Confiando no Príncipe da Paz

Monday, 23 December 2013 11:21 Written by 
Nem todo o mundo está se preparando para o Natal em uma atmosfera de paz e serenidade. No Sul do Sudão e da República Centro Africana tempo do Advento tem sido marcada por uma escalada de tensão e violência. As presenças salesianas no local têm dado o seu melhor para ajudar os necessitados e também Roma do Reitor-Mor, anima e sustenta essas comunidades fronteiriças.

Os confrontos do Sudão do Sul resultaram em centenas de mortes e obrigaram muitas pessoas a deixar o país, em meio a uma situação de pânico. A presença salesiana em Juba relata quem entre as vítimas, há dois meninos que frequentavam o centro da juventude, enquanto três membros da ONG Salesiana "Jóvenes y Desarrollo", dos EUA, e vários outros voluntários da Família Salesiana tiveram de deixar o país. No entanto, ela continua o trabalho de acolhimento para pessoas que buscam refúgio.

Informado da situação, P. Pascual Chávez, Reitor-Mor, escreveu aos salesianos em Juba: " Lamento muito a ausência de paz, especialmente porque a falta de paz é a causa de muitos outros problemas: a falta de desenvolvimento, educação e respeito aos direitos humanos. Quero parabenizá-los por tudo o que estão fazendo para darem algum alívio, dando abrigo em nossa igreja e na Escola de Juba para aqueles que estão em necessidade. Deixe-nos saber o que precisam e o que podemos fazer por vocês. Saibam que vocês estão todos no meu coração e nas minhas orações. Que o Menino de Belém venha trazer a paz na Terra, especialmente nessas áreas difíceis da África . "

Na República Centro-Africana, e especialmente em Bangui, várias testemunhas relatam que têm ouvido tiros. A população foge para onde pode. A obra salesiana no distrito de Damala, em Bangui, continua a acolher tantas pessoas quanto possível. As dificuldades decorrentes desta situação são fáceis de imaginar e distribuição de alimentos e ajuda humanitária permaneceu problemática, especialmente nos últimos dias.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 23 December 2013 11:33

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Confiando no Príncipe da Paz

Monday, 23 December 2013 11:21 Written by 
Nem todo o mundo está se preparando para o Natal em uma atmosfera de paz e serenidade. No Sul do Sudão e da República Centro Africana tempo do Advento tem sido marcada por uma escalada de tensão e violência. As presenças salesianas no local têm dado o seu melhor para ajudar os necessitados e também Roma do Reitor-Mor, anima e sustenta essas comunidades fronteiriças.

Os confrontos do Sudão do Sul resultaram em centenas de mortes e obrigaram muitas pessoas a deixar o país, em meio a uma situação de pânico. A presença salesiana em Juba relata quem entre as vítimas, há dois meninos que frequentavam o centro da juventude, enquanto três membros da ONG Salesiana "Jóvenes y Desarrollo", dos EUA, e vários outros voluntários da Família Salesiana tiveram de deixar o país. No entanto, ela continua o trabalho de acolhimento para pessoas que buscam refúgio.

Informado da situação, P. Pascual Chávez, Reitor-Mor, escreveu aos salesianos em Juba: " Lamento muito a ausência de paz, especialmente porque a falta de paz é a causa de muitos outros problemas: a falta de desenvolvimento, educação e respeito aos direitos humanos. Quero parabenizá-los por tudo o que estão fazendo para darem algum alívio, dando abrigo em nossa igreja e na Escola de Juba para aqueles que estão em necessidade. Deixe-nos saber o que precisam e o que podemos fazer por vocês. Saibam que vocês estão todos no meu coração e nas minhas orações. Que o Menino de Belém venha trazer a paz na Terra, especialmente nessas áreas difíceis da África . "

Na República Centro-Africana, e especialmente em Bangui, várias testemunhas relatam que têm ouvido tiros. A população foge para onde pode. A obra salesiana no distrito de Damala, em Bangui, continua a acolher tantas pessoas quanto possível. As dificuldades decorrentes desta situação são fáceis de imaginar e distribuição de alimentos e ajuda humanitária permaneceu problemática, especialmente nos últimos dias.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 23 December 2013 11:33

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.