sinto um forte desejo de expressar o meu sincero agradecimento à Inspetoria romana de São João Bosco (IRO), à vice-inspetoria Maria Mãe da Igreja, às irmãs da Casa Geral que coordenaram a preparação e celebração deste evento, e a todo o Instituto. Este ano, a situação causada pelo coronavírus levou-nos a inventar uma nova modalidade de celebrar, e a criatividade foi muito rica! Posso afirmar que a preparação e a celebração da festa foram muito profundas, porque estávamos centradas no essencial.

A intensidade da participação e do envolvimento, ‘à distância’, de todo o Instituto, de cada Filha de Maria Auxiliadora, das comunidades educativas, adultos e jovens leigos, dos membros da Família Salesiana e de muitas outras pessoas admiradoras do carisma salesiano, não foi enfraquecida. Na verdade, não senti a distância, porque a expressão de gratidão, carinho, comunhão na oração, partilha do percurso feito em cada comunidade, foram muitos sinceros, simples e familiares e senti-vos muito presentes, junto a mim, ou melhor, dentro de mim, no meu coração! Vós notastes a minha emoção em alguns momentos: os sinais do amor de Deus, da presença viva de Maria Auxiliadora, a graça da unidade do Instituto, a fidelidade das irmãs e o amor que temos em nossos corações, a participação de muitos jovens na nossa vida, a grande força das Ex-alunas/os de todo o mundo, o crescimento da Família Salesiana são como um oceano sem fundo e sem limites, que não conseguimos conter-nos apenas em algumas palavras!

Quantas mensagens e sinais de carinho e solidariedade me chegaram através de diferentes canais de comunicação! Com esta mensagem, gostaria de expressar a minha profunda gratidão a todos por terem sido capazes de valorizar este evento tão especial, gozando do essencial com um coração aberto a um agradecimento recíproco que tem, como sempre, uma dimensão mundial.

Sim, percebi não só a presença ‘virtual’, mas a presença viva e concreta de uma grande comunidade, unida pelo espírito de família que, apesar das condições externas, soube fundir-se num único hino de gratidão a Deus, sobretudo, por nos dar a missão de viver com e para os jovens. É com eles, de fato, que queremos encher o mundo de gratidão, cultivar novos rebentos de esperança e alegria, para que “a nossa vida seja uma árvore que dê frutos“, como diz o tema da festa.

É uma ‘árvore’ que requer raízes profundas, que precisa de ser regada constantemente, para que a vida se alimente de água pura. Agradeço-vos, porque procurais essa água na Eucaristia e na presença materna de Maria Auxiliadora. Assim foi com Dom Bosco e Madre Mazzarello e assim é  para nós, hoje. Desejo-vos, com muita confiança, que esta experiência sem precedentes não termine em pouco tempo e que o ‘Obrigada’, expresso com criatividade a nível local e provincial, se exprima na vida quotidiana.

Podemos descobrir, juntos, com novo encanto e admiração, que há inúmeras razões para nos agradecermos e agradecer. Permiti-me que vos deixe como lembrança desta Festa da Gratidão tão particular, uma ‘tarefa’ de colocar o olhar do coração nos gestos, sinais, oportunidades para dizer: obrigada! Desta forma, todos juntos podemos ser ‘jardineiros’ habilidosos, capazes de fazer nascer novos rebentos que, no devido tempo, florescerão e se tornarão frutos de qualidade.

Tenho a certeza de que sabereis dar um nome a esses rebentos, que sabereis cuidar deles com paixão, oração, solidariedade, com muito amor. Cada momento e cada gesto vivido com amor produz bons frutos e torna-se frutífero para a eternidade, porque o amor dura para sempre. Gostaria de partilhar isto e muito mais, mas sei que sabeis intuir quanta gratidão vibra dentro de mim, pela rica experiência vivida juntos nestes anos e, também, nesta Festa!

Agradeço também, em nome das irmãs do Conselho Geral, à irmã inspetora , Angela Maria Maccioni, e à Inspetoria romana, à superiora da vice-inspetoria da Irmã María del Carmen Canales e às irmãs da vice-inspetoria de Maria Mãe da Igreja, à diretora irmã Bernarda Santamaria e às irmãs da Casa Geral e a todas as Filhas de Maria Auxiliadora que colaboraram para dar rosto familiar a este momento vivido em todo o mundo, através dos vários meios de comunicação. Um agradecimento especial à comunidade da Casa Geral, que, nos momentos celebrativos e de Festa, representou o mundo inteiro.

Estamos prestes a entrar no mês de maio, dedicado a Maria Auxiliadora. Peçamos-Lhe, com confiança, que ajude os afetados pelo Covid-19; dê força aos que os cuidam; conforte as suas famílias; acolha em seus braços de Mãe todos os que morreram, vítimas deste vírus; e interceda para que acabe esta pandemia o mais depressa possível. Que ela, a Mãe, nos ajude a inventar o futuro para que o dom do carisma continue a ser uma luz para todos os jovens do mundo.

Ao renovar a minha gratidão, sinto estar em plena sintonia convosco, acreditando que hoje todas somos chamadas a viver esta experiência de crise com fé e esperança, sendo solidários, na medida do possível, com quem vive em situação de carência material e espiritual. Acolhamos o convite do Papa Francisco de rezar o Rosário todos os dias para superar este momento de provação com fé e redescobrir também a beleza e a força de orar juntos, possivelmente como comunidade.

Estamos ainda em tempo pascal, por isso desejo-vos que Jesus ressuscitado seja a vossa alegria e esperança na certeza de que a Vida venceu a morte.

Um abraço sincero com o carinho que sinto por cada uma de vós.

Deus nos abençoe e Maria Auxiliadora nos ensine a ser geradoras de vida nova no amor e na alegria.

Roma, 28 abril de 2020

Yvonne Reungoat - Superiora Geral do Instituto das FMA

 

Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 29 April 2020 12:47

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Festa da Gratidão 2020: mensagem da madre Yvonne Reungoat

Wednesday, 29 April 2020 12:35 Written by  Portal das FMA
Confira o agradecimento da madre geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) em resposta às mensagens recebidas na Festa da Gratidão 2020.


O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) celebrou virtualmente, no dia 26 de abril, a Festa da Gratidão Mundial 2020, realizada neste ano em Roma, na Inspetoria São João Bosco (IRO).


Em resposta às mensagens recebidas das inspetorias FMA de todo o mundo por ocasião da festa, a madre Yvonne Reungoat, superiora geral do Instituto das FMA, escreveu um agradecimento. Leia abaixo:

«Queridas irmãs, leigos, jovens e membros da Família Salesiana,

Após a celebração on-line da Festa da Gratidão Mundial, sinto um forte desejo de expressar o meu sincero agradecimento à Inspetoria romana de São João Bosco (IRO), à vice-inspetoria Maria Mãe da Igreja, às irmãs da Casa Geral que coordenaram a preparação e celebração deste evento, e a todo o Instituto. Este ano, a situação causada pelo coronavírus levou-nos a inventar uma nova modalidade de celebrar, e a criatividade foi muito rica! Posso afirmar que a preparação e a celebração da festa foram muito profundas, porque estávamos centradas no essencial.

A intensidade da participação e do envolvimento, ‘à distância’, de todo o Instituto, de cada Filha de Maria Auxiliadora, das comunidades educativas, adultos e jovens leigos, dos membros da Família Salesiana e de muitas outras pessoas admiradoras do carisma salesiano, não foi enfraquecida. Na verdade, não senti a distância, porque a expressão de gratidão, carinho, comunhão na oração, partilha do percurso feito em cada comunidade, foram muitos sinceros, simples e familiares e senti-vos muito presentes, junto a mim, ou melhor, dentro de mim, no meu coração! Vós notastes a minha emoção em alguns momentos: os sinais do amor de Deus, da presença viva de Maria Auxiliadora, a graça da unidade do Instituto, a fidelidade das irmãs e o amor que temos em nossos corações, a participação de muitos jovens na nossa vida, a grande força das Ex-alunas/os de todo o mundo, o crescimento da Família Salesiana são como um oceano sem fundo e sem limites, que não conseguimos conter-nos apenas em algumas palavras!

Quantas mensagens e sinais de carinho e solidariedade me chegaram através de diferentes canais de comunicação! Com esta mensagem, gostaria de expressar a minha profunda gratidão a todos por terem sido capazes de valorizar este evento tão especial, gozando do essencial com um coração aberto a um agradecimento recíproco que tem, como sempre, uma dimensão mundial.

Sim, percebi não só a presença ‘virtual’, mas a presença viva e concreta de uma grande comunidade, unida pelo espírito de família que, apesar das condições externas, soube fundir-se num único hino de gratidão a Deus, sobretudo, por nos dar a missão de viver com e para os jovens. É com eles, de fato, que queremos encher o mundo de gratidão, cultivar novos rebentos de esperança e alegria, para que “a nossa vida seja uma árvore que dê frutos“, como diz o tema da festa.

É uma ‘árvore’ que requer raízes profundas, que precisa de ser regada constantemente, para que a vida se alimente de água pura. Agradeço-vos, porque procurais essa água na Eucaristia e na presença materna de Maria Auxiliadora. Assim foi com Dom Bosco e Madre Mazzarello e assim é  para nós, hoje. Desejo-vos, com muita confiança, que esta experiência sem precedentes não termine em pouco tempo e que o ‘Obrigada’, expresso com criatividade a nível local e provincial, se exprima na vida quotidiana.

Podemos descobrir, juntos, com novo encanto e admiração, que há inúmeras razões para nos agradecermos e agradecer. Permiti-me que vos deixe como lembrança desta Festa da Gratidão tão particular, uma ‘tarefa’ de colocar o olhar do coração nos gestos, sinais, oportunidades para dizer: obrigada! Desta forma, todos juntos podemos ser ‘jardineiros’ habilidosos, capazes de fazer nascer novos rebentos que, no devido tempo, florescerão e se tornarão frutos de qualidade.

Tenho a certeza de que sabereis dar um nome a esses rebentos, que sabereis cuidar deles com paixão, oração, solidariedade, com muito amor. Cada momento e cada gesto vivido com amor produz bons frutos e torna-se frutífero para a eternidade, porque o amor dura para sempre. Gostaria de partilhar isto e muito mais, mas sei que sabeis intuir quanta gratidão vibra dentro de mim, pela rica experiência vivida juntos nestes anos e, também, nesta Festa!

Agradeço também, em nome das irmãs do Conselho Geral, à irmã inspetora , Angela Maria Maccioni, e à Inspetoria romana, à superiora da vice-inspetoria da Irmã María del Carmen Canales e às irmãs da vice-inspetoria de Maria Mãe da Igreja, à diretora irmã Bernarda Santamaria e às irmãs da Casa Geral e a todas as Filhas de Maria Auxiliadora que colaboraram para dar rosto familiar a este momento vivido em todo o mundo, através dos vários meios de comunicação. Um agradecimento especial à comunidade da Casa Geral, que, nos momentos celebrativos e de Festa, representou o mundo inteiro.

Estamos prestes a entrar no mês de maio, dedicado a Maria Auxiliadora. Peçamos-Lhe, com confiança, que ajude os afetados pelo Covid-19; dê força aos que os cuidam; conforte as suas famílias; acolha em seus braços de Mãe todos os que morreram, vítimas deste vírus; e interceda para que acabe esta pandemia o mais depressa possível. Que ela, a Mãe, nos ajude a inventar o futuro para que o dom do carisma continue a ser uma luz para todos os jovens do mundo.

Ao renovar a minha gratidão, sinto estar em plena sintonia convosco, acreditando que hoje todas somos chamadas a viver esta experiência de crise com fé e esperança, sendo solidários, na medida do possível, com quem vive em situação de carência material e espiritual. Acolhamos o convite do Papa Francisco de rezar o Rosário todos os dias para superar este momento de provação com fé e redescobrir também a beleza e a força de orar juntos, possivelmente como comunidade.

Estamos ainda em tempo pascal, por isso desejo-vos que Jesus ressuscitado seja a vossa alegria e esperança na certeza de que a Vida venceu a morte.

Um abraço sincero com o carinho que sinto por cada uma de vós.

Deus nos abençoe e Maria Auxiliadora nos ensine a ser geradoras de vida nova no amor e na alegria.

Roma, 28 abril de 2020

Yvonne Reungoat - Superiora Geral do Instituto das FMA

 

Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 29 April 2020 12:47

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.